22/6/2022 11:30

Atlético-MG x Flamengo: Nacho e Arrascaeta são peças-chave em duelo da Copa do Brasil

Atlético-MG x Flamengo: Nacho e Arrascaeta são peças-chave em duelo da Copa do Brasil

Os nomes de Hulk e Gabigol costumam ser sempre os mais lembrados quando se fala em Atlético-MG e Flamengo. E, de fato, os artilheiros são as grandes estrelas de cada lado, mas seria um erro chamar Nacho Fernández e Arrascaeta de coadjuvantes.



Espécie cada vez mais rara no futebol, os meias estrangeiros são peças-chave de Galo e Flamengo, que se reencontram nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Mineirão. É o início da disputa pela vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.


LEIA TAMBÉM: Clube da Turquia oferece R 16 milhões de euros ao Flamengo para ter Willian Arão



Dois meias que podem até vestir camisas diferentes, mas jogam como camisas 10 e são referências técnicas do futebol brasileiro. Esperanças de gols e assistências para Atlético e Flamengo. O ge traz, abaixo, um panorama com o momento dos jogadores.

El cerebro atleticano
Contratado em fevereiro de 2021, Nacho chegou ao Atlético na mesma leva de Hulk para alcançar o maior ano da história do clube, com as conquistas do Brasileiro e da própria Copa do Brasil. O argentino teve temporada sólida, de 52 jogos, 10 gols e 10 assistências, mas acabou sofrendo com lesões e perdendo jogos importantes.

Por isso, é em 2022 que "El cerebro" (apelido recebido nos tempos de River Plate) vem tendo o auge técnico e físico pelo Galo. Em 29 jogos na temporada, já distribuiu sete assistências e marcou oito gols.

Nacho x Flamengo

Nos últimos dois encontros entre Galo e Flamengo, o camisa 26 alvinegro deixou sua marca. Aliás, gols semelhantes. Nesse domingo, Nacho esteve atento ao rebote de Diego Alves na cabeçada de Keno para abrir o placar no Mineirão. O primeiro gol da importante vitória por 2 a 0, que deu alívio ao time e ao técnico Antonio Mohamed.

"Era um jogo especial, em casa, com nossa torcida, com Flamengo, e tratamos de jogar com muita intensidade" (Nacho)

Também no rebote, Nacho marcou contra o Flamengo na decisão da Supercopa do Brasil, em fevereiro. Também o primeiro gol do jogo, após rebatida de Hugo Souza na finalização de fora da área de Guilherme Arana, no fim do primeiro tempo. A partida acabou 2 a 2 no tempo normal, e nos pênaltis, deu Galo.

No reencontro desta quarta, Nacho vê a pressão "mudar de lado" após a vitória do último domingo.

- Conseguimos uma vitória importante para dar confiança e eles vão estar mais pressionados. (...) Imagino que vai ser um jogo muito parecido. Temos agora o Jair que está machucado, e não sei se Flamengo também tem alguma mudança, mas nós temos que pensar no nosso, fazer um bom trabalho e repetir o que fizemos ontem. Isso vai nos dar tranquilidade e poder administrar a partida e conseguir uma boa vitória.

Decisivo em jogos grandes

Nacho é naturalmente uma das grandes referências técnicas do Atlético, mas também tem se destacado pela experiência em jogos importantes. Na Libertadores de 2021, o argentino foi decisivo nos duelos contra os compatriotas Boca Juniors e River Plate - nesse último, marcou o gol da vitória por 1 a 0 em pleno Monumental de Núñez.

Este ano, além dos gols diante do Flamengo, deixou o dele na final do Campeonato Mineiro, contra o Cruzeiro, no 3 a 1 que rendeu o tricampeonato estadual em sequência.

Preparação física

Em 2021, o Atlético de Cuca se viu sem Nacho em algumas oportunidades ao longo da temporada. O argentino teve complicações com a Covid-19, mas sofreu, principalmente, com lesões musculares na coxa.

