8/5/2021 17:11

Flamengo recebe o Volta Redonda para confirmar vaga na final e dar passo rumo a mais um feito histórico

Com 3 a 0 no jogo de ida da semifinal, Rubro-Negro enfrenta o Voltaço no Maracanã, neste sábado, a fim de confirmar vaga na decisão do Carioca e buscar o Hexa-Tri

Flamengo recebe o Volta Redonda para confirmar vaga na final e dar passo rumo a mais um feito histórico

Com uma grande vantagem obtida na partida de ida, o Flamengo recebe o Volta Redonda neste sábado, no Maracanã, para confirmar a vaga na decisão do Campeonato Carioca. A classificação, se confirmada, será um passo rumo a mais um feito inédito do atual elenco rubro-negro, que busca Hexa-Tri do Estadual. O duelo, às 21h05.



O 3 a 0 na ida, no Raulino de Oliveira, deixou a situação confortável para o Flamengo na semifinal e o técnico Rogério Ceni deve, mais uma vez, mesclar titulares e reservas. O Rubro-Negro, contudo, tem desfalques como o meia Gerson, o zagueiro Rodrigo Caio e o goleiro Diego Alves. Veja os relacionados!

ELENCO TEM 'ESPINHA DORSAL' MULTICAMPEÃ

Diego Alves, Rodrigo Caio, Arão, Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique, Vitinho, Gabigol... O Flamengo tem o mesmo time-base formado desde 2019. Assim, a atual equipe rubro-negra já está marcada na história pelos títulos do período, incluindo os Campeonatos Cariocas de 2019 e 2020.

Ainda somam-se aos títulos estaduais o bi do Brasileirão, de 2019 e 2020, e da Supercopa do Brasil, de 2020 e 2021, a Libertadores e a Recopa Sul-Americana.

AS CONQUISTAS DO PENTA-TRI DO FLAMENGO


O primeiro Tri foi em 1942/43/44, com a equipe liderada pelo ídolo Zizinho. Nas três edições, o Flamengo alcançou 44 vitórias, 188 gols e apenas seis derrotas. Na década seguinte, sob o comando do técnico Fleitas Solich e com nomes como Esquerdinha, Zagallo e Dida, conquistou o segundo Tri em 1953/54/55.

O terceiro Tri do Flamengo foi a primeira grande conquista da equipe mais vitoriosa da história do clube. Em 1978, o título em cima do Vasco veio com o épico gol de cabeça do zagueiro Rondinelli, o Deus da Raça. No incio do ano seguinte, em meio a incerteza sobre o Campeonato Brasileiro, a Federação do Rio organizou um campeonato que ficou conhecido como "Especial" - e seus dois turnos foram vencidos pelo Flamengo, de forma invicta. Zico foi artilheiro.

Desta forma, 1979 teve dois estaduais, mas apenas um campeão: o segundo torneio teve três turnos e novamente todos foram vencidos pelo Flamengo.

A virada do século trouxe o quarto tricampeonato carioca para o Flamengo. A partir de 1999, foram três decisões consecutivas conta o Vasco que geraram histórias inesquecíveis para uma geração de rubro-negros. O gol do Petkovic, aos 43 minutos da etapa final em 2001, foi o auge da emoção para a Nação.



Em 2007, 2008 e 2009, o Flamengo bateu outro tradicional rival três vezes para conquistar o Penta-Tri. O Botafogo foi a vítima do Rubro-Negro, que, naquele período, teve como destaques Renato Augusto, Obina e Fábio Luciano, entre outros. A sequência de títulos foi ainda mais especial pois alçou o clube ao posto de maior vencedor da história do Campeonato Carioca, superando todos os seus rivais em número de conquistas, condição na qual se mantém até hoje.

1119 visitas - Fonte: Lance!


CONFIRA: Pedro testa positivo para Covid-19 e Flamengo aguarda contraprova

VEJA: STJD indefere liminar do Fla para paralisar Brasileiro durante Copa América














Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 21:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
RB Bragantino

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã
Flamengo
2 0
Coritiba