9/6/2015 15:56

Mais futebol, cartões e menos faltas. Gaciba analisa a tolerância zero

Comentarista afirma que aumento do rigor nas arbitragens já mostra seus efeitos no Brasileirão. São mais expulsões, mas bola rolando também aumenta

Mais futebol, cartões e menos faltas. Gaciba analisa a tolerância zero

Em seis rodadas do Campeonato Brasileiro, os árbitros têm mostrado um maior rigor com as reclamações dos jogadores. O resultado, de acordo com o comentarista Leonardo Gaciba, já pode ser sentido. Ex-árbitro, o analista afirmou que a medida foi importante para acabar com um excesso de protesto dos jogadores.

- A grande verdade é que, no ano passado, se pecava pela omissão. Este ano, se peca pelo rigor. Tem que cuidar muito do que se escreve na súmula. Já vi muito árbitro perder um grande jogo pelo que relatou na súmula. A súmula é uma prova judicial e existem as imagens do jogo (...) a súmula tem que ser fidedigna, tem colocar exatamente o que aconteceu - disse o ex-árbitro.

Gaciba reconhece que existe um excesso dos árbitros em alguns casos e cita alguns efeitos negativos da nova medida. São mais cartões amarelos e vermelhos, mais jogadores suspensos e pendurados.

- O que estamos vendo é um rigor exagerado da arbitragem. No ano passado, eram oito, nove, dez jogadores até à volta dos árbitros, reclamando, colocando dedo na cara. Isso tem várias consequências. A primeira consequência é temos jogadores já punidos pela terceira advertência. Estamos na sexta rodada, ou seja, levaram cartão amarelo em metade das partidas. São 19 jogadores expulsos, contra 15 do ano passado. Temos ainda um número forte: 65 jogadores pendurados com dois amarelos já na sexta rodada.

No entanto, existem também lados positivos. Em 2015, aumentou também o tempo de bola rolando e caiu o número de faltas no Brasileirão. Com isso, 11 jogos já tiveram mais de 60 minutos de bola rolando (tempo mínimo recomendado pela Fifa).

- Por outro lado, teve uma diminuição do número de faltas. Estamos tendo mais bola rolando, menos faltas no futebol brasileiro. Estamos chegando a uma média histórica de menos de 30 faltas. Isso significa 228 minutos a mais de bola rolando no futebol brasileiro. São dois jogos e meio só de bola rolando. No ano passado, só tivemos um jogo acima de 60 minutos de bola rolando. Esse ano já são 11 - disse Gaciba.

1830 visitas - Fonte: Sportv


VEJA: De acordo com jornal, Gabigol entra na mira de dois clubes ingleses e valor de venda é projetado


CONFIRA: Flamengo define alvos e promete "esgotar possibilidades" por Kenedy e Thiago Mendes
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quinta - 21:30 - Arena das Dunas - SporTV
ABC
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Neo Química Arena
Corinthians
1 3
Flamengo