Por isso, para crescer técnica e fisicamente na nova temporada, o argentino resolveu adotar um trabalho específico. Passou a fazer treinamentos diferenciados em músculos em que teve lesões no último ano, e vem tendo resultados. Na maratona intensa de 2022, o Galo já perdeu peças como Keno, Vargas e Zaracho, mas Nacho vem conseguindo ter sequência livre das lesões.

O rubro-negro garantido na Copa do Mundo

Principal jogador do Flamengo na temporada, Arrascaeta vem de duas partidas apagadas. Contra o Cuiabá não foi brilhante, mas deu assistência para Gabriel. No primeiro duelo com Nacho, porém, fez talvez sua pior partida no ano.

Embora seja o jogador que mais arrisque devido ao poderio técnico, errou mais passes do que o habitual - 13 de 47 tentados (72%). Na única oportunidade de finalização, isolou da meia-lua.

Apesar da atuação apagada no domingo, Arrascaeta tem sete gols marcados e 11 assistências em 27 partidas realizadas na temporada de 2022.

Brilho contra o Galo na Supercopa

No primeiro duelo com Nacho no ano, Arrascaeta não fez gols como seu rival argentino, mas teve participação importante.


No primeiro gol rubro-negro, de Gabriel, fez excelente jogada pela esquerda e cruzou na medida para Bruno Henrique cabecear - Gabi aproveitou o rebote. No outro, de BH, iniciou a construção da jogada no campo de defesa. Recebeu perto da área de Hugo Souza, livrou-se de Allan e tocou com a parte de fora do pé para Lázaro arrancar e encontrar BH.

Golaços e assistências em clássicos

Arrascaeta fez bonitos gols em clássicos disputados em 2022. Contra Botafogo e Vasco, ambos no Carioca, marcou com chutes de fora da área.

Diante do Fluminense, fez grande jogada individual na final antes de cruzar para Gabigol. Já no Brasileiro, deu um toquinho que deixou a bola na medida para Andreas Pereira vazar a rede tricolor.

Na Libertadores e no Carioca, o potente chute de pé direito também apareceu contra Talleres, da Argentina, e Nova Iguaçu, este numa bela cobrança de falta.

Entrosamento com Willian Arão

Com o provável retorno de Willian Arão ao time titular no duelo desta quarta-feira, Arrascaeta tem ao seu favor a presença de um dos seus grandes aliados no jogo aéreo. Em maio, num intervalo de três dias, deu três assistências para o volante marcar contra Ceará (duas vezes) e Universidad Católica.

Titular absoluto da seleção uruguaia e presença confirmada na Copa do Catar, Arrascaeta deu prova de sua importância para o Flamengo nos três jogos em que foi ausência enquanto representava a Celeste.

O Flamengo acabou derrotado por Fortaleza, Bragantino e Internacional. Os dois primeiros jogos, aliás, custaram o emprego do português Paulo Sousa.



Dos rubro-negros com mais liberdade para flutuar em campo, Arrasca deve aparecer mais pela esquerda contra o Galo, lado pelo qual já caiu muitas vezes desde a chegada ao Flamengo.

Diante das mudanças promovidas por Dorival e com Gabigol centralizado, a expectativa por triangulações entre o uruguaio, o camisa 9 e Everton Ribeiro cresce.

Atlético-MG, Flamengo, Nacho, Arrascaeta, peças-chave, duelo, Copa, Brasil

852 visitas - Fonte: globoesporte


VEJA TAMBÉM
- Últimas notícias do Flamengo: 5 notícias do Rubro-Negro que bombaram hoje (01/07)
- Alvo de Jorge Jesus, Gabigol estaria mais distante de acerto com Fenerbahçe, da Turquia; entenda
- Jornalista revela obstáculo que Flamengo deve encontrar para contratar Wendel, do Zenit

VEJA: Substituto de Filipe Luís? Lateral argentino fica livre no mercado e flamenguistas fazem campanha pela contratação

CONFIRA: Após saída, Andreas coloca "torcedor do Flamengo" em perfil no Instagram e posta vídeo chorando















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Vila Belmiro - Premiere
Santos
Flamengo

Último jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Manuel Murillo Toro
Tolima
0 1
Flamengo