5/3/2013 08:28

Contra cobiça de colegas, técnicos estudam implantar código de conduta

Contra cobiça de colegas, técnicos estudam implantar código de conduta

Liderados por Vagner Mancini, hoje comandante do Náutico, Tite, Abel Braga, Dorival Júnior e outros técnicos de primeira linha do futebol brasileiro devem se reunir, na próxima semana, para discutir sobre a categoria. O encontro, que acontecerá no Rio de Janeiro, vai tratar de temas importantes da profissão, entre eles o código de conduta que deveria haver entre os profissionais que atuam no banco de reservas.

A ideia partiu de Vagner Mancini, que pensou na possibilidade no ano passado, quando ainda estava desempregado. Interessado no tema, ele procurou alguns de seus colegas com maior representatividade e marcou a data para a conversa inicial.

O grupo de treinadores ainda terá as presenças de Muricy Ramalho, Oswaldo de Oliveira, Falcão, Cuca e Caio Júnior, entre outros nomes a serem confirmados. Eles se encontrarão em um evento organizado pela Abex (Associação Brasileira de Executivos de Futebol), no Rio de Janeiro, no dia 11 de março.

“A gente há muito tempo vem falando no futebol, entre os treinadores, sobre a necessidade de sentar e discutir, regulamentar a classe. Infelizmente a gente não tem um sindicato forte e atuante. Em conversa com a diretoria da Abex, pedi que eles concedessem um espaço e eles entenderam na hora”, disse Vagner Mancini.

“Ele me convidou e me coloquei à disposição. Acho que precisamos discutir coisas para melhorar a nossa profissão”, disse Tite, em conversa informal com a reportagem há duas semanas.

Em um primeiro momento, os técnicos terão uma reunião com os executivos para ouvir como foi a experiência deles na formação de uma associação. Depois, devem conversar entre si para, quem sabe, iniciar o processo de formação de uma entidade específica para os treinadores.

“Posteriormente, vamos ter outra reunião, para sentar com os clubes e tentar fazer com que essa atitude nossa proteja os dois lados. A gente quer a profissionalização do futebol, melhorando em todos os aspectos, para que fique tudo muito claro”, disse Mancini.

O objetivo é evitar com que os treinadores fiquem tão dependentes dos clubes e que, ao mesmo tempo, também criem um código de ética para os profissionais respeitem os cargos alheios. Modelos adotados na Europa são vistos com bons olhos.

O principal deles é o italiano, que prevê o pagamento dos salários do treinador até o fim da temporada, mesmo que ele seja demitido. Caso o rompimento aconteça, por sua vez, o profissional não poderá trabalhar na liga até o fim deste ano.

2577 visitas - Fonte: Uol


VEJA: Éverton Ribeiro pode ser negociado pelo Flamengo; Confira!

CONFIRA: Carvalhal tem interesse no Flamengo e pode pedir ao Braga sua liberação
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Segunda - 20:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Santos

Último jogo - Brasileiro

Sexta - 20:00 - Arena Pernambuco
Sport
1 1
Flamengo