25/9/2020 11:43

Flamengo vê força política abalada

Flamengo vê força política abalada

Após o surto de covid-19 que acomete o departamento de futebol, o Flamengo acumula outras derrotas fora de campo em semana para lá de delicada. O clube perdeu duas importantes "quedas de braço" nos bastidores e viu um abalo na força política que acumulou nos últimos meses. Na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), teve negado o pedido de adiamento da partida contra o Palmeiras. Já na Conmebol, recebeu uma negativa para a inscrição de mais jogadores.

No caso do duelo com o Verdão, o clube ainda busca a mudança de data através do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que foi acionado na noite de ontem (24). Por outro lado, a diretoria já se vê de mãos atadas para o jogo de quarta-feira (30), pela Libertadores, diante do Independiente del Valle.

Ao tentar inscrever mais 10 jogadores, a Conmebol apontou que a movimentação foi feita fora do prazo anteriormente indicado. Assim, diante de um rígido protocolo e inúmeros desfalques, o clube já analisa os problemas que terá para o confronto no Maracanã, pela quinta rodada da fase de grupos.

CBF se incomoda com aliança Ferj-Fla

Mais emblemática do dia, a derrota no âmbito da CBF "doeu" mais na cúpula rubro-negra. Internamente, a diretoria não acreditava na negativa da confederação no pedido de adiamento do jogo contra o Palmeiras.

Os rubro-negros, no entanto, sabem que o desgaste em reunião - pela volta de público - no início da noite de quinta-feira (24) contribuiu para o desalinhamento de ideias. O Flamengo ficou ao lado do presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janero (Ferj), Rubens Lopes, na áspera discussão com o presidente da CBF, Rogério Caboclo. Ofensas e outras baixarias marcaram o debate.

Desde o início da pandemia, em todos os embates que a diretoria do Flamengo travou nos bastidores conseguiu ter resultados positivos, mesmo que com algumas adaptações. O Rubro-Negro foi um dos principais clubes a se mostrar favorável ao retorno aos treinos presenciais e, posteriormente, aos jogos do Campeonato Carioca.

Nesta discussão, teve o apoio do Vasco, da Prefeitura do Rio, dos clubes de menor investimento e da Ferj. Do outro lado, viu Botafogo e Fluminense se mostrarem contrários ao retorno.

No vácuo da discussão da pandemia, o Fla ainda encabeçou o movimento pela Medida Provisória que alterou a configuração dos direitos de transmissão do esporte brasileiro, que ficou conhecida, inicialmente, como "MP do Flamengo" e, depois, como "MP do Mandante".

Antes celebrado e com a confiança da cúpula, o protocolo passou a ser colocado em xeque diante do alto número de contaminados. Além disso, as baixas acontecem em meio às tentativas do técnico Domènec Torrent em fazer o time engrenar.

A vitória sobre o Barcelona de Guayaquil, na última terça-feira, diminuiu a pressão, mas os resultados mais recentes, principalmente a goleada sofrida para o Independiente del Valle, ainda assombram.

Clube acionou o STJD
Mesmo antes da negativa da CBF, o Flamengo acionou o STJD com um pedido de tutela de urgência solicitando a mudança de data da partida. No documento, foi anexado um parecer médico assinado pela Dra. Sylvia Pavan Rodrigues de Paula, no qual é apontado ser um risco sanitário aos participantes da partida e é recomendado o adiamento de outros compromissos dentro do período de 10 a 14 dias a contar do último resultado positivo, que foi na quarta-feira (23).

"[Questão de] Saúde. Questão desportiva é consequência que não é fundamento. Ou seja, questão desportiva objetiva que não analisa a especificidade do caso. Quem pode dizer se estão aptos? E a comissão técnica? E o roupeiro, massagista, médicos etc que foram expostos ao vírus? Todo o suporte técnico está exposto. Os atletas em campo são apenas a última ponta de todo um serviço prestado por pessoas que foram expostas", disse Michel Assef Filho, advogado do Fla, ao UOL Esporte

"Quanto mais f..., mais fortes"
O técnico Doménec Torrent, um dos infectados pela Covid-19, publicou um vídeo, em redes sociais, em que era mostrado o bate-papo dele com os jogadores no vestiário, momentos antes da partida contra o Barcelona de Guayaquil. Nele, o treinador apontava para a camisa dos desfalques — já por conta do surto de contágio — e fazia elogios ao elenco.



"Temos um elenco maravilhoso, um time maravilhoso no campo. Quanto mais f..., mais fortes, quanto mais f... mais junto, e vamos mostrar a todos que o Flamengo nunca desiste".

Flamengo, Força, Política, Abalada, Mengão

405 visitas - Fonte: UOL


VEJA: Flamengo e Corinthians fazem clássico da desigualdade dentro e fora do campo

CONFIRA: Flamengo terá volta de 2 jogadores ao time titular contra Corinthians


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Isaac Araujo     

Sabe quando uma pessoa se destaca num grupo e ficam todos os outros contra essa pessoa? Então é o caso do Flamengo.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Maracanã -
Flamengo
Junior Barranquilla

Último jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Neo Química Arena - SP
Corinthians
1 5
Flamengo