17/2/2020 18:34

Mauro: "Há um ano, Gabigol, B. Henrique e Arrascaeta não eram unanimidades"

Mauro: Há um ano, Gabigol, B. Henrique e Arrascaeta não eram unanimidades

Foto: Divulgação

O Flamengo que conquistou mais um título na Supercopa do Brasil contou mais uma vez com o trio ofensivo formado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol como fundamental para o domínio da partida diante do Athletico-PR. O trio que funcionou muito bem nas conquistas da temporada 2019, segue como um dos pontos fortes mais fortes em um elenco reforçado que o técnico Jorge Jesus tem para trabalhar.

LEIA TAMBÉM: Os bastidores do título da Libertadores. Conmenbol lance curta contando os detalhes da primeira final única



No podcast Posse de Bola #20, Mauro Cezar Pereira analisa o desempenho apresentado pelos três e lembra de como eles não tinham o status atual antes da chegada do treinador português para comandar o clube carioca.

O jornalista cita um pouco de desconfiança que os torcedores tinham com as temporadas anteriores de Gabigol e Bruno Henrique no Santos, além da forma como o Cruzeiro tratou a saída de Arrascaeta, com diretor dizendo que Rodriguinho seria melhor jogador que uruguaio.

"Há um ano, esses três não eram, muito longe de serem unanimidades, muito longe de serem vistos como super ataque. Aí tem muito o trabalho do técnico, a diferença passa obviamente não só pelo elenco, pela diferença do técnico", afirma Mauro Cezar.

"O técnico é muito melhor do que os daqui, simples assim, aí tem aquelas 'ah na Europa ele não é isso tudo', mas aqui ele é, aqui ele é muito melhor que os outros, como o Sampaoli também demonstrava ser muito melhor, o que não quer dizer que todo estrangeiro vai ser maravilhoso, não é isso. Mas esse cara é muito melhor, ele consegue tirar dos seus jogadores muito mais. E a questão é como o time joga no começo", completa o jornalista.

Para Mauro Cezar, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem a chance de fazer no Palmeiras algo na mesma linha que Jorge Jesus conseguiu no Flamengo, com os atacantes Dudu, Luiz Adriano e Willian para formar um trio ofensivo.

"Se o Luxemburgo for competente, ele pega Dudu, Luiz Adriano e Willian e transforma num super ataque. Se ele for competente para isso, fazer o time funcionar e esses três terem um jogo coletivo muito bom, porque são jogadores que acho que talvez não tão bons quanto os do Flamengo, mas são muito bons. Luiz Adriano é um jogador que tem recursos, não é só finalizador, o Willian é um jogador muito regular e o Dudu é um jogador, não sei se o trio do Palmeiras é tão bom, tenho dúvidas, mas o Dudu eu não tenho dúvida que está no mesmo nível desses do Flamengo", conclui.


Flamengo, Palmeiras, Gabigol, Bruno Henrique

2397 visitas - Fonte: torcidaflamengo.com.br



A LEI DO EX É A ÚNICA LEI QUE FUNCIONA NO BRASIL?







LEIA TAMBÉM: Vice-presidente geral do Flamengo diz que clube irá processar jornalista da ESPN

LEIA TAMBÉM: Veja os possíveis cenários para o calendário do futebol brasileiro por conta da pandemia de coronavírus


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Paulo Curvelo     

Ercilio.... não tente corrigir. Há é referência ao passado, assim como "a" é referência ao futuro. Errou.

Ercilio Costa     

E a lingua portuguesa..."há" é de haver, ter...o certo é "a um ano".

Karioka Cardoso     

DUDU ?kkkkkkkkkkkkkkkk

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Segunda - 20:30 - Estádio João Francisco - Fox
Bangu
Flamengo

Último jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã
Flamengo
2 1
Portuguesa