15/2/2013 19:48

Dorival diz que Carlos Eduardo deve ser titular, mas despista: 'Não é certo’

Técnico afirma que pode optar por Cleber Santana começando a partida entre os 11. Amaral e Cáceres disputam vaga no meio de campo

Dorival diz que Carlos Eduardo deve ser titular, mas despista: Não é certo’

Carlos Eduardo vai jogar contra o Botafogo e provavelmente será titular, mas Dorival Júnior ainda não confirma a entrada do camisa 10 desde o início da partida. Segundo o treinador, a decisão será tomada neste sábado, após uma nova rodada de conversas com o meia-atacante e com os preparadores físicos. Caso CE10 não inicie, Cleber Santana será escalado.

- Ele vai jogar. Só não sei se vai iniciar ou não. Provavelmente inicie, mas ainda não é certo. Há uma dúvida entre o Cleber e ele. Essa foi a razão dos testes (do último treino), já pensando num segundo momento. Quero tirar do Carlos Eduardo o melhor dele no melhor momento da partida. Iniciando ou não. Até amanhã (sábado) eu resolvo isso. Vou conversar com ele, perguntei como está se sentindo. É uma situação que quero ter certeza que ele estará bem para iniciar – explicou Dorival.

Se optar por Cleber Santana, Dorival vai mudar o esquema. A equipe - que não contará com Nixon, que faz reforço muscular - passaria do 4-3-3 para o 4-4-2. Com Carlos Eduardo, a formação que tem funcionado seria mantida, e o meia formaria o ataque com Hernane e Rafinha.

- Ele (Carlos Eduardo) vem vindo com uma carga de treino muito forte. Ainda não está totalmente apto, ele ainda apresenta alguma dificuldade em razão do condicionamento que foi feito. Um trabalho que a médio e longo prazo será excelente para ele e que agora está sendo de recuperação para que possa participar da partida. Quero conversar bastante com os preparadores físicos para saber que decisão tomar.

Para o treinador, Cleber Santana tem correspondido quando recebe chances. O meia já marcou dois gols no Carioca, contra Vasco e Friburguense.

- O Cleber tem um 'timing', quebra o ritmo da partida, tem um posicionamento mais centralizado. Com o Carlos, ganhamos pelos lados, velocidade maior, ficamos mais agudos. Talvez não percamos na maneira que estavámos atuando. Com o Cleber temos mais compactação, mas perdemos velocidade.

Amaral e Cáceres disputam vaga

Dorival tem outra dúvida. Cáceres e Amaral disputam uma vaga no meio-campo. Na ausência do paraguaio, que estava com sua seleção na rodada passada, Amaral entrou bem contra o Friburguense e agradou.

- Com o Amaral temos mais mobilidade na entrada da área, com o Cáceres a bola aérea é melhor, encosta bem por trás. Amaral tem uma velocidade maior, o Botafogo tem mobilidade no meio–campo. O Amaral foi excelente na última partida. Cáceres vinha bem também.
A provável formação do Flamengo: Felipe, Léo Moura, Wallace, González e João Paulo; Cáceres (Amaral), Ibson e Elias; Carlos Eduardo (Cleber Santana), Hernane e Rafinha.

Flamengo e Botafogo jogam pela sétima rodada da Taça Guanabara. A partida será no Engenhão, às 18h30m (de Brasília).

2553 visitas - Fonte: Globo Esporte


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

LEIA TAMBÉM:Jesus elogia Bruno Henrique e Gabigol, mas destaca necessidade do Fla por um centroavante

LEIA TAMBÉM:CBF anuncia que telespectador poderá assistir mesma imagem do juiz no VAR

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Flamengo da temporada


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Maracanã - GloboeFoxsports
Flamengo
Internacional

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Mané Garrincha
Vasco
1 4
Flamengo