23/5/2020 19:30

Há seis meses atrás, Flamengo conquistava o bi-campeonato da Libertadores

Há seis meses atrás, Flamengo conquistava o bi-campeonato da Libertadores

Há seis meses, o Flamengo conquistava a Glória Eterna. O time Rubro-Negro alcançava o Bicampeonato da Taça Libertadores da América com uma vitória de 2 a 1 sobre o River Plate, no dia 23 de novembro de 2019. Em uma virada histórica sobre o time argentino, com dois gols de Gabriel Barbosa nos últimos minutos do confronto, o rubro-negro conquistou a taça internacional, após 38 anos de jejum.



LEIA TAMBÉM: Flamengo vai à Vigilância Sanitária para prestar esclarecimentos

Relembre a análise do TORCIDAFLAMENGO.COM naquele dia, sobre a decisão da Libertadores e o segundo título rubro-negro da competição:

[ANÁLISE] A América é rubro-negra: por Felipe Camin

Quando o juíz encerrou a primeira final em partida única da história da Libertadores, ocorrida em Lima, no Peru, um novo conto tinha sido escrito. A América tinha dono, tinha uma torcida apaixonada e duas cores; vermelho e preto. Seria pretensão minha querer descrever a partida em palavras, finais como essa você não conta, você sente no coração. E essa final foi um verdadeiro filme. O início com a apresentação dos personagens e do cenário, o vilão colocando em prática seu plano maligno e um herói salvador que renasce das cinzas e traz a alegria para o universo. Como uma vez um sábio disse (e com razão); final não se joga, se ganha.

O Flamengo nada lembrou aquele time que está á 25 jogos sem uma derrota no Campeonato Brasileiro, que vinha encantando o Brasil com seu time ofensivo e que em 88 minutos, não conseguiu colocar uma jogada trabalhada em prática. Mas sabe quantos flamenguistas ligam para isso? Nenhum.

Um River Plate que competiu muito, controlou boa parte do jogo e fez valer a experiência, 1 a 0 com gol de Borré, um dos poucos que devia se ter cuidado individual. O primeiro tempo muito nervoso do time rubro-negro com dificuldade na saída de bola e com seus principais jogadores apagados, foi um primeiro tempo sofrível. O Flamengo no intervalo incorporou o lema do mosaico que se complementou ao longo do mata-mata: “Jogaremos juntos pela Copa até o fim”. E foi bem no fim mesmo.

Como disse no início, um herói sempre surge do além e leva sua equipe a vitória na batalha final. Nos últimos 5 minutos de jogo, Gabigol não foi apenas Gabigol. O camisa 9 rubro-negro foi Luke Skywalker, Superman... Os vingadores inteiro naquele momento tão decisivo. A profecia se cumpriu, ele levantou os dois braços mostrando os músculos e balançou a cabeça fazendo o sinal positivo. Sim, teve gol(s) do Gabigol na final da Libertadores.

E que gol foi o primeiro, Bruno Henrique não tomou conhecimento da até então defesa impecável do River Plate que não tinha errado uma vez sequer naquela partida.Tocou para Arrascaeta que em seu esgotamento máximo, sentiu cãibras após o lance, trocou o gol pela assistência,e assim a profecia se cumpriu.

Jorge Jesus merece e deve ser lembrado. Mesmo com seus principais jogadores em tarde ruim, os manteve em campo. O Flamengo foi campeão com um sexteto jamais visto pela torcida: Diego, Vitinho, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Gabigol e Bruno Henrique.

Neste momento confesso que comecei a procurar vídeos do Armani em defesas de pênalti, para ver se ele era tudo isso mesmo, afinal, o goleiro do River Plate é o titular da seleção argentina e tem total respaldo de ninguém mais, ninguém menos do que Lionel Messi. Mas naquele momento eu sabia que era impossível alguém ser melhor que Diego Alves. Empate aos 43 do segundo tempo, pode vim disputa de pênaltis.

Calma lá, a profecia não tinha seu desfecho por completo. Um chutão despretensioso do campo de defesa, eram 2 zagueiros do River contra 1 atacante do Flamengo. Qualquer jogador teria desistido do lance ali. Não Gabigol, ele batalhou com os dois zagueiros e a bola sobrou na frente dele, justamente na perna esquerda, a preferida, dizendo 'me chuta, me chuta'. Camisa 9, estrela, herói, ìdolo? Gabigol virou o jogo.

Acho que seria um erro do destino, do universo, fazer aqueles 20 mil torcedores em Lima saírem derrotados de lá, além de mais de 42 milhões de rubro-negros espalhados pelo mundo sem o título da Libertadores. Mas agora não tem o que falar torcedor, o anti pode chorar e ninguém acreditar. Mas o Flamengo é sim Bicampeão da Libertadores da América.


Relembre os melhores momentos:





LEIA TAMBÉM: Clube do Flamengo e Globo ganha novo episódio com ameaça de vice

Flamengo, libertadores, conquista, américa

1335 visitas - Fonte: Torcidaflamengo.com.br


A FLAMENGO ESTEVE ATRÁS DO CAVANI? GLOBO NÃO PAGA ESTADUAIS E BRASILEIRO, VEJA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO FLAMENGO! MARACANÃ VAI VIRAR HOSPITAL?




CONFIRA: Jorge Jesus: Digam à Nação que fico!

VEJA: Flamengo cede volante do sub-20 e deve negociar mais crias do Ninho



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Segunda - 20:30 - Estádio João Francisco - Fox
Bangu
Flamengo

Último jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã
Flamengo
2 1
Portuguesa