20/2/2013 12:32

Grama do Moacyrzão recebe ajustes, mas segue desagradando jogadores

Após 10 dias de recuperação, gramado criticado por Botafogo e Flu continua sendo alvo de queixas. Técnico do Quissa: 'Desgastado, com muita areia'

Grama do Moacyrzão recebe ajustes, mas segue desagradando jogadores

Sem resultados. Mesmo após os 10 dias interditado visando à recuperação do gramado, o campo do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, continua sendo alvejado por queixas. A diretoria do estádio apontou, dias antes do Carnaval, o ataque de insetos como principal culpado pela situação precária e anunciou o tratamento intensivo, que aconteceu entre os dias 8 e 17 de fevereiro. No entanto, a grama tão criticada por Botafogo e Fluminense no início da competição também não agradou as equipes que jogaram no estádio no último fim de semana, pela sétima rodada do Carioca.

O técnico do Macaé, Toninho Andrade, viu a sua equipe vencer o Nova Iguaçu por 1 a 0, no último sábado, mas sabe que o cuidado com o gramado precisa continuar. Outro fator lembrado pelo treinador é o fato do Alvinil Praiano não poder mais treinar "em casa".

- Melhorou em alguma coisa, mas está aquém do que o Moacyrzão apresentava. Disseram que poderíamos treinar depois que o problema fosse resolvido, mas até agora não podemos utilizá-lo. Como não treinamos mais lá, para a gente não faz muita diferença jogar no estádio. Dessa forma, o campo se torna neutro - declarou Toninho.

O Quissamã, por sua vez, também autou no estádio no fim de semana e venceu o Duque de Caxias pelo mesmo placar. As críticas foram as mesmas, mas o técnico Gabriel Vieira admitiu que, apesar do mau estado, o gramado acabou auxiliando o time no primeiro gol.

- Quando eu entrei no estádio, a primeira impressão foi a que me marcou. O gramado está realmente desgastado, não em todo o campo, mas em grande parte dele. Tem muita areia junto com a grama. Se você reparar, no nosso primeiro gol, o gramado fez a bola quicar e atrapalhou o goleiro, que deu o rebote e permitiu o gol - admitiu o treinador.

No domingo (24) o Moazyrzão recebe o cofronto entre Vasco e o Duque de Caxias em duelo válido pela oitava rodada da primeira fase do Campeonato.

Em nota, a Prefeitura de Macaé informou que "está sendo executado um plano de recuperação do gramado". Disse também que "estão sendo realizadas adubações coletivas para suprir a deficiência de nutrientes, semeados fungos que irão combater o ataque das cochonilhas e cigarrinhas” e que “todas as ações utilizam produtos orgânicos, respeitando assim a legislação vigente que proíbe o uso de defensivos químicos". Ainda, a nota confirma que o cronograma de jogos no Moarcyzão segue regularmente.

No próximo domingo, o Vasco, único time grande que ainda não jogou no estádio, vai encarar o Duque de Caxias no Moacyrzão, às 16h.

3027 visitas - Fonte: Globo Esporte


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

VEJA: Cuéllar recebe proposta e pode deixar Flamengo; veja detalhes

LEIA TAMBÉM:Apresentado, Rafinha afirma ter escolhido Fla e estar acostumado à pressão


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão