Flamengo planeja investir bilhões em estádio no Gasômetro após desapropriação.

23/6/2024 11:43

Flamengo planeja investir bilhões em estádio no Gasômetro após desapropriação.

Flamengo planeja investir bilhões em estádio no Gasômetro após desapropriação.

O Flamengo ficou mais perto de poder avançar na construção de seu futuro estádio. Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, anunciou neste domingo (23) a decisão pela desapropriação do terreno na região do Gasômetro, zona central da cidade. A medida será publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (24). Após o anúncio de Eduardo Paes, o Flamengo se manifestou nas redes sociais e comemorou a medida do prefeito, que “reconhece o interesse público envolvido e propicia um passo importantíssimo na realização do projeto para erguer o estádio próprio do Flamengo, sonho de toda a Nação Rubro-Negra”

Nosso projeto prevê um enorme investimento financeiro no local, capaz de ajudar na transformação de toda a região do entorno do novo estádio, valorizando em muito a área e entregando para a nossa cidade um novo e moderno espaço, tanto de entretenimento quanto comercial. Ganharão a cidade e todos os cariocas. Ganharão o Flamengo e toda a Nação Rubro-Negra. Fica o nosso registro dos mais sinceros agradecimentos ao prefeito Eduardo Paes e ao Deputado Federal Pedro Paulo pela sensibilidade que ambos sempre tiveram a respeito deste tema e pela visão empreendedora e positiva em relação ao desenvolvimento econômico e social da cidade do Rio de Janeiro.

Estádio do Flamengo divide população e comerciantes no Gasômetro A ESPN ouviu a opinião dos moradores e dos comerciantes do entorno do futuro estádio do Flamengo Estádio do Flamengo pode mesmo ter terreno do Gasômetro desapropriado pela Prefeitura? Na prática, sim. A ESPN conversou com o advogado Alex Lamartine Franco, especializado em desapropriações, para saber os requisitos legais para tal. De acordo com o profissional, o caso pode ser considerado "extremamente complexo", mas a lei, em tese, permite a desapropriação.

O advogado pontua ainda que assim que o terreno for declarado de utilidade pública, o pode público deve noticiar o proprietário, no caso a Caixa, em até 15 dias, e apresentar uma proposta de indenização, como diz o artigo 10-A, do Decreto-Lei 3.365/41. Dessa forma, a Prefeitura teria que indenizar a Caixa pela desapropriação do terreno. Tal valor, no entanto, pode ser negado pela empresa estatal, o que pode abrir uma nova disputa. Em contato com a reportagem, o deputado federal Pedro Paulo afirmou que a Caixa pretende dar um valor final pelo terreno em três dias, ou seja, até o final dessa semana.

Próximos jogos do Flamengo: Fluminense (F) - 23/06, 16h (de Brasília) - Brasileirão Juventude (F) - 26/06, 20h (de Brasília) - Brasileirão Cruzeiro (C) - 30/06, 18h30 (de Brasília) - Brasileirão

165 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- Torcedores criticam atuação de Marcos Braz no mercado de transferências
- VAI VOLTAR? Veja como está a negociação do Fla por Lucas Paquetá
- REVIRAVOLTA? Presidente do Zenit fala sobre Claudinho no Flamengo



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Ter - 21:00 - José Pinheiro Borda -
X
Internacional
Flamengo

Brasileiro

Qui - 20:00 - do Maracanã
1 X 2
Flamengo
Fortaleza EC