26/1/2014 16:52

Autor de gol olímpico rebate Felipe e afirma: 'Muito mais mérito meu'

Acostumado a surpreender goleiros do Fla, Rodrigues, do Duque de Caxias, se emociona, dedica golaço à família e revela que percebeu o arqueiro adiantado

Autor de gol olímpico rebate Felipe e afirma: Muito mais mérito meu

Quem diria que em um duelo repleto de novidades - primeiro jogo de Elano, gol do também estreante Alecsandro, Gabriel voltou a marcar, estreia da equipe titular do Flamengo e por aí vai -, seria Rodrigues o foco de todas atenções. O lateral-esquerdo foi o nome do Duque de Caxias no empate em 2 a 2 com o Fla neste domingo. Foi dele o golaço que abriu o placar da partida. Aliás, o primeiro gol olímpico feito no novo Maracanã.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, Rodrigues cobrou o escanteio com força, encobriu o goleiro Felipe e colocou a bola, que ainda tocou caprichosamente na trave, no fundo das redes. De imediato, ele já rechaça aquela possibilidade clichê: não tentou cruzar. Até porque, nos dois escanteios que antecederam o gol, ele já havia tentado a batida direta. O lateral também aproveitou para rebater o arqueiro, que tinha assumido a culpa pelo gol. Rodrigues recolheu todo o mérito.

- Eu bati a primeira, a zaga cortou. Eu pensei: 'Vou insistir'. Na segunda, tiraram de novo. Na terceira, eu vi que o Felipe estava conversando, tentando acertar o posicionamento, aí eu decidi botar com um pouco mais de força. A bola fez aquela curva e eu fiz o gol. Acho que foi muito mais mérito meu - declarou o jogador de 27 anos.

O próprio treinador interino, Mário Junior, fez coro ao jogador e disse que o gol olímpico de Rodrigues não foi nenhuma surpresa. Segundo ele, basta acompanhar a rotina do lateral nos treinamentos para comprovar.

- Para quem vive o dia a dia do clube, esse gol não foi uma surpresa. Rodrigues pega bem na bola, e nos treinamento ele sempre tenta jogadas como essa - garantiu.

A obra de arte de Rodrigues foi ainda mais importante se for considerada a situação do Duque de Caxias naquele momento. A equipe havia perdido as duas partidas até então, e o técnico César Diniz fora mandado embora. Fazer um golaço contra um grande em meio à crise foi demais para o atleta, que não segurou as lágrimas após o gol dedicado à família.

- O que passou na minha cabeça ali naquele momento foi a família, que sempre veio me apoiando. Dediquei a toda a minha família - concluiu.

1830 visitas - Fonte: Globo Esporte


VEJA: Dedé no Flamengo? Checamos!


CONFIRA: Após sondagens, Flamengo recua e avalia permanência de Arão no clube
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Maracanã - PFC
Flamengo
São Paulo

Último jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Mané Garrincha
Flamengo
4 1
Defensa y Justicia