4/3/2019 16:56

Flamengo se surpreende com transferência de sobrevivente de incêndio, e atraso irrita família

Flamengo se surpreende com transferência de sobrevivente de incêndio, e atraso irrita família

Enquanto o presidente Rodolfo Landim e o vice Rodrigo Dunshee se licenciaram dos cargos no Flamengo para viajar no Carnaval, um dos sobreviventes do incêndio no Ninho do Urubu passou por dificuldades. Jhonata Ventura teve problemas para ser transferido do hospital Pedro II para o Vitória após deixar o CTI, pois a diretoria rubro-negra alegou que a movimentação deveria acontecer apenas na quinta-feira.



Segundo os representantes do jogador, o motivo alegado era a falta de vagas no hospital. Mas no entendimento dos familiares, a falta foi de proatividade dos funcionários do clube, e se deve à desorganização para a prestação de assistência. Os relatos são de que não há uma pessoa específica responsável por dar o auxílio aos parentes do jovens mortos e feridos. A cada demanda dos representantes, incluindo advogados, o clube corre para prover o que foi solicitado, mas o desgaste é apontado como desnecessário.



- O que chateia a gente é ter que estar sempre pedindo, eles tinham que adiantar, ter pessoas para ajudar com cada família. A gente pede a um, pede a outro, até chegar alguém para decidir. O Flamengo queria transferir ele na quinta-feira, dizendo que não ia ter vaga. Teve que brigar, bater o pé, isso que chateia. Correr atrás do Flamengo para resolver as coisas básicas - conta o advogado da família do atleta, Jonadab Carmo de Sousa.



O Flamengo confirmou neste domingo a transferência de Jhonata Ventura. O zagueiro ainda tem lesões em cicatrização na face, costas, nos braços e nas mãos, estas com lesões mais graves. Por conta da recuperação lenta, ainda não há conversas sobre indenizações com representantes do jogador, segundo o advogado. Isso deve acontecer a partir dos próximos dias.

- A gente não chegou a falar de valor. Não sabemos ainda se ele vai ficar com alguma sequela permanente. Graças a Deus o rosto dele está perfeito, ia precisar de pigmentação, o braço e as costas devem precisar. A nossa ideia é que ele volte a jogar, que ele seja atleta de futebol. Só vamos saber mais à frente - emendou o advogado da família.

Para atletas com danos permanentes, o Flamengo ofereceu R$ 150 mil de indenização, pensão mensal, educação paga até o ensino superior, além de futuros cargos no clube. A família de Jhonata considera a oferta baixa, mas aguarda o estado de saúde do garoto evoluir para iniciar as negociações.



flamengo, incêndio,sobrevivente

9729 visitas - Fonte: Extra


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

Leia também: [ENQUETE] Ronaldo está substituindo bem a Cuellar?

E MAIS: Flamengo trabalha por anúncio de patrocínio máster





Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Domingo - 16:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Fluminense

Último jogo - Carioca

Terça - 20:30 - Maracanã
Madureira
0 2
Flamengo