23/1/2013 09:08

No Sesi, Etiene evita mágoa com Fla, mas Daynara admite: 'Estava infeliz'

No Sesi, Etiene evita mágoa com Fla, mas Daynara admite: Estava infeliz

Nadadoras no lançamento da equipe do Sesi-SP (Foto: João Gabriel)


O fim da equipe feminina de natação do Flamengo deixou alguns dos principais nomes do país sem clube na virada do ano. A tempestade passou, e alguns deles já encontraram um novo lar logo no início de 2013. Daynara de Paula e Etiene Medeiros saíram da Gávea com a missão de liderar o novo projeto do Sesi-SP, ao lado de Ana Marcela Cunha e Jéssica Bruin Cavalheiro. Sem mágoas com a antiga equipe, evitam falar do passado para focar no início de um novo ciclo olímpico.

Daynara afirma que não foi dispensada do Flamengo com o anúncio do fim do investimento do clube na natação de elite. Ela diz que já procurava novos ares desde o início de dezembro, quando percebeu que dificilmente continuaria no Rubro-Negro em 2013.

- Eu não fui dispensada do Flamengo. Foi uma notícia infeliz. Eu estava infeliz lá, a estrutura não era boa. A estrutura que o Sesi-SP apresentou é melhor que a do Flamengo. Meu contrato acabava no dia 31 de dezembro. No início do mês, já comecei a ver o que fazer. O clube também não mostrava muito interesse para que eu continuasse. Eu não estava feliz lá.

Etiene prefere palavras mais carinhosas em relação ao ex-clube. Diz que o fim do projeto rubro-negro é um passo para trás no desenvolvimento da natação no país.

- O Fla foi um clube que me deu muitas experiências no ano passado. Uma pena ter acontecido isso, mas a gente sabe que, quando muda uma presidência, em qualquer lugar, a gestão toda muda, a filosofia vai ser outra. Mas só tenho a agradecer, tive várias amizades, cresci bastante. Não foi uma coisa ruim, mas não foi uma coisa boa. Foi uma equipe boa, ficamos muito juntos, mas infelizmente tivemos de mudar. Isso é até ruim para o nosso esporte, bateu um pouco por conta disso. Éramos muitos atletas bons lá. Mas o Sesi-SP tem uma equipe boa, estamos muito focadas e empolgadas.

Daynara acredita que o investimento do Sesi-SP ajudará a natação feminina recuperar espaço na disputa com os homens, que tiveram melhores resultados nos últimos anos.

- O Sesi-SP fez esse projeto e fiquei muito feliz. Realmente perdemos (em resultados) para o masculino, mas com esse apoio que estamos recebendo, estamos muito mais motivadas. Isso vai dar um “up” na natação feminina.

A ideia do Sesi-SP é trabalhar a natação feminina com foco nos Jogos de 2016. Daynara, Etiene, Ana Marcela e Jéssica foram escolhidas para servirem de exemplos para outras atletas mais novas. No comando está Fernando Vanzella, ex-mentor de Thiago Pereira e Joanna Maranhão, que também será o técnico da seleção brasileira feminina

2739 visitas - Fonte: Globo Esporte


VEJA: Flamengo planeja compra de clubes pela Europa e pelo mundo

CONFIRA: Organizadas do Flamengo se reúnem com diretoria e autoridades para tratar sobre viagem ao Uruguai
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã - Premiere
Fluminense
Flamengo

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Arena da Baixada
Athletico-PR
2 2
Flamengo