13/2/2013 15:52

Diretoria alega problema com máquina para estado do gramado do Ninho do Urubu

Diretoria alega problema com máquina para estado do gramado do Ninho do Urubu

Na volta das atividades do elenco rubro-negro após a folga de Carnaval, o estado do campo 5 do Ninho do Urubu chamou atenção. O gramado está visivelmente mais alto e alguns tufos se destacam. O fato teria provocado desagrado no técnico Dorival Júnior. Diretor-executivo de futebol do clube, Paulo Pelaipe teria recebido as reclamações do treinador. O dirigente não confirmou a insatisfação direta do técnico, mas admitiu que por alguns dias a grama não foi aparada devido a um problema técnico.

"A mim não me chegou nada (de reclamações). O que houve é que a máquina para cortar a grama sofreu um problema que não pôde ser resolvido durante o Carnaval, quando nada funciona na cidade. O aparo era para ter sido feito na segunda, mas com o problema atrasou. Agora já está solucionado", minimizou Paulo Pelaipe.

A insatisfação com o espaço, porém, existe. Após o treinamento na manhã desta quarta-feira, o goleiro Felipe deixou claro que o elenco gostaria de ter melhores condições para exercer as atividades. Sem buscar polêmica, o camisa 1 garantiu que confia na diretoria para que tudo seja resolvido o quanto antes. Até mesmo em benefício do patrimônio do próprio clube. Em campos sem melhores condições, os atletas correm riscos até de sofrer lesões.

"Estamos fazendo nossa parte e tenho certeza que a diretoria está fazendo a parte dela. É uma coisa de cada vez. A gente queria um campo um pouco melhor, um centro de treinamento pronto, mas a nova diretoria vai focar nessa parte. Para o clube é bom, para os atletas também e eles (diretoria) sabem que os jogadores vão treinar sem risco de lesão. Em campo de perfeito estado vai ser melhor. Mas isso não vai ser problema", afirmou o goleiro.

O campo 5 do Ninho do Urubu fica ao lado dos módulos 16 e 17, destinados ao futebol profissional e ainda incompletos. O espaço foi construído com verba da parceria do clube com a Brahma. Atualmente, a diretoria rubro-negra tenta solucionar o impasse das penhoras na Justiça para voltar com as obras no CT a pleno vapor. Diante das dificuldades financeiras, desde agosto de 2012 o ritmo do trabalho diminuiu consideravelmente.

Para a finalização dos módulos do futebol profissional, ainda são necessários cerca de R$ 6,5 milhões. Quase metade virá da parceria com a Brahma. O restante será de recursos próprios do Flamengo. Na análise feita pelo novo departamento de futebol, algumas soluções estão em pauta, como a recuperação do campo 1, praticamente inutilizado entre buracos e falhas. A grama deste setor será retirada e uma nova será plantada.

2709 visitas - Fonte: ESPN


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

VEJA Jornalista indica atacante da seleção colombiana ao Flamengo: "Vai fazer barulho"

LEIA TAMBÉM:“Essa conquista é para meus irmãos, que hoje estão lá em cima”, declara jogador do Flamengo sub-17

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Flamengo da temporada


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Maracanã - GloboeFoxsports
Flamengo
Internacional

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Mané Garrincha
Vasco
1 4
Flamengo