1/4/2013 09:48

Jorginho sofre pressão, mostra nervosismo e prega 'seleção' no Flamengo

Jorginho sofre pressão, mostra nervosismo e prega seleção no Flamengo

Jorginho não demorou para sofrer as primeiras pressões e ser questionado no cargo de técnico do Flamengo. Após a derrota para o Audax por 2 a 1, no último domingo, em Moça Bonita, o comandante foi vaiado e xingado pelos torcedores. Com apenas três jogos no posto, o treinador demonstrou nervosismo em algumas análises e pregou com frequência a necessidade de uma “seleção” no elenco para a sequência da temporada.

Desde que foi apresentado, Jorginho empatou com o Boavista (0 a 0), venceu o Bangu (2 a 1) e perdeu para o Audax (2 a 1). As chances remotas de classificação às semifinais da Taça Rio após um ano passado sem títulos fizeram o seu “prazo de validade” expirar antes da hora. A torcida não perdoou a barração de Hernane e a substituição de Rodolfo por Carlos Eduardo. Visivelmente contrariado com os questionamentos, o técnico explicou e não escondeu o desconforto.

“É fácil meter o pau e dizer que está tudo errado. O torcedor é um apaixonado. É assim que funciona o futebol. Estamos acostumados. Precisamos ter tranquilidade e saber que estamos no caminho. Vamos trabalhar forte e não vou desistir de forma alguma. Conheço a torcida e o que passa quando as coisas não vão bem”, afirmou.

Ao lado de Jorginho, Alex Silva e Felipe foram os atletas mais vaiados. O clima de inconformismo com os dois jogadores já vem de alguns jogos, assim como a questão envolvendo a dificuldade do meia Carlos Eduardo em encontrar o seu futebol. O treinador procurou passar tranquilidade aos atletas e se colocou na linha de frente no momento complicado.

“A responsabilidade é minha e quero meus jogadores tranquilos. O Carlos Eduardo entrou e fez até algumas boas jogadas. Sabemos que precisamos recuperá-lo e ter uma ideia do que pode fazer. O Alex Silva precisa ter um pouco de tranquilidade. Não adianta desesperar agora. Tem que dormir um pouquinho e colocar a cabeça para pensar”, comentou.

Durante as análises da derrota, Jorginho deixou claro que o Flamengo precisa pensar na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro. O comandante pregou com intensidade a realização de uma “seleção” no elenco por uma definição para a continuidade da temporada.

“Sempre pensamos em um planejamento longo e de reestruturação. Vamos mudar o foco e ter a certeza com quais jogadores poderemos contar na frente. Essa coisa é importante. A derrota realmente nos colocou em uma situação muito difícil. Temos que começar a pensar na Copa do Brasil, um torneio curto e que nos leva para uma grande competição no continente”, encerrou.

Na próxima quarta-feira, o time do técnico Jorginho “esquece” o Campeonato Carioca e estreia na competição nacional, contra o Remo, às 21h50, em Belém do Pará.

4869 visitas - Fonte: Uol


VEJA: Torcedores do Flamengo comentam transmissão de jogo do Campeonato Carioca na Record


CONFIRA: Flamengo diz ter sido atacado por hackers durante transmissão










Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã -
Macaé
Flamengo

Último jogo - Carioca

Terça - 21:30 - Maracanã
Flamengo
1 0
Nova Iguaçu