1/8/2021 13:10

Mudança do Fla não foi conspiração, mas é lição para Ceni

Mudança do Fla não foi conspiração, mas é lição para Ceni

Flamengo emendou série de goleadas sob o comando de Renato Gaúcho (FOTO: Alexandre Vidal / Flamengo)

Você acredita em conspiração? É daqueles que acha que o time perde jogo de propósito para derrubar o técnico? Então, o Flamengo de hoje é um prato cheio. O que não faltam são especulações sobre a vertiginosa mudança por que passou o Rubro-Negro desde a saída de Rogério Ceni e a chegada de Renato Portaluppi – agora outra vez Gaúcho. E não são apenas mudanças dentro do campo, mas principalmente no clima dos vestiários e no ambiente no Ninho do Urubu.



Especulação é a palavra certa. Ninguém, mais de duas semanas depois da troca de comando, ainda conseguiu contar os bastidores dessa história. Mas indícios não faltam, basta ver o que dizem em entrevistas os maiores enolvidos, os jogadores, mesmo sem entrar nos meandros da crise que explodiu no clube nas últimas semanas de Ceni.


LEIA TAMBÉM: De acordo com jornal, Gabigol entra na mira de dois clubes ingleses e valor de venda é projetado


Especulação é a palavra certa. Ninguém, mais de duas semanas depois da troca de comando, ainda conseguiu contar os bastidores dessa história. Mas indícios não faltam, basta ver o que dizem em entrevistas os maiores enolvidos, os jogadores, mesmo sem entrar nos meandros da crise que explodiu no clube nas últimas semanas de Ceni.

- A relação tem sido excelente. Renato tem uma comunicação direta. A sensação é de que está aqui há anos. Tem conteúdo e essa parte da gestão, que está conseguindo fazer os jogadores se sentirem confiantes. Estamos muito felizes e satisfeitos com ele. Estamos aqui para fazer com que as ideias dele funcionem da melhor forma possível - acrescenta Diego.

Não, eu não acredito que nomes com a experiência de Everton Ribeiro, Arrascaeta, Diego, Rodrigo Caio e Diego Silva, coloquem em risco uma Libertadores ou uma Copa do Brasil como parte de um plano para sabotar um treinador. Mas que o ambiente no Flamengo estava tóxico, é evidente. Cenas pesadas, como a irritação de Pedro ao ser substituído e as críticas públicas do treinador depois do jogo com o Fortaleza, Gabigol ignorando Ceni ao sair de campo em outra troca tem dado lugar a animadas resenhas e gargalhadas no banco de reservas de Renato Gaúcho. Nem quando foi substituído passando em branco na goleada de 5 a 1 contra o São Paulo, Gabigol demonstrou contrariedade.

Os resultados em campo impressionam. A comparação do fim da era Ceni com o início de Renato chega a ser cruel, como mostrou essa semana levantamento deste LANCE!. Nas nove partidas disputadas em julho, o Flamengo sofreu duas derrotas, para o Fluminense e o Atlético-MG, ambos sob o comando do ex-treinador. Já a partir da mudança de técnico, foram seis vitórias – uma delas sob o comando interino de Mauricio Souza - foram 23 gols marcados e apenas três sofridos, com direito a uma série histórica de quatro goleadas contra Bahia, Defensa Y Justicia, São Paulo e ABC. Não é pouca coisa.

Rogério fez história no Fortaleza. Mudou o patamar da equipe cearense num trabalho sólido e que ainda hoje rende frutos por lá. Mas fracassou no Cruzeiro em uma rápida passagem. Ganhou títulos – o Brasileirão, inclusive - e deixou o Flamengo com um aproveitamento de 59,3%, número bem positivo. Haverá algo a ligar estas três situações? Certamente que sim, e nada tem a ver com números e percentuais.



No Fortaleza, Ceni era rei. Cuidava de tudo, moldando a estrutura do futebol a sua imagem e semelhança. Era um time formado por ele, não tinha estrelas, onde ele controlava egos e individualidades. Completamente diferente de lidar com um time que tem um goleiro com a história de Fábio no Cruzeiro , uma personalidade como a de Thiago Neves, só para citar dois nomes com quem teve problemas em Belo Horizonte. Ou com um elenco de estrelas consagradas como é o do Flamengo. Na Toca da Raposa como no Ninho do Urubu, Rogério naufragou menos por seus erros em campo, mas por suas atitudes e falas fora dele. Algo que vai ter de trabalhar se quiser repetir como treinador o sucesso de quando foi jogador.

Mudança, Flamengo, conspiração, lição, Ceni

426 visitas - Fonte: Lance


VEJA: CBF marca jogos adiados do Flamengo para novembro; Veja!

CONFIRA: Flamengo monta estratégia e monitora situação do lateral Daniel Alves; confira
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




É a cara do São Paulo, Soberbo...

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Domingo - 20:30 - Maracanã - SporTV
Flamengo
Grêmio

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã
Flamengo
2 0
Grêmio