26/10/2021 13:13

Dupla inverte papel no Flamengo e assumem diferentes protagonismos

Dupla inverte papel no Flamengo e assumem diferentes protagonismos

Gabigol e Bruno Henrique comemoram gol do Flamengo — Foto: Staff Images / CONMEBOL

Força. Velocidade. Inteligência. Sincronia. Elementos que, quando fundidos, criam um ser com grande nível de poder. Inspirados no desenho infantil Dragon Ball Z, Gabigol e Bruno Henrique ativam o modo ‘fusão’ e invertem papéis no Flamengo.



Sem marcar há sete jogos, o camisa 9 agora faz a função de garçom enquanto o camisa 27 assume o protagonismo e emenda o efeito goleador em um período decisivo. Juntos novamente, eles são a aposta rubro-negra para despachar o Athletico-PR, quarta-feira, no Maracanã, e chegar à decisão da Copa do Brasil.


LEIA TAMBÉM: Renê estuda ir à justiça contra a xenofobia em redes sociais após clássico Fla-Flu


O reencontro da dupla acontece justamente diante do rival da última vez que estiveram em campo juntos. No dia 3 de outubro, Gabriel serviu Bruno Henrique para marcar um dos gols na vitória por 3 a 0 contra o Furacão em partida pelo Brasileirão. Desde então, são 24 dias de saudade por conta da convocação do camisa 9 e lesões de ambos.

Gabigol e Bruno Henrique atuam com a camisa do Flamengo desde 2019. Neste período, a dupla já marcou 171 gols, sendo 97 feitos por Gabriel Barbosa e 74 pelo camisa 27. Mas nem só de gols vivem os atacantes. Além de goleadores, os companheiros procuram a versatilidade em campo e também funcionam como 'garçons', servindo especialmente um ao outro. É a partir daí que a 'fusão' acontece.

No desenho, a fusão acontece quando dois personagens unem forças, e tornam-se um só para derrotar seus adversários. Porém, a fusão "Gabriel Henrique" ou "Bruno Barbosa" foi separada pela Seleção Brasileira e por lesões. Convocado, Gabigol não marca gol pelo Flamengo desde o dia 28 de agosto, no confronto com o Santos, ex-clube dos atacantes.

Antes de se juntar a Tite e companhia, Gabriel viu seu parceiro ofensivo ser decisivo na Libertadores, contra o Barcelona de Guayaquil. Bruno Henrique marcou quatro gols na semifinal, dois no Maracanã, e dois no Equador. O primeiro gol no Rio de Janeiro é um exemplo de como o centroavante tem servido seu companheiro de ataque.

No domingo seguinte ao segundo duelo contra o Barcelona, a dupla voltou a desempenhar os papéis invertidos. Contra o Athletico-PR, Gabigol cruzou nova bola na cabeça de Bruno Henrique, aumentando a marca em uma situação que não é comum. Pela primeira vez em uma temporada, Gabriel Barbosa tem mais assistências para Bruno Henrique, do que o contrário.

Com a ajuda do Espião Estatístico, o ge reuniu o número de assistências que Gabigol e Bruno Henrique já deram um ao outro desde que chegaram ao Flamengo. E até nos números a dupla se encontra. De 2019 até 2021, tanto o camisa 9 quanto o camisa 27 forneceram 13 assistências para cada um.





Os números da dupla também são impressionantes em um panorama geral. Foram ao todo 209 participações diretas em gols. Gabigol já soma 30 assistências pelo Flamengo, sendo 43% delas destinadas a Bruno Henrique. Já o camisa 27 supera o companheiro com 34 passes para gol, sendo 38% para o camisa 9. Assim, a 'fusão' se torna cada vez mais comum nas comemorações da dupla.

Entre vários gols marcados e assistências concedidas, a dupla gosta mais é do poder de decisão. Em três anos, o Flamengo fará a segunda final da Libertadores e terá em campo os mesmos jogadores de ataque da conquista de 2019. De lá para cá, Bruno Henrique e Gabigol são os atletas com mais participações diretas em gols na disputa continental. O centroavante rubro-negro lidera com 21 gols e seis assistências. O companheiro vem atrás, com 13 gols e 11 assistências.

Ora garçons, ora artilheiros. Gabigol e Bruno Henrique também estão na prateleira histórica de artilheiros do Flamengo na Libertadores. No início do ano, Gabigol superou Zico, que tem 16 gols no torneio, e se isolou no ranking. O camisa 9 tem 21 bolas na rede na competição. Bruno Henrique é o terceiro artilheiro do clube na Copa, com 13 gols.

Decisivos na Libertadores, Bruno Henrique e Gabriel agora tentam repetir a dose na Copa do Brasil. Em quatro partidas pela competição, o camisa 9 foi às redes duas vezes, ambas em confronto com o ABC pelas oitavas de final. Já BH27, também em quatro participações, marcou os mesmos dois gols (contra Coritiba e ABC) e deu uma assistência.



A missão agora é o Athletico-PR, quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. Com o 2 a 2 no jogo de ida e sem gol qualificado, quem vencer avança para a decisão. No Flamengo, a esperança passa pela fusão.

Dupla, inverte, papel, Flamengo, diferentes, protagonismos

1881 visitas - Fonte: globoesporte


VEJA: Éverton Ribeiro pode ser negociado pelo Flamengo; Confira!

CONFIRA: Técnico português fala sobre interesse do Flamengo: "Enorme orgulho"
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Segunda - 20:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Santos

Último jogo - Brasileiro

Sexta - 20:00 - Arena Pernambuco
Sport
1 1
Flamengo