16/12/2017 19:53

Inspirado em CR7, Lincoln completa 17 anos e quer fazer história no Flamengo

De férias no Espírito Santo, jovem atacante comemora aniversário e diz que ainda não pensa em jogar na Europa

Inspirado em CR7, Lincoln completa 17 anos e quer fazer história no Flamengo

A temporada de 2017 foi especial para o jovem Lincoln. Depois de tantos anos de dedicação às categorias de base, o garoto teve a chance de ser promovido ao time profissional do Flamengo. Um sonho que Lincoln já carregava há muito tempo, desde a época que jogava em campinhos de terra no bairro Feu Rosa, na Serra, na Região Metropolitana do Espírito Santo.


Atrás dos seus objetivos, o garoto foi embora para o Rio de Janeiro há seis anos, mas faz questão de voltar ao local de onde saiu sempre que pode. E isso aconteceu mais uma vez nesta semana, quando Lincoln retornou ao Espírito Santo para curtir alguns dias das férias

Lincoln está completando 17 anos neste sábado e ainda tem um longo caminho para trilhar dentro do futebol. Fã do português Cristiano Ronaldo, a jovem promessa garante que ainda não pensa em jogar no futebol Europeu e espera um ano com muitos títulos em 2018. Confira a entrevista:

Qual balanço você faz da sua temporada em 2017?

Foi um ano muito bom para mim: título com a seleção sub-17, minha subida ao profissional. Poderia ter fechado o ano melhor, com essa Sul-Americana (que o Flamengo perdeu para o Independiente), mas foi um ano ótimo. Sou um Lincoln diferente. No sub-17 o jogo é mais corrido, é muito perde e ganha, no sub-20 isso diminui e no profissional ainda mais. Você tem que amadurecer, se adaptar à forma de jogar. Acho que amadureci bastante.

Você é um garoto que saiu de uma realidade humilde e agora está em um dos maiores time do país. Sua vida mudou muito em pouco tempo. Como você lida com isso?

O importante é a essência. Ainda tenho a essência daquele Lincoln que jogava nos campos de Feu Rosa. Minha família sempre põe meus pés no chão para que nada suba à cabeça. Tenho que continuar trabalhando. Sigo muito focado, sabendo o que quero. Sou mais fechado, concentrado, essa é minha essência.

Qual a sensação de crescer no Flameng e ter a chance de ser integrado ao time profissional?

É gratificante, mostra que meu trabalho vem sendo bem feito. Foi um momento de muita alegria. Quando subi para o profissional, fui primeiro falar com a minha mãe e com o meu pai, dei um abraço neles e agradeci por tudo. Eles mudaram a vida deles por minha causa e está tudo dando certo.


Como é a sua relação com técnico Reinaldo Rueda?

Ele e o Redin (Bernardo Redin, auxiliar) dão bastante conselhos e isso é muito bom para quem sobe da base. A língua eu não entendo tudo e O Cuéllar ajuda a traduzir. Ele preza muito a garra, a vontade.

Como é a amizade Vinícius Junior e os outros “garotos do Ninho”?

A nossa amizade é muito legal. Eu e o Vinícius jogamos juntos desde os 11 anos, a gente acompanhava o Paquetá, Vizeu e o Léo Duarte na categoria acima, o Klebinho também, que depois joguei junto no sub-20. A amizade só vem fortalecendo a cada ano.

Qual o seu maior ídolo no futebol?

É o Cristiano Ronaldo. Seria uma honra jogar com ele ,sou fãzaço pela ambição que ele tem, pelas metas que ele põe na carreira dele. É um cara extraordinário, que trabalha muito.



Você é um garoto que já despertou interesse de grandes clubes europeus. Como lida com esse assédio de outros como?

Meu pai e minha mãe são minha base, me dão conselho e me ajudam muito. (Ser procurado por outros clubes) É gratificante, mostra que o meu trabalho está sendo bem feito.

E tem vontade de fazer uma parceria com Vinícius Júnior no Real Madrid?

Deus está preparando algo bom pra mim, ele sabe o melhor momento.

O Flamengo perdeu a final da Copa do Brasil, da Sul-Americana e existe essa provocação dos torcedores rivais sobre o “cheirinho”. Isso incomoda os jogadores?

Não incomoda. A gente não liga para isso, não. A gente tenta não ligar para as críticas. Não podemos achar que somos os piores e nem podemos achar que somos os melhores. Tem que manter o equilíbrio.

O que pretende fazer durante as férias no Espírito Santo?

Vou ficar com minha família e reencontrar os amigos, muitos da época da escolinha do Jerê (onde o atacante começou sua carreira). Não sou muito de sair, sou bem reservado. Fico com minhas avós que não vejo o ano inteiro, vou no shopping

Quais seus planos para 2018?

Que seja um ano de muita glória, muitas vitórias e muitos títulos. É trabalhar para conquistar isso tudo. Meu contrato vai até o final de 2019. Meu trabalho vem sendo bem feito, sou do Flamengo e quero ficar no Flamengo.

300 visitas - Fonte: Globo Esporte


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Isaias Freires     

outro que joga muito eo Jean Lucas um volante bom ... Melhor que arão Cuellar sem dúvida joga muito.

FAÇA LOGO SUA LIBERAÇÃO DE TVV ASSSINATURA COM TODO PROGRAMAÇÃO E DEMINUIMOS O VALOR DA CONTA PRA TODO BRASIL WHATZSAP 11958640776

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Campeonato Carioca

Quarta - 00:00 - Raulino de Oliveira - ND
Flamengo
Volta Redonda

Último jogo - Copa Sul-Americana

Quarta - 21:45 - Maracanã
Flamengo
1 1
Independiente

Classificação