25/6/2020 13:58

Capitão de uma nova era: os três anos de Everton Ribeiro no Flamengo

Com nome marcado na história, "Miteiro" deixa frustrações no passado e vira símbolo de liderança também fora de campo com a chegada de Jesus

Capitão de uma nova era: os três anos de Everton Ribeiro no Flamengo

Como num piscar de olhos, três anos da vida de Everton Ribeiro se passaram dentro do Flamengo. Desde a estreia em junho 2017 - isso após ser recebido pela torcida com festa no aeroporto -, o meia viveu um carrossel de emoções no Ninho, mas cumpriu o objetivo traçado na primeira coletiva de imprensa: marcar o nome na história.



O GloboEsporte.com relembrou a trajetória do camisa 7, desde o primeiro jogo, na Bahia, até a coroação do capitão de Jorge Jesus. Entre expectativa e conquistas, o jogador também colecionou, junto com o grupo, decepções, mas deu a volta por cima num ano iluminado.

A ESTREIA

Apresentado no início de junho de 2017, Ribeiro precisou de alguns dias para conhecer o grupo e readquirir forma física - já próxima do ideal, pois vinha de um fim de temporada no futebol dos Emirados. No dia de 25 do mesmo mês, foi titular de Zé Ricardo na vitória por a 1 a 0 diante do Bahia, na Fonte Nova, pelo Brasileirão. Era o primeiro capítulo do meia no Flamengo

O cartão de visita foi discreto, assim como era o jogador longe dos gramados. Qualidade técnica apurada, mas ainda sem entrosamento com os companheiros. Deu lugar a Cuellar na segunda etapa, levando um cartão amarelo na bagagem.

Lembra da escalação daquele time? Só três jogadores seguem no elenco: Thiago; Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão, Matheus Sávio, Everton Ribeiro e Diego; Guerrero.

AS FRUSTRAÇÕES

Ao vestir a camisa 7 na apresentação, ao lado de Eduardo Bandeira de Mello e Rodrigo Caetano, o meia falava em "realização de um sonho" e esperava deixar a marca com títulos. De fato, cresceu de rendimento logo nos primeiros meses, chegando a liderar os números de assistências.

Fora da Copa do Brasil (chegou ao clube com o período de inscrição já encerrado), viu a titularidade ameaçada com a presença de Reinaldo Rueda, que alternou o jogador entre os 11 iniciais e o banco de reserva dentro do Campeonato Brasileiro. A esperança por títulos ao lado de Diego, Guerrero e companhia se transformou em decepção no vice para o Cruzeiro e, principalmente, na Sul-Americana: em campo nos duelos contra o Independiente, viu a taça escorrer pelas mãos num cenário melancólico no Maracanã.

Individualmente, Everton consolidou-se num patamar elevado mesmo sem resultados coletivos. Longe das críticas dos torcedores, o meia não escapou da pressão por bons resultados em 2018. Mas a eliminação já no Carioca ferveu os bastidores do clube, que tentou a mudança de rumo nos bastidores com troca de comando na direção e no banco de reservas, mas não evitou mais uma nova temporada sem conquistas.

O CAPITÃO DE JORGE JESUS

Completamente adaptado ao universo rubro-negro, Everton Ribeiro começou 2019 como titular de Abel Braga. A conquista do Carioca foi a primeira no clube, mas a grande virada de chave para o jogador aconteceu com a chegada de Jorge Jesus.

O camisa 7, referência técnica desde os primeiros momentos no Ninho, virou símbolo de liderança. Com a confiança do Mister, herdou a braçadeira de capitão na ausência precoce de Diego (numa lesão grave contra o Emelec) e ganhou ainda mais representatividade. Pouco a pouco abraçou a responsabilidade e se consolidou. O estilo mais reservado deu lugar a um Everton Ribeiro mais participativo e porta-voz de um elenco cascudo, mesmo em momentos mais delicados.


Em campo, formou o quarteto ofensivo mais letal do futebol da América do Sul. Ao lado de Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, o meia infernizou defesas. Com quatro conquistas (entre elas um Brasileiro e uma Libertadores) em menos de um ano, o "Miteiro" - como carinhosamente é chamado pela torcida - cumpriu os objetivos traçados há três anos e marcou o nome na história do clube.

OS NÚMEROS
Jogos: 174
Gols: 26
Estreia: 25 de junho de 2017 (Bahia 0 x 1 Flamengo)
Último jogo: 18 de junho de 2020 (Flamengo 3 x 0 Bangu)
Títulos: 5 (Carioca 2019, Brasileiro 2019, Libertadores 2019, Recopa 2020 e Supercopa do Brasil 2020)
O FUTURO
Um dos pilares de Jorge Jesus, Everton Ribeiro segue com a cabeça no Flamengo. Com contrato renovado até o final de 2023, o jogador começou a temporada com gols importantes na Libertadores e balançando a rede no clássico contra o Botafogo.

A importância nos bastidores segue em alta. Foi ele o escolhido para quebrar o silêncio de 90 dias no clube durante o período sem jogos desde a chegada do Covid-19 ao país. Como capitão, passou por assuntos fortes, como a luta contra o racismo, e revelou diálogo com a direção em nome do grupo para entendimentos relacionados à redução de salário.



A cabeça também se divide com a seleção brasileira depois de quase cinco anos sem ser lembrado. O alto nível apresentado durante três temporadas no Flamengo - em especial sob o comando de Jesus - chamou a atenção de Tite, que colocou o meia na última convocação para os jogos contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias para a Copa de 2022, adiados devido a pandemia do coronavírus.



Flamengo, Everton Ribeiro

609 visitas - Fonte: Globo Esporte


CONFIRA: Ex-vice de finanças e presidente da Comissão do Flamengo minimizam aumento da dívida

VEJA: Com eliminação da Champions League, Benfica cria prejuízo milionário e deixa dupla do Flamengo mais longe



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Willian Cassiano     

Ja era pra ta na seleção faz tempo. Joga muito mais do que esses meias que o Tite convoca sempre e nao rende absolutamente nada. E.R 7 é craque ??

Tem que ser reverenciado pelo alto gral de habilidade

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Terça - 19:15 - Guayaquil - Premiere
Barcelona-EQU
Flamengo

Último jogo - Libertadores

Quinta - 21:00 - Casa Blanca
Independiente del Valle
5 0
Flamengo