29/11/2017 08:36

Fla vai votar orçamento com previsão de pagar R 18 milhões por Cirino em janeiro

Atacante tem boa largada nos Emirados Árabes, com nove jogos e cinco gols, mas atual equipe só tem opção de compra no fim do próximo ano. Clube programa comprar parte da Doyen em janeiro

Fla vai votar orçamento com previsão de pagar R 18 milhões por Cirino em janeiro

Há pouco mais de três meses em Dubai defendendo o Al Nasr, o atacante Marcelo Cirino tem boa largada longe do futebol brasileiro. São nove jogos - sete pela liga local e dois pela Copa dos Emirados - e cinco gols pelo time árabe. O bom início, porém, não muda a conta salgada que vai chegar na Gávea no início do ano que vem.



O Flamengo prevê em seu orçamento para 2018, que deve ir à votação no dia 15 de dezembro, o pagamento de cerca de R$ 18 milhões à Doyen, parceiro do clube na contratação de Cirino no fim de 2014. O valor alto se explica no contrato feito pelo Flamengo com o Atlético-PR e a Doyen. Pelo acordo, o Fla se comprometia a pagar 3,5 milhões de euros, mais 10% de juros ao ano (cotação que vale é a de janeiro de 2018), à Doyen caso a empresa não recuperasse o que investiu até 31 de dezembro de 2017 - ou seja, para o caso do atleta não ser vendido.

O acordo era o risco do Flamengo no negócio, que não investiu do próprio bolso à época para tirar o jogador do Atlético-PR. O contrato assinado no fim de 2014 previa que, caso o jogador confirmasse a ascensão e fosse vendido, os cariocas ficariam com espécie de "taxa de vitrine", com 20% do valor da transação. A fatia maior ficaria com a Doyen, a investidora parceira.

Com a previsão de gastar os cerca de R$ 18 milhões em janeiro de 2018, o Flamengo passa a dividir os direitos econômicos meio a meio com o Furacão, com quem Cirino tem contrato de mais dois anos.

Cirino fez 104 jogos e marcou 24 gols pelo Flamengo em dois anos e quatro meses até ser emprestado ao Inter, para a disputa da Série B. No Rio Grande do Sul, o jogador fez nove jogos pela Segundona, com um gol, e entrou em campo duas vezes também pela Copa do Brasil.

Apesar do bom início no Al Nasr, a expectativa de qualquer mudança neste quadro é bem reduzida - há também a torcida para que o atleta mantenha o bom desempenho para se valorizar. Isto por que o clube árabe tem contrato de um ano e meio de empréstimo no Al Nasr. A opção de compra vale até o fim de 2018.

Cirino acertou com o time de Dubai no início de agosto, contratado por empréstimo por um ano e opção de compra definida ao término do contrato. Na negociação, os árabes desembolsaram 500 mil dólares (pouco mais de R$ 1,5 milhão), repartidos entre Atlético-PR, clube detentor dos direitos, e o Flamengo, que havia repassado o atleta ao Internacional.

Quem é detentor de direitos Marcelo Cirino?
Metade pertence ao Atlético Paranaense e a outra metade à Doyen, fundo de investimento que comprou Cirino junto ao clube paranaense - custou cerca de R$ 16 milhões - e o colocou no Flamengo em janeiro de 2015. O clube da Gávea era a vitrine ideal para o investimento da Doyen.

Quem é o grupo Doyen? Eles são parceiros do Flamengo?

O Doyen é um grupo que tem como principal atividade a mineração. Com escritórios também em Istambul, na Turquia, e em Dubai, nos Emirados Árabes, o grupo entrou no esporte em 2011. O modelo criado com a autorização da Uefa tira da mão de terceiros (grupos de empresários, por exemplo) os direitos econômicos dos jogadores, o que faz do grupo praticamente um banco.

A Doyen Sports tem sua sede em Malta, país europeu com fama de paraíso fiscal. O grupo também participou da transação que tirou Leandro Damião do Internacional e o colocou no Santos por R$ 41 milhões.

O CEO da Doyen é o português Nelio Lucas, responsável por transformar a Carabao, uma das marcas do fundo de investimentos, em patrocinadora do Flamengo. Empresário, Nélio trabalhou com Pini Zahavi, israelense e um dos principais pilares do polêmico acordo entre o fundo MSI e o Corinthians, parceria polêmica no clube paulista. O iraniano Kia Joorabchian foi o personagem central da MSI no Brasil.

A Doyen ainda detém os direitos de imagem de Neymar no mercado asiático.

Quanto tempo de contrato Cirino ainda tem com o Flamengo por empréstimo?

O contrato de Cirino com o Flamengo vai até o fim desta temporada. Pelo empréstimo desses três anos, o clube da Gávea se compromete a pagar R$ 2 milhões por ano ao Atlético-PR. Se vendesse o jogador por valores acima de 3,5 milhões de euros, este custo seria abatido.

Após dezembro, Cirino volta para o Atlético-PR?

Sim, o jogador tem contrato com os paranaenses até 2019.
Caso Cirino seja vendido depois que o Fla desembolsar à grana para a Doyen, quem fica com o dinheiro?

Neste caso, Atlético-PR e Flamengo dividem o valor da venda.

51003 visitas - Fonte: Globo Esporte


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Pelo ao menos o presidente tentou e tem como honrar os compromissos de pagar. As gestões anteriores só roubavam e ainda saiam deixando dívidas. E os jogadores que foram vendidos, os q vieram de graça e foram bem vendidos. Nem tudo pode dar certo. Esse fdp jogava pra caralho no Atlético paranaense, quem iria achar que n daria certo no Flamengo. A diretoria já ganhou experiência p os próximos investimentos...

Charles Silveira     

acho q temos melhor administração dos últimos 25 anos no Flamengo. infelizmente não conquistaram títulos mas, isso é outra questão.

Wporto Porto     

concordo com vc Francisco

vocês mesmo bando de torcedores cu na época ficavam tudo fazendo agito nas redes sociais para o presidente contratar ele agora porque não deu certo ficam culpando o presidente, vão se fuder bando de falsos torcedores buceta vocês são

A gestão Bandeira de Melo tem suas falhas sim, mais nada se compara às anteriores, que além de ñ ganharem nada, afundaram o caixa financeiro do clube, além do time ficar brigando pra ñ cair pra segunda divisão durante, pelo menos, oito anos. quem concorda comigo??

Depois só falam bem do Bandeira, mas com certeza essa raça que está gerindo o futebol tem embolsado muito dinheiro! Muitas contratações milionárias que não deram nenhum retorno ao clube! E pior: título importante que bom, nada!

Essa diretoria gosta de gastar dinheiro a toa

Mais um desperdício de grana dessa gestão de bananas!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Campeonato Carioca

Quarta - 00:00 - Raulino de Oliveira - ND
Flamengo
Volta Redonda

Último jogo - Copa Sul-Americana

Quarta - 21:45 - Maracanã
Flamengo
1 1
Independiente

Classificação