4/3/2013 16:39

Bruno chora no início do julgamento do caso Eliza Samúdio

Primo do goleiro não comparece para testemunhar na sessão

Bruno chora no início do julgamento do caso Eliza Samúdio

O goleiro Bruno mostrou abatimento ao chegar no Fórum de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, para o julgamento do caso da morte da modelo Eliza Samúdio. O jogador chorou e se manteve de cabeça baixa o tempo todo, segurando uma bíblia entregue por um de seus advogados.

Já sua ex-mulher, Dayanne Rodrigues, que também está sendo julgada, teve uma postura completamente diferente. Ela estava tranquila e sorria enquanto conversava com os advogados.

TESTEMUNHAS AUSENTES

O primo de Bruno, Jorge Luiz Rosa, não estará presente no Fórum. Ele é considerando uma peça importante para a investigação, já que foi o primeiro a contar a versão que a promotoria acredita ser a verdadeira. No entanto, Jorge já criou muita confusão no caso ao mudar seu depoimento duas vezes.

Lucy Gama dos Santos e Amir Borges Matos também são outras testemunhas de defesa que não compareceram. Porém, os advogados de Bruno optaram por continuar a sessão por não consideram seus depoimentos relevantes.

5346 visitas - Fonte: Lance!


VEJA: Éverton Ribeiro pode ser negociado pelo Flamengo; Confira!

CONFIRA: Carvalhal tem interesse no Flamengo e pode pedir ao Braga sua liberação
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Segunda - 20:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Santos

Último jogo - Brasileiro

Sexta - 20:00 - Arena Pernambuco
Sport
1 1
Flamengo