8/3/2021 11:34

Jogadora do Fla fala sobre avanço no futebol: Hoje podemos ser o que nós quisermos

Jogadora do Fla fala sobre avanço no futebol: Hoje podemos ser o que nós quisermos

Raquelzinha em campo pelo Flamengo — Foto: Arquivo pessoal

Raquel Santiago, a Raquelzinha, tem 34 anos e joga pelo Flamengo desde 2017. Nascida em Fortaleza, no Ceará, começou a sua trajetória no futsal e jogava pelo Nacional Gás. Após mudar de equipe, seu treinador se ofereceu para levá-la até São Paulo, onde teria uma peneira para jogar futebol no Santos. Ao aceitar, Raquel soube que, selecionada, não voltaria mais para casa.



Foi assim que, em 2008, Raquelzinha passou a fazer parte do elenco do Santos. Foram quatro anos jogando pelo time. A sua vinda ao Rio de Janeiro ocorreu em 2017, depois de passagens pelo Avaí/Kindermann e São José. No ano em que chegou ao Flamengo, o time foi campeão do Campeonato Carioca Feminino.


LEIA TAMBÉM: Fabrizio Peralta, contratado pelo Flamengo visita o Ninho do Urubu



Apesar de ter começado no futsal, Raquelzinha afirma que sempre sonhou em ser jogadora de futebol e que, hoje, está jogando pelo seu clube do coração:

- O futebol sempre foi um sonho para mim, desde novinha. Eu falava que ainda ia jogar profissionalmente e conhecer muitos lugares através do futebol. Consegui realizar esse sonho, hoje estou jogando no meu clube do coração, que é o Flamengo. Esse era um sonho também do meu pai e da minha avó, flamenguistas. Eu realizei um sonho que é estar aqui jogando e fazendo o que eu amo - conta a jogadora.

Raquelzinha afirma que ter saído de sua cidade natal foi necessário para ir em busca de seu sonho, devido a falta de oportunidades e a baixa valorização dos times femininos.

- As maiores dificuldades que eu tive no inicio foram por ser do Nordeste. Os times femininos lá ainda não são tão valorizados, e eu tive que sair sabendo que lá tem excelentes atletas que não são valorizadas. Lá não tinha aquela equipe para disputar um Campeonato Brasileiro, uma Copa do Brasil. Tiver que ficar longe da família, perder datas comemorativas, perder datas especiais.

- A minha maior dificuldade foi não ter reconhecimento dentro do meu próprio estado, por não ter apoio.
Desde 2019, montar times femininos passou a ser exigência para as equipes da Série A. Raquelzinha acredita que, devido a essa decisão, a situação esteja melhorando, tanto no Nordeste quanto nas outras regiões do país. Antes de sair de seu estado, não havia decisão que tornasse o apoio aos times femininos obrigatório.

Com toda a sua experiência, a jogadora afirma que tenta usar a sua história para inspirar e incentivar as meninas mais novas que buscam a mesma carreira.



- Eu vim de família humilde, morava na roça quando criança. Muitos não acreditavam que eu chegaria até aqui. Sei que é difícil não ser valorizada e ganhar apenas uma ajuda de custo. Eu procuro conversar com as meninas. Você sendo dedicada, uma hora vai ter uma oportunidade. Que você trabalhe duro, trabalhe firme. Hoje, nós, mulheres, podemos ser o que nós quisermos. Seja no futebol, no vôlei, no basquete. Hoje, nós podemos ser o que nós quisermos. Hoje podemos realizar sonhos.

Líder do Carioca feminino, o Flamengo entra em campo nesta quarta-feira contra o Angra dos Reis, às 15h, em partida pela 8ª rodada da competição.

Flamengo, Jogadora, Avanço, Futebol, Mengão

1221 visitas - Fonte: globoesporte


CONFIRA: FLAMENGO É CAMPEÃO DA SUPERCOPA DO BRASIL 2021!!!

VEJA: Flamengo sonda volante uruguaio Lucas Torreira













Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Campeonato Carioca

Quarta - 21:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Vasco

Último jogo - Supercopa do Brasil

Domingo - 11:00 - Mané Garrincha
Palmeiras
5 6
Flamengo