16/12/2012 09:23

Com chave do futebol, Pelaipe avisa: ‘Quem não se enquadrar, não joga’

Diretor executivo diz que vai implantar cartilha para os jogadores, promete rigor nas cobranças e salários em dia

Com chave do futebol, Pelaipe avisa: ‘Quem não se enquadrar, não joga’

Ao completar 18 anos, Paulo Pelaipe recebeu do pai a chave de casa. A partir daquele momento, Seu Adão permitiria ao filho chegar até as 23h30m. Nem um minuto além. Aos 21, o rigoroso controle do horário acabou, mas a disciplina ficou como herança. Aos 61 anos, Pelaipe, pai de Paulo Júnior, de 26, e Rodrigo, de 20, não chega ao ponto de repetir Adão, falecido há 22 anos, mas não abre mão do rigor com os filhos.

- Sou disciplinador com eles porque meu pai me ensinou. Educo meus filhos para terem respeito com as pessoas. Sou um homem que respeita a hierarquia. No Flamengo, vou respeitar o meu vice-presidente de futebol (Wallim Vasconcellos). Não farei nada sem falar com ele, não farei nada sem falar com o presidente (Eduardo Bandeira de Mello) e com os gestores do clube. Uma casa que não tem comando e hierarquia desaba. Você tem que ter disciplina.

De Bandeira de Mello e Wallim Vasconcellos Pelaipe recebeu a chave do vestiário do Flamengo e a missão de assumir o futebol do clube e montar uma equipe forte e vencedora para 2013. Com dois anos de contrato, ele espera ter tempo para tocar o projeto. Apresentado na terça-feira passada, o dirigente já começou a tomar decisões importantes no departamento e faz contato direto com empresários em busca de reforços de peso. Pelaipe não quer atletas que apenas completem o grupo.

O foco na disciplina talvez seja a sua maior bandeira. No dia 3 de janeiro, data da reapresentação dos atletas para a pré-temporada, todos receberão o novo regulamento interno. Pelaipe avisa que ele terá de ser cumprido à risca.

- O regulamento será lido pelo supervisor do clube junto com o treinador. Não abro mão da cartilha, e ela vai ser obedecida. Quem não se enquadrar, não vai jogar no Flamengo. Nós não abrimos mão. Eu, Wallim, o grupo gestor, o presidente. O jogador tem que ter comprometimento, tem que ser profissional. Ele recebe bons salários, tem que saber os compromissos que tem, tem que jogar comprometido com o Flamengo, representando a maior torcida do futebol brasileiro. Não é passeio, não é brinquedo, é profissional. O clube tem regras.

Em 2012, o Flamengo teve uma experiência frustrada com um regulamento interno. Jairo dos Santos ocupou o cargo de gerente de futebol do clube durante três meses. Nesse tempo, o dirigente causou polêmica entre os jogadores ao tentar implantar uma cartilha na qual, entre outras diretrizes, cobrava profissionalismo com as seguintes frases: "Tenha garra e força de vontade para deitar cedo e cumprir as atividades propostas... Não nos decepcione. Esteja em forma". Ele chegou ao clube num momento conturbado, depois da demissão de Vanderlei Luxemburgo e Isaías Tinoco. A cartilha chegou a ser motivo de piada entre os jogadores. Alguns fizeram pequenos aviões de papel com ela.

2685 visitas - Fonte: -


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

VEJA: Jorge Jesus pode mesmo sair do Flamengo?

LEIA TAMBÉM: Governador do Rio, Wilson Witzel diz que vai falar com Jorge Jesus para que ele siga

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Flamengo da temporada


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão