23/4/2013 09:41

Hora da barca: Flamengo começa reformulação do elenco nesta terça

Wallim Vasconcellos, Paulo Pelaipe e Jorginho têm reunião marcada para decidir quem fica e quem sai

Hora da barca: Flamengo começa reformulação do elenco nesta terça

Quem fica e quem sai? A reformulação do elenco do Flamengo está em curso internamente desde a eliminação precoce do time no Campeonato Carioca e vai entrar em prática a partir desta terça-feira. Uma reunião entre o vice de futebol Wallim Vasconcellos, o diretor de futebol Paulo Pelaipe e o técnico Jorginho está marcada para definir os jogadores que continuam nos planos para a segunda fase da Copa do Brasil e a intertemporada para o Brasileirão e aqueles que serão emprestados ou terão os contratos rescindidos.

Apesar da melhora do time no Fla-Flu e na vitória sobre o Remo, a ideia do departamento de futebol de reestruturar o plantel não mudou. A intenção é dispensar e emprestar atletas. A queda no estadual e, principalmente, as exibições bem abaixo das expectativas em nada afetaram o pensamento de não fazer grandes investimentos para saciar a urgência do torcedor, mas atletas serão contratados. Se a chegada de grandes nomes é bem improvável, a saída de figurões do elenco surge como melhor opção para facilitar contratações mais empolgantes. Nesta lista, Ibson e Alex Silva são nomes muito prováveis.

A dupla não foi aproveitada nos últimos jogos, nem mesmo contra o Macaé, quando Jorginho escalou um time totalmente reserva. O volante e o zagueiro podem ter suas passagens pelo clube abreviadas. A situação, no entanto, depende de acordos para rescisões contratuais ou, principalmente, interesse de outros clubes. Sabe-se, porém, que ambos dificilmente emplacarão o Brasileirão com a camisa rubro-negra. Ibson, que tem vínculo até 2015, vive a situação mais complicada e nem diretoria nem comissão técnica escondem que ele não faz parte dos planos. Jorginho já o descartou publicamente.

Alex tem contrato até junho de 2014 e treina sob a justificativa de que precisa recondicionar a parte física. O próprio pediu um “tempo” após atuação ruim na derrota por 2 a 1 para o Audax, pela quarta rodada, mas o prazo para uma definição chegou ao fim. Recentemente, Jorginho disse que o caso chegou a uma nova fase e precisa de um desfecho. A possibilidade de sair já foi admitida pelo treinador e por Pelaipe.

A reunião abordará também a chegada de reforços para o Brasileirão e Copa do Brasil. A expectativa é de que até cinco jogadores cheguem para o restante da temporada: dois atacantes, um meio-campista, um zagueiro e um lateral-direito. Na lateral e no ataque, por exemplo, Léo Moura e Hernane não têm substitutos. O prazo para chegada dos atletas, por sua vez, é mais longo, e o limite imposto internamente pela diretoria é o começo de julho, quando o Brasileirão volta para valer, já em sua sexta rodada, após a Copa das Confederações.

A cúpula do futebol rubro-negro também avalia os reforços que chegaram no início da temporada. Com exceção de Gabriel, que se destacou contra Fluminense e Remo e até ganhou a camisa 10, e Elias, titular desde que estreou, ninguém empolgou. O lateral-esquerdo João Paulo e o zagueiro Wallace sempre foram considerados nomes para composição de elenco. Enquanto João é visto como nível médio, o zagueiro chegou a ser avaliado como "padrão Welinton".

Principal aposta, Carlos Eduardo também rende abaixo do esperado. Maior investimento do Flamengo na temporada, o meia tem um dos maiores salários do grupo, mas ainda assim as cobranças vêm apenas das arquibancadas. Nos bastidores, o discurso é de ainda acreditar que pode ser um jogador decisivo. Jorginho concorda.

- O Carlos Eduardo não teve tempo para trabalhar. A gente vai colocar esse jogador para a jogar tudo aquilo que vi quando convocamos para a Seleção (em 2009). É extremamente qualificado, um camisa 10 clássico, que poucos temos no Brasil. Vamos fazer de tudo para recuperar esse jogador – afirmou o treinador.

Jorginho quer definir o grupo para concluir a programação de treinos da intertemporada em Pinheiral, no Sul do estado do Rio. O Flamengo depende apenas da CBF para anunciar como será o trabalho, que deve durar do dia 6 a 22 de maio. Com tudo praticamente definido, o clube espera a divulgação das datas do confronto com o Campinense, pela segunda fase da Copa do Brasil, para executar o plano. O desejo rubro-negro é de que a primeira partida seja no dia 1º de maio, em Campina Grande, com a segunda, se necessária, somente no dia 22. As datas serão confirmadas nesta semana.

6867 visitas - Fonte: Globo Esporte



A LEI DO EX É A ÚNICA LEI QUE FUNCIONA NO BRASIL?







LEIA TAMBÉM: Vice-presidente geral do Flamengo diz que clube irá processar jornalista da ESPN

LEIA TAMBÉM: Veja os possíveis cenários para o calendário do futebol brasileiro por conta da pandemia de coronavírus


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Segunda - 20:30 - Estádio João Francisco - Fox
Bangu
Flamengo

Último jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã
Flamengo
2 1
Portuguesa