18/5/2017 09:58

Análise: Vexame mostra que Fla precisa reavaliar investimentos

Departamento de futebol faz aposta em jogadores que não deram retorno técnico nem financeiro após altos gastos; Diego e Guerrero sobrecarregados

Análise: Vexame mostra que Fla precisa reavaliar investimentos

"Se tamanho contasse alguma coisa, o elefante seria o dono do circo. Você tem que usar seus recursos com inteligência. Você vê clubes de menor investimento fazendo melhor uso de seus recursos que outros".

Essa declaração do então vice-presidente de futebol do Flamengo, Flávio Godinho, em matéria publicada pelo GloboEsporte.com no dia 1º de abril de 2016, é simbólica para avaliação das contratações do Flamengo nos últimos tempos.

Bandeira acumula a vice-presidência de futebol desde que Godinho foi preso na Operação Lava-Jato e tem o diretor executivo Rodrigo Caetano na pasta. Rever a política de reforços - ainda mais quando se olha o tamanho do orçamento rubro-negro - é importante após a vexatória eliminação diante do San Lorenzo - a quinta do Rubro-Negro numa primeira fase de Libertadores e a terceira consecutiva.

No Fla de Bandeira de Mello aquisições de pesos-pesados, como Diego e Guerrero, foram as que deram mais resultado - embora o peruano tenha demorado a engrenar. Recebem mensalmente cifras que se aproximam da casa do milhão, mas são, de longe, os principais jogadores da equipe. Já as apostas majoritariamente deram errado ou ainda estão devendo - e custaram muito caro. Mancuello, Cuéllar, Donatti e Berrío custaram aos cofres rubro-negros, em pagamentos parcelados, cerca de R$ 40 milhões.

O alto custo de Berrío
O colombiano Berrío, que custou R$ 11 milhões, é a última prova de que o Rubro-Negro tem pecado no mercado, sobretudo em gringos. Foi peça nula na derrota para o San Lorenzo - acertou uma boa jogada no segundo tempo, quando cruzou para a área, mas de resto fez mais uma partida limitada tecnicamente.

Forte ofensivamente, o colombiano de 26 anos só se destaca no quesito velocidade. Por diversas vezes, ganha de seus marcadores no fundo, mas erra na hora de definir a jogada. É bom frisar que só virou titular absoluto no Atlético Nacional após o início do desmonte do time que ganhou a Libertadores do ano passado. Nunca foi unanimidade no Nacional. Vale lembrar que o Fla buscava para a posição Eduardo Vargas, ex-LA U e Grêmio, e Cecílio Dominguez, também sem muita fama internacional e que defendia o paraguaio Cerro Porteño.

Gringos que nunca explodiram
Contratados em 2016 e também a alto custo, Mancuello, Cuéllar e Donatti são outros que ainda não deram retorno técnico ou financeiro. No caso do primeiro, apesar de algumas dconvocações para a seleção argentina, seu ano de maior destaque no futebol argentino foi a Série B de 2014 pelo Independiente. De boa batida na bola, nunca se firmou no clube. É inconstante.

Com passagens por seleções de base e também algumas convocações na seleção principal colombiana, Cuéllar chegou a ser titular absoluto de Muricy Ramalho, mas uma lesão sofrida na estreia do Brasileiro 2016, diante do Grêmio, o fez perder espaço. Zé utiliza muito pouco o volante de 24 anos. Por ser jovem, o Fla esperava recuperar o dinheiro investido, mas o atleta, antes convocado para a seleção colombiana, desvalorizou-se com a perda de oportunidades. Antes de chegar ao Brasil, foi bem com a camisa do Junior Barranquilla, clube que defendia na condição de emprestado pelo Deportivo Cali.

Donatti, comprado por cerca de R$ 5 milhões ao Rosario Central, chegou ao Flamengo em julho, um mês após Rafael Vaz, contratado para compor elenco e que virou titular ao lado de Réver. Em meio a lesões e adaptação, somente em abril de 2017 conseguiu tomar a vaga do contestado titular, que por sinal fez por merecer seguir no time. Mas um novo problema físico o atrapalhou. De 30 anos, só havia defendido clubes modestos até 2013, quando chegou ao Rosario. Jamais foi convocado.

De jogadores nos quais o Flamengo precisou investir no pagamento de multa rescisória ou de valor estipulado pelo clube, há também os fracassos dos argentinos Hector Canteros, que começou bem e agora está emprestado ao Vélez Sársfield, e Lucas Mugni, contratado ao modesto Colón.

Fla joga desfigurado na partida mais importante de 2017
Trauco, reforço que chegou após seu vínculo com o Universitario-PER se encerrar, parece que será a exceção no ocaso dos gringos. Mal nos últimos três jogos, apareceu bem tanto na lateral quanto no meio de campo, bem próximo do ataque. Mas apresenta deficiência defendendo.

Tratado por analistas e pelos próprios dirigentes do clube como um dos elencos mais robustos do país, o Rubro-Negro disputou seu jogo mais importante de 2017 com Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Gabriel; Berrío, Everton e Guerrero.

Os reservas para a criação eram Matheus Savio, de 20 anos, e Ederson, ganhando ritmo após ter participado de dois jogos na semana passada. Na frente, Leandro Damião, que não foi bem nas últimas partidas em que foi solicitado.

Renê era a peça que podia mexer no esquema ou ao menos fortalecer a marcação pelo lado esquerdo. Não entrou, e Trauco viveu noite ruim.

Apostar em consagrados é o que tem dado certo, e o Flamengo precisa voltar a contratar atletas do quilate de Diego, Guerrero e Elias, este o primeiro acerto desta diretoria. Somando os recursos usados para contratar várias apostas, o Rubro-Negro poderia ter trazido outro jogador do nível de Guerrero e Diego, que colocassem a camisa e resolvessem partidas - como agora indica que vai fazer ao buscar a contratação de Everton Ribeiro.

1050 visitas - Fonte: Globo Esporte


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Renato R Almeida     

Onde presidente viu futebol nesse Berrio?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa Sul-Americana

Quinta - 21:45 - A definir - ND
Flamengo
Junior de Barranquilla

Último jogo - Brasileiro

Domingo - 17:00 - Luso Brasileiro
Corinthians
0 3
Flamengo

Classificação