18/7/2020 13:23

No Flamengo de Jesus, Diego Alves e Arão são os mais utilizados

No Flamengo de Jesus, Diego Alves e Arão são os mais utilizados

412 dias. É o tempo exato em que Jorge Jesus ocupou o cargo de treinador do Flamengo. Anunciado no dia 1 de junho de 2019, ele só fez sua estreia oficial, no entanto, no dia 14 do mês seguinte, na goleada por 6 a 1 sobre o Goiás, pela 10ª rodada do Brasileirão.



5 títulos. Com as conquistas do Brasileirão, da Libertadores, da Supercopa do Brasil, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca, Jesus é o segundo técnico mais vencedor da história do Flamengo. Está atrás apenas de Carlinhos no quesito, que tem seis títulos.


LEIA TAMBÉM: Jesus diz sim e marca reunião com Flamengo para comunicar saída


57 jogos. A maioria deles (28), óbvio, pelo Campeonato Brasileiro de 2019. Além disso, comandou o Flamengo em 13 partidas do Campeonato Carioca, duas pela Copa do Brasil, nove pela Libertadores, duas pelo Mundial de Clubes, duas pela Recopa Sul-Americana e uma pela Supercopa do Brasil. Não foram considerados em nenhuma das estatísticas desta matéria os quatro primeiros jogos da Taça Guanabara deste ano, quando Jesus ainda estava de férias.

43 vitórias. De novo, a maioria pelo Brasileirão: 22. De todas as competições disputadas com o Flamengo, só não venceu na Copa do Brasil (foram dois empates em 1 a 1 com o Athletico e eliminação nos pênaltis).

10 empates. Entram nesse bolo os dois empates com as equipes gaúchas pelos confrontos da Libertadores (1 a 1 com o Internacional no jogo de volta e 1 a 1 com o Grêmio no jogo de ida). Em ambas, classificou-se. O Flamengo de Jorge Jesus, por exemplo, também empatou no primeiro jogo da Recopa Sul-Americana (2 a 2 com o Independiente del Valle).

4 derrotas. Dá pra contar nos dedos de uma mão só as vezes em que o Flamengo de Jorge Jesus saiu de campo derrotado: 3 a 0 para o Bahia (13ª rodada do Brasileirão), 4 a 0 para o Santos (38ª rodada do Brasileirão), 2 a 0 para o Emelec (1º jogo das oitavas da Libertadores) e 1 a 0 para o Liverpool (final do Mundial de Clubes).

81%. É o aproveitamento de Jorge Jesus com o Flamengo. Talvez seja essa a estatística mais fiel à faceta vencedora da equipe. Mostra o quão poucas foram as vezes que conseguiram tirar pontos do time que se acostumou a ganhar.

129 gols marcados. O primeiro e o último jogos no Maracanã em 2019 foram goleadas por 6 a 1 (sobre Goiás e Avaí). Como esquecer o 5 a 0 sobre o Grêmio pela Libertadores? Acostumado a placares elásticos, o Flamengo de Jorge Jesus deixou o campo sem fazer gols somente em cinco ocasiões: nas derrotas para Bahia e Santos e no empate com o São Paulo pelo Brasileirão, e nas derrotas para Emelec na Libertadores e Liverpool no Mundial.


47 gols sofridos. Levando em conta os 57 jogos, é quase um sofrido por jogo. Um luxo dado a quem quase sempre sabia que faria mais gols do que sofreria na partida. Nomes como Diego Alves, Rodrigo Caio e Pablo Marí indiscutivelmente subiram de produção sob o comando do treinador.

27 jogos. É o tamanho da invencibilidade que o Flamengo ostenta no Maracanã sob o comando de Jorge Jesus. Com o português, a equipe não perdeu uma única vez jogando em casa.

45 jogadores relacionados. Jorge Jesus teve em pouco mais de um ano à frente do Flamengo praticamente quatro times para trabalhar, embora um dos seus legados tenha sido o fato de que dá, sim, para disputar competições diferentes com a mesma base da equipe.

38 jogadores utilizados. Willian Arão e Diego Alves, com 53 jogos cada, foram os que mais atuaram na "Era Jorge Jesus". Destaques também para Everton Ribeiro e Gerson, com 51 cada.

39 gols. Foi o que marcou Gabigol, o artilheiro do Flamengo de Jorge Jesus. O atacante terminou no topo da artilharia no Campeonato Brasileiro, na Libertadores e no Campeonato Carioca.

35 anos. É a idade de Diego, o jogador mais velho comandado por Jorge Jesus no Flamengo. Diego Alves, Filipe Luís e Rafinha nasceram no mesmo ano do meia, mas são alguns meses mais novos.




17 anos. Reinier, com essa idade, foi o jogador mais novo a atuar sob o comando de Jorge Jesus. Ele completou 18 anos em janeiro e se transferiu para o Real Madrid.

Flamengo, Jesus, Diego Alves, Arão, Utilizados, Mengão

579 visitas - Fonte: Globo Esporte


CONFIRA: Ex-vice de finanças e presidente da Comissão do Flamengo minimizam aumento da dívida

VEJA: Com eliminação da Champions League, Benfica cria prejuízo milionário e deixa dupla do Flamengo mais longe



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Terça - 19:15 - Guayaquil - Premiere
Barcelona-EQU
Flamengo

Último jogo - Libertadores

Quinta - 21:00 - Casa Blanca
Independiente del Valle
5 0
Flamengo