12/12/2012 18:09

Diretoria flamenguista pode 'forçar' saída de Dorival Júnior

O nome de Dorival Júnior não chega a ser consenso entre os dirigentes do Flamengo. Porém, a multa rescisória caso o clube queira se desfazer do trabalho do treinador supera a casa de R$ 2 milhões, e os dirigentes não cogitam a hipótese de um pagamento. Até hoje, o Rubro-Negro vem quitando, de maneira parcelada, as multas dos contratos de Vanderlei Luxemburgo e Joel Santana. Dessa maneira, o presidente Eduardo Bandeira de Mello já orientou o departamento de futebol a não rescindir contrato com o treinador.

Apesar disso, Paulo Pelaipe, diretor executivo do Flamengo, não considera Dorival Júnior o nome ideal e já trabalha na sua saída. O vice-presidente de futebol Wallim Vasconcellos não tem opinião formada sobre o assunto, embora considere Dorival um profissional sério. Porém, vai respeitar a decisão de Pelaipe, embora este não tenha carta branca para a rescisão com pagamento de multa.

Como dificilmente Dorival vai aceitar sair abrindo mão da multa, a estratégia de Pelaipe para minar a permanência do treinador é impor a reformulação que pretende aplicar no departamento de futebol. Apesar de as mudanças não terem como objetivo derrubar o treinador, seria um caminho natural. Um exemplo será a demissão do preparador físico Celso de Rezende, homem de confiança do treinador. O dirigente considera o salário dele alto para o clube e, além disso, deseja montar uma comissão técnica permanente, com o treinador podendo escolher apenas dois auxiliares. O mesmo caminho deverá ser tomado na preparação de goleiros.

Dorival Júnior, que está passando férias nos Estados Unidos e só retorna no fim de semana, teria direito a permanecer apenas com os auxiliares Ivan Izzo e Lucas Silvestre, seu filho.

Outro fator que teria irritado Pelaipe é o salário do treinador, considerado alto pelo dirigente. Segundo informações da imprensa carioca, Dorival recebe mais do que ganhava Mano Menezes na Seleção Brasileiro. Desempregado desde que foi dispensado pela CBF no fim de novembro, Mano é uma sombra para Dorival, já que é amigo pessoal de Pelaipe. O ex-técnico do Brasil, porém, está dando preferência a dirigir equipes do exterior, pois seus empresários temem uma exposição indevida da imagem dele com a permanência do país.

Certo é que Paulo Pelaipe terá pouco tempo para trabalhar na formação do elenco para a próxima temporada, pois a reapresentação do plantel acointecerá em 3 de dezembro, quando começa a preparação para a disputa da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro estreia no dia 19 de janeiro, diante do Goytacaz, no Rio de Janeiro (RJ)

3246 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

VEJA: Flamengo não terá Rodrigo Caio e Gabigol contra Atlético-MG e Athletico-PR

LEIA TAMBÉM: Com convocações, Flamengo pode perder até 4 jogadores

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Flamengo da temporada


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão