31/3/2013 12:12

Contra Audax, um Flamengo em busca de maturidade e afirmação

Com elenco recheados de jovens e time ainda se adaptando ao novo esquema, Jorginho tenta se firmar. Vitória pode deixar classificação mais próxima

Contra Audax, um Flamengo em busca de maturidade e afirmação

A partida deste domingo, às 16h, contra o Audax, em Moça Bonita, será mais uma etapa para a equipe do Flamengo, que procura amadurecer em diversos aspectos, desde a comissão técnica até o esquema tático da equipe, passando pelo elenco recheado de jovens. O confronto terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net .
A maturação e a melhora se fazem necessárias a cada partida e o técnico Jorginho já se mostrou ciente disso. O próprio comandante tem, no Rubro-Negro, a primeira oportunidade de comandar um clube de grande expressão no Brasil e vem tendo de provar a capacidade a cada rodada o desafio.

Com a recente troca de treinador, o elenco ainda busca incorporar a nova filosofia de trabalho e se adaptar ao novo esquema implementado: o 4-2-3-1. Aliado a isso tudo, Jorginho tem em mãos um elenco com muitos jovens, alguns, inclusive, que saíram das categorias de base nesta temporada.

– Temos jogadores experientes, mas temos muitos jovens. Por isso, tem afobação, precipitação em um passe ou em partir para cima. É um tempo que eles precisarão para maturar e terem o momento certo de partir para cima, de fazer essa bola girar... – salientou Jorginho.

Para ser ter uma ideia, excluindo-se a defesa, que conta com jogadores como Felipe, Léo Moura e Alex Silva, a média de idade da equipe rubro-negra que entra em campo neste domingo é de apenas 22,5 anos. Por outro lado, é justamente o setor que tem recebido mais críticas nas últimas rodadas. Prova disso, foram as vaias a Alex Silva no jogo contra o Bangu.

Assim, Flamengo, Jorginho e jogadores parecem caminhar todos para o mesmo lado e aliados em busca de afirmação. Seja afirmação de uma nova diretoria, de um treinador que ainda tenta provar seu valor ou de crias da base que buscam se firmar no cenário.

Certo é que, neste processo, o Audax é mais um dos adversários. A vitória pode deixar a classificação mais próxima e trazer ainda mais confiança a um grupo que busca, no fim, ser aplaudido.
Medalhões têm sido apenas opções

O técnico Jorginho já admitiu diversas vezes que a baixa média de idade do elenco rubro-negro tem influenciado negativamente em alguns jogos. Mas, mesmo tendo ciência de que a falta de experiência pode pesar neste processo de maturação da equipe, o treinador do Fla tem deixado alguns jogadores de idade mais avançada fora do time titular.

Mesmo com todo os atletas do elenco à disposição para o jogo contra o Audax, o técnico rubro-negro resolveu deixar muitos medalhões fora do time titular.

Na zaga, Jorginho conta com o retorno de González, que estava a serviço da seleção paraguaia. Mesmo com a volta do defensor, que tem 32 anos de idade, o técnico sequer o relacionou para a partida e justificou o feito pela longa viagem que González teve de fazer para se reapresentar ao clube.

Com uma situação parecida à do paraguaio, Cáceres também ficou fora da lista de relacionados para o jogo deste domingo. O chileno, que estava servindo à seleção do país dele, foi poupado pelo treinador.

Fora os estrangeiros, outros atletas experientes têm sofrido com os efeitos das escolhas do comandante. Cleber Santana, por exemplo, não atuará neste domingo.

Trabalho especial com mais experientes

Desde a chegada de Jorginho ao clube que alguns jogadores mais experientes têm recebido olhar especial da comissão técnica, visando a um maior rendimento nas partidas diante de um calendário apertado.

Além de Léo Moura, que foi poupado da última rodada por estar entregue a atividades específicas, o treinador deu a entender que o volante Renato é outro exemplo dos que serão submetidos a um trabalho diferente do restante do elenco.

– O Léo está tendo um planejamento. Volta ao time e é titular. Foi bom poupá-lo e o ideal para ele seria jogar apenas aos fins de semana. Foi bom segurar ele, pois o jogo estava complicado e o campo pesado. É o caso do Renato, que não pode ter a mesma jornada de trabalho dos outros.

Renato e Léo Moura são dois dos jogadores com mais idade e líderes do elenco. O lateral-direito, inclusive, é o capitão. Na ausência dele, Alex Silva ocupou a vaga.

Quando retornou ao Vasco, em 2011, o meia Juninho foi submetido a um trabalho parecido.

2811 visitas - Fonte: Lance!


VEJA: Torcedores do Flamengo comentam transmissão de jogo do Campeonato Carioca na Record


CONFIRA: Flamengo diz ter sido atacado por hackers durante transmissão










Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã -
Macaé
Flamengo

Último jogo - Carioca

Terça - 21:30 - Maracanã
Flamengo
1 0
Nova Iguaçu