15/9/2021 23:56

Mesmo com fiscais da Prefeitura, torcida do Flamengo se aglomera em setor do Maracanã

Com cerca de 300 fiscais contratados e orientações em telão, administração rubro-negra age para controlar movimentação em espaço tradicionalmente mais cheio. Ambulantes vendem perucas de David Luiz

Mesmo com fiscais da Prefeitura, torcida do Flamengo se aglomera em setor do Maracanã

Com permissão de receber 25 mil pessoas, o Maracanã voltou nesta noite de quarta-feira de Flamengo e Grêmio, pela Copa do Brasil. Depois de 4 a 0 no jogo de ida, empolgada com as últimas contratações e com a fase do time de Renato Gaúcho, os rubro-negros se vestiram até de David Luiz numa volta ainda tímida ao antigo Maior do Mundo.



Os ingressos custaram na faixa de R$ 100 a R$ 900, mas para entrar no estádio ainda era necessário a realização de testes de Covid-19 - apenas os negativos têm acesso permitido - e apresentar carteirinha de vacinação. A depender da idade, uma dose, duas doses ou a dose única valiam acesso às dependências do Maracanã.



Foram vendidos antecipadamente cerca de cinco mil ingressos para a volta do público no Maracanã. Ao todo, o público presente foi de 6.446, com público pagante de 6.277. A renda foi de R$ 794.095,00

Houve aglomeração no setor norte do estádio. Na imagem abaixo é possível ver um número grande de torcedores concentrados na mesma área da arquibancada. Os dirigentes do Maracanã decidiram reforçar os fiscais de público no local. Ao todo, o Flamengo contratou cerca de 300 para vigiar o público, com recomendações de uso de máscara e distanciamento.



Homenageado nas perucas vendidas por ambulante, David Luiz, por sinal, foi conhecer a nova casa e entrou no gramado ao lado de dirigentes do Flamengo. Ele foi saudade pelos torcedores e cumprimentou alguns nas cadeiras.

Pelo estádio, havia fiscais também da Vigilância Sanitária e da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura do Rio. O telão do estádio também passava instruções aos torcedores que voltavam ao Maracanã depois de mais de um ano. O evento é considerado primordial para receber a semifinal da Libertadores contra o Barcelona de Guaiaquil.



Existe preocupação grande dos próprios rubro-negros que espalharam campanhas nas redes sociais sobre a importância do uso da máscara e do distanciamento no estádio. Na maioria das fotos é possível ver boa parte das pessoas que entraram no estádio de máscara. Aquelas que não estavam com o acessório eram orientadas a colocarem a máscara.

Alguns setores ficaram bem distribuídos. Na área central do estádio estava Carlos Eduardo e os filhos Carlos Eduardo Junior e João Paulo. Rubro-negros fanáticos, eles foram a Lima ver a Libertadores de 2019 e já planejam viajar a Montevidéu.



- Além de toda a catástrofe da pandemia, obviamente, uma das coisas ruins da pandemia foi não poder vir ao Maracanã. Fez muita falta mesmo. A gente assistia a todos os jogos, e na primeira oportunidade estamos aqui. Faz parte da nossa rotina - comentou Carlos Eduardo.





Flamengo, Torcida, Aglomeração, Maracanã, Copa do Brasil, Mengão

1518 visitas - Fonte: Globoesporte.com


VEJA: Negociação do Carioca com Globo congela, e há impasse na divisão de receita

CONFIRA: Governo do Uruguai libera 75 da capacidade do estádio Centenário para final da Libertadores
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Maracanã - TVGlobo
Flamengo
Athletico-PR

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã
Fluminense
3 1
Flamengo