23/1/2013 17:34

Flamengo empata com o Madureira e é o primeiro grande a tropeçar no Carioca

Flamengo empata com o Madureira e é o primeiro grande a tropeçar no Carioca

Sob o sol escaldante do verão carioca, com direito a lotação esgotada e pipas em campo, Flamengo e Madureira empataram em 1 a 1 em Conselheiro Galvão, em jogo válido pela segunda rodada da Taça Guanabara. Ibson e Rodrigo, de pênalti, marcaram os gols do jogo. COm o resultado, o Fla pe o primeiro dos quatro time grandes a tropeçar no Campeonato Carioca-2013.

Os rubro-negros voltam a campo no próximo domingo, contra o Volta Redonda, em Moça Bonita. Já o Madureira encara, também no domingo, o Boavista, fora de casa.

Dorival Júnior mandou a campo o time que treinou durante a semana, com González na zaga e Felipe Dias na lateral esquerda. Nos minutos iniciais da partida, o Flamengo claramente estranhou as dimensões reduzidas de Conselheiro Galvão. Os lançamentos chegavam facilmente à linha de fundo, enquanto os cruzamentos iam pelas laterais. Aos poucos, o time começou a se encontrar no gramado. E o caminho estava claro: lado direito, com enfiadas de bola de Léo Moura para Rafinha. O time forçou o jogo por ali.

Aos 11 minutos, a jogada deu certo e Rafinha rolou para Nixon completar para as redes. A torcida comemorou, mas de nada adiantou: o árbitro Marcelo de Lima Henrique assinalou impedimento, corretamente. Mesmo sob o calor, o ritmo era intenso e o Madureira deu a resposta como ex-rubro-negro Jean pelo lado direito do ataque. Em um deles, Derley chegou atrasado, mas quase completou para o gol. Na correria, a partida só foi interrompida pela presença de pipas no gramado. No lá e cá, o Flamengo continuava a assustar mais, principalmente com os dribles de Rafinha pelo lado direito. Dali saíam as melhores jogadas da equipe.

Bem organizado em campo, o Madureira passou a buscar mais espaço no contra-ataque. Ainda assim, o Flamengo era melhor, com o ataque em bloco dos três homens da frente e Ibson e Rodolfo no meio. Aos 32 minutos, o time à sua melhor chance até então, em escanteio cobrado na área e cabeceçada de González, que quase encobriu o goleiro Márcio. Mais uma vez, a torcida gritou. Era apenas um ensaio. Aos 43 minutos, Rodolfo recebeu a bola de Ibson e fez lindo lançamento, por cima da zaga, para o volante. De primeira, Ibson arrematou para o gol, sem chances de defesa para o goleiro. Irritado, o camisa 7 não comemorou. Ainda assim, 1 a 0 e festa da torcida em Conselheiro Galvão. E os times voltaram para o vestiário.

Na volta para a segunda etapa, nem bem houve tempo de uma pipa descer gramado. Primeiro, Dorival Júnior sacou Nixon com apenas três minutos para a entrada de Adryan. Mais quatro minutos, aos sete da segunda etapa, Felipe Dias cometeu pênalti em Derley. Rodrigo cobrou sem chances para Felipe. 1 a 1. E o Flamengo ficou, ao menos por uns instantes, atordoado. Passes errados, chutes sem direção forama tônica por ao menos dez minutos. sentindo o bom momento, o Madureira se aproveitou. Em bobeada de Cáceres, Derley recebeu a bola na grande área e chutou para defesa incrível de Felipe. Dorival, então, compreendeu que precisava mexer na equipe. Sacou Felipe Dias e pôs Renato improvisado na lateral esquerda, buscando os chutes fortes do volante no campo reduzido. Pouco adiantou.

Um tanto quanto bagunçado na segunda etapa, o Flamengo ofereceu o contra-ataque aos 35 minutos e Derley, mais uma vez, recebeu a bola na grande área. Felipe defendeu e, no rebote, a bola sobrou limpa para Carlinhos. De frente para a área, o atacante do Madureira bateu muito mal e perdeu chance incrível. Já desorganizado, o Flamengo partiu para o tudo ou nada. No embalo, Adryan e Renato comandaram o festival de cruzamentos para a grande área. Duro no embate, o Madureira conseguiu se segurar. Nem a pipa subiu mais em Conselheiro Galvão. Logo em seu segundo jogo no Campeonato Carioca, o Flamengo conheceu o amargo gosto do tropeço.

FICHA TÉCNICA:
MADUREIRA 1 X 1 FLAMENGO

Local: Aniceto Moscoso (Conselheiro Galvão), no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de janeiro de 2013
Hora: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ)
Gols: Ibson (FLA), aos 43 minutos do primeiro tempo; Rodrigo (MAD), aos 7 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Diego Renan (MAD) e Felipe Dias (FLA)
Público e renda: 2.160 pagantes/ R$ 59.660,00

MADUREIRA: Márcio, Diego Renan (Leozão), Roberto Júnior, Zé Carlos e Gabriel; Gilson, Rodrigo (Júnior), Ramon, e Índio (Carlinhos); Jean e Derley.
Técnico: Alexandre Gama.

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Renato Santos, González e Felipe Dias (Renato); Cáceres, Ibson e Rodolfo (Luiz Antônio); Nixon (Adryan), Hernane e Rafinha
Técnico: Dorival Júnior

3666 visitas - Fonte: ESPN


VEJA: Flamengo planeja compra de clubes pela Europa e pelo mundo

CONFIRA: Organizadas do Flamengo se reúnem com diretoria e autoridades para tratar sobre viagem ao Uruguai
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Maracanã - Premiere
Fluminense
Flamengo

Último jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:30 - Arena da Baixada
Athletico-PR
2 2
Flamengo