Medalhões da Libertadores: Vidal, Barcos e Outros Desafios Para os Brasileiros

19/3/2024 07:59

Medalhões da Libertadores: Vidal, Barcos e Outros Desafios Para os Brasileiros

Brasileiros encaram adversários de peso na CONMEBOL Libertadores 2024

Medalhões da Libertadores: Vidal, Barcos e Outros Desafios Para os Brasileiros

Na última segunda-feira (18), foram definidos os oito grupos da edição 2024 da CONMEBOL Libertadores. Como nenhum dos brasileiros se enfrentará na primeira fase, apenas o Grupo H não terá uma equipe do Campeonato Brasileiro. Com isso, os times brasileiros terão pela frente diversos "medalhões" do futebol sul-americano.

Atual campeão, o Fluminense ficou automaticamente no Grupo A e terá pela frente Cerro Porteño, do Paraguai, Alianza Lima, do Peru, e Colo-Colo, do Chile. Os paraguaios têm o elenco que mais conta com medalhões em toda a Libertadores. Os peruanos têm Hernán Barcos, ex-Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro. Já o Colo-Colo conta com Arturo Vidal, emprestado pelo Athletico-PR e que teve passagem pelo Flamengo, além de Leo Gil, ex-Vasco, e Palacios, que está emprestado pelo Cruz-Maltino.

No Grupo B, o São Paulo terá pela frente Barcelona-EQU, do Equador, Talleres, da Argentina, e Cobresal, do Chile. Os argentinos contam com Galarza, que está emprestado pelo Vasco, além de Ruben Botta, que teve passagens por Inter de Milão e Livorno no futebol italiano, Gustavo Bou, ex-River Plate, e Nahuel Bustos, que teve passagem pelo próprio São Paulo e pelo Manchester City.

No Grupo C, o Grêmio terá pela frente Estudiantes, da Argentina, The Strongest, da Bolívia, e Huachipato, do Chile. Os argentinos são os que têm os maiores nomes entre os adversários do Tricolor. Enzo Perez e Pablo Piatti são dois nomes que passaram por Valência, da Espanha.

Único brasileiro no Pote 4, o Botafogo era quem poderia estar ao lado de outro contrarâneo, mas acabou escapando no sorteio e enfrentou LDU, do Equador, Junior Barranquilla, da Colômbia, e Universitario, do Peru. Já os colombianos têm Victor Cantillo, ex-Corinthians, Yimmi Chará, ex-Atlético-MG, e Carlos Bacca, que jogou no Milan, no Villarreal e no Sevilla, além de ter disputado as Copas de 2014 e 2018 pela Colômbia.

O Flamengo terá pela frente Bolívar, da Bolívia, Millonarios, da Colômbia, e Palestino, do Chile. O único nome conhecido no Brasil dos adversários do Rubro-Negro é o de Erwin Saavedra, boliviano que teve uma passagem pelo Goiás e hoje atua pelo Bolívar.

O Palmeiras terá pela frente o grupo que, talvez, seja o mais difícil da primeira fase. A equipe alviverde enfrenta Independiente del Valle, do Equador, San Lorenzo, da Argentina, e Liverpool-URU, do Uruguai. Os equatorianos contam com Junior Sornoza, ex-Corinthians e Fluminense.

No Grupo G, o Atlético-MG terá pela frente Peñarol, do Uruguai, Rosário Central, da Argentina, e Caracas, da Venezuela. Os uruguaios contam com Gaston Ramírez, que tem passagens por Southampton e Middlesbrough na Premier League e disputou a Copa do Mundo de 2014 com o Uruguai, além de Matheus Babi, que está emprestado pelo Athletico-PR.

227 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- Indiferença do elenco e fim de ciclo: Bastidores da punição a Gabigol no Flamengo
- Desconfiança em relação a Gabigol cresce no Flamengo, afastando a possibilidade de sua permanência
- Capitão do Flamengo revela risco de parar de jogar e emoção de médico



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Sb - 21:00 - -
X
Vasco Da Gama
Flamengo

Libertadores

Qua - 21:30 -
4 X 0
Flamengo
Bolívar