6/9/2021 20:30

Olimpia x Flamengo: clube carioca cobra resposta após racismo, mas Conmebol segue sem definição após quase um mês

Torcedores paraguaios gritaram "macaco" para atletas do Flamengo, que enviou imagens para análise do comitê disciplinar da entidade. Partida aconteceu dia 11 de agosto e não há resolução até o momento

Olimpia x Flamengo: clube carioca cobra resposta após racismo, mas Conmebol segue sem definição após quase um mês

Nesta semana completa um mês que o Flamengo venceu o Olimpia por 4 a 1, no Paraguai, e que atletas rubro-negros foram vítimas de injúria racial. A Conmebol abriu um procedimento disciplinar, mas até o momento não houve uma conclusão do caso. A diretoria do rubro-negra já fez cobrança, mas não recebeu resposta.



LEIA TAMBÉM: Em ação relâmpago, patrocinadora vende camisas oficiais do Flamengo por apenas dois reais


Em contato com o ge, a Conmebol informa que o episódio ainda está em apuração e que não há previsão para um veredito. Questionamos os trâmites do processo, e a resposta é de que os temas em pauta no comitê disciplinar correm sob prazos indeterminados.

No procedimento, o Olimpia é notificado e ganha um prazo para se pronunciar. A apuração é feita também com base no relatório do delegado da partida e no material enviado pelo Flamengo. Só com todos os relatórios em mãos é que se tomará uma decisão sobre possível punição ao Olimpia pelo comportamento de seus torcedores.

O mesmo Comitê Disciplinar abriu outros dois processos contra o Flamengo por ocorrências na mesma partida em Assunção, e ambos já foram resolvidos. O clube foi punido com multa de 12 mil dólares (pouco mais de R$ 60 mil) por infringir protocolos da partida.

O Flamengo ainda foi notificado com advertência por Gabriel, Vitinho e Matheuzinho exibiram na camisa apelidos não autorizados, de acordo com a entidade.

Relembre a denúncia de racismo

Os atletas do Flamengo relataram que as injúrias raciais começaram a acontecer ainda no primeiro tempo. Gabigol e o goleiro Gabriel Batista foram alguns dos alvos. Jogadores como Matheuzinho e Rodinei começaram a rebater os paraguaios. Há registros em vídeo de gritos de "macaco" vindos da arquibancada.

Na volta do intervalo, o técnico Renato Gaúcho fez reclamação com o delegado da partida e com o quarto árbitro.

A situação continuou na volta para o segundo tempo, quando Renato Gaúcho percebeu e avisou ao quarto árbitro e ao delegado da partida.

- É uma coisa muito triste, que acontece não só no Brasil, mas no mundo todo. Nós, profissionais, temos a chance de falar e nos manifestar. É importante cobrar isso para que as autoridades possam tomar as previdências - disse Renato na ocasião.

No dia, Gabriel Batista utilizou sua conta em uma rede social para condenar a atitude.









Flamengo, Racismo, Conmebol, Olímpia, Libertadores, Mengão

1086 visitas - Fonte: Globoesporte.com


VEJA: Renato Gaúcho será demitido pelo Flamengo

CONFIRA: Veja os classificados para a Libertadores 2022; Brasil já tem cinco times
















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Terça - 20:00 - Maracanã - Premiere
Flamengo
Ceará

Último jogo - Libertadores

Sábado - 17:00 - Centenário
Palmeiras
2 1
Flamengo