10 anos do tri da Copa do Brasil: veja por onde andam os campeões do Flamengo em 2013

28/11/2023 14:41

10 anos do tri da Copa do Brasil: veja por onde andam os campeões do Flamengo em 2013

10 anos do tri da Copa do Brasil: veja por onde andam os campeões do Flamengo em 2013

Um time modesto, com jogadores que viveram o melhor ano de suas carreiras e que conquistou um título improvável em uma época onde o Flamengo estava preocupado em pagar dívidas. O tricampeonato da Copa do Brasil, conquistado em 2013, completa 10 anos nesta segunda-feira. Mas e os heróis do título, por onde andam?

+ 10 anos do tri: o título que pavimentou o caminho da reestruturação do Flamengo

Léo Moura relembra saída de Mano Menezes do Flamengo e fala sobre chegada de Jayme

O ge mostra o destino dos jogadores que entraram em campo no 2 a 0 sobre o Athletico-PR, em 27 de novembro daquele ano, e dos nomes mais badalados. Confira onde cada um está 10 anos depois:

Flamengo campeão da Copa do Brasil 2013 — Foto: Redes sociais

Flamengo campeão da Copa do Brasil 2013 — Foto: Redes sociais

Felipe

O goleiro permaneceu no Flamengo até 2015, quando foi para o Figueirense. Ainda está em atividade aos 39 anos. Passou também por Bragantino, Boavista-RJ, Uberlândia-MG, Botafogo-PB, Taubaté-SP, Paraná, Capital-DF e pelo Kisvárda, da Hungria. Disputou esta temporada pelo Santa Rosa-PA e classificou o time para a Primeira Divisão do Pará, com direito à defesa decisiva nos pênaltis .

Felipe Paredão comemora acesso do Santa Rosa para elite do futebol paraense — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Felipe Paredão comemora acesso do Santa Rosa para elite do futebol paraense — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Léo Moura

Um dos grandes nomes da lateral direita do clube, com mais de 500 jogos, ele se despediu em 2015 e foi para o Fort Lauderdale, dos Estados Unidos. Passou também pelo Goa, na Índia, antes de defender Metropolitano-SC, Santa Cruz, Grêmio (onde foi campeão da Libertadores em 2017) e Botafogo-PB. Aposentado desde 2020, Léo chegou a defender o Resenha, do Piauí, em torneios de futebol de 7. Atualmente atua como empresário de atletas.

Léo Moura em ação pelo Resenha Fut 7 — Foto: Reprodução

Léo Moura em ação pelo Resenha Fut 7 — Foto: Reprodução

Wallace

O zagueiro permaneceu no Flamengo até 2016, mas não resistiu às críticas e se transferiu para o Grêmio. Vestiu ainda as camisas de Gaziantepspor e Goztepe, da Turquia, e passou pelo Vitória, clube que o revelou. Segue na ativa aos 35 anos e atualmente defende o Brusque-SC.

Wallace defende o Brusque na Série B — Foto: Reprodução Instagram

Wallace defende o Brusque na Série B — Foto: Reprodução Instagram

Samir

Um dos mais jovens daquele elenco, o zagueiro atualmente está no Tigres do México após rápida passagem pelo Watford, da Inglaterra. Canhoto e muito promissor, foi vendido por € 4 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões) em 2016 para Udinese, da Itália, onde fez boas cinco temporadas com rápido empréstimo ao Hellas Verona.

Samir está no Tigres, do México — Foto: Reprodução

Samir está no Tigres, do México — Foto: Reprodução

André Santos

Outro que já se aposentou, mas não consegue largar a bola. O ex-lateral-esquerdo disputa torneios de futevôlei e chegou até a participar do reality show "A Fazenda", da TV Record. Após deixar o Flamengo , em 2014, passou pelo Goa, da Índia, Botafogo-SP, FC Will, da Suíça, e Boluspor, da Turquia, antes de encerrar a carreira no Figueirense, clube que o revelou.

André Santos disputa torneios de futevôlei — Foto: Reprodução

André Santos disputa torneios de futevôlei — Foto: Reprodução

Amaral

Autor de um golaço no primeiro jogo da final contra o Athletico-PR, o Pitbull defendeu o Ação, de Mato Grosso, no primeiro semestre deste ano. Antes, o volante vestiu a camisa do CSE, de Alagoas. Sua passagem pelo Flamengo acabou em 2015, quando foi emprestado ao Vitória. Jogou ainda por Boa Esporte-MG, CSA e Moto Club-MA.

Amaral vestiu a camisa do CSE no primeiro semestre de 2023 — Foto: Reprodução

Amaral vestiu a camisa do CSE no primeiro semestre de 2023 — Foto: Reprodução

Elias

Craque daquela conquista, quando dividiu protagonismo com Hernane, o meia não ficou no ano seguinte no Flamengo , que não conseguiu comprá-lo junto ao Sporting, de Portugal. Depois, voltou ao Brasil para defender o Corinthians e passou ainda por Atlético-MG e Bahia antes de se aposentar em 2020. Atualmente trabalha com Ronaldo Fenômeno nas SAFs do ex-atacante, atuando diretamente no departamento de scout tanto do Cruzeiro quanto do Valladolid, da Espanha.

Elias trabalha no departamento de scout das SAFs de Ronaldo — Foto: Arquivo pessoal

Elias trabalha no departamento de scout das SAFs de Ronaldo — Foto: Arquivo pessoal

Luiz Antônio

Eleito o melhor em campo na final, o volante entrou com processo na Justiça contra o Flamengo no ano seguinte e nunca mais teve sequência no clube. Emprestado a Sport, Bahia e Chapecoense, deixou o Rubro-Negro de vez em 2018, quando foi jogar no Oriente Médio por três temporadas. Em 2022, defendeu o Brusque-SC junto com Wallace, mas logo depois foi para o Lamphun Warrior, da Tailândia, e atualmente está no Vietnã defendendo o Thanh Hóa.

Luiz Antônio apresentado pelo Thanh Hóa, do Vietnã — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Luiz Antônio apresentado pelo Thanh Hóa, do Vietnã — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Carlos Eduardo

Maior investimento do Flamengo em 2013, o meia foi muito criticado pela torcida, apesar do gol salvador contra o Cruzeiro. Deixou o clube no ano seguinte para retornar ao Rubin Kazan, da Rússia. No Brasil, defendeu ainda Atlético-MG, Vitória, Paraná, Coritiba, Juventude e Brasiliense. Aos 35 anos, segue na ativa e esteve nesta temporada no Jorge Wilstermann, da Bolívia.

Carlos Eduardo no Jorge Wilstermann, da Bolívia. — Foto: Arquivo Pessoal

Carlos Eduardo no Jorge Wilstermann, da Bolívia. — Foto: Arquivo Pessoal

Paulinho

Revelação daquele time, o ponta driblador não aproveitou o sucesso e perambulou por clubes de menor expressão após o "boom" em 2013. Membro do que foi batizado como "Bonde da Stella" em 2015, passou por Santos, Vitória, Guarani, Náutico, Anápolis-GO, Rio Branco-ES, Desportiva-ES, Coxim-MS, União Cacoalense-RO e Gyeongnam, da Coreia do Sul. Aos 35 anos, ele está no Americano-RJ.

Americano de Campos anunciou Paulinho em 2022 — Foto: Divulgação

Americano de Campos anunciou Paulinho em 2022 — Foto: Divulgação

Hernane Brocador

Artilheiro do Brasil em 2013 com 36 gols, o centroavante viveu o ano de sua vida, mas ainda conseguiu ter brilho por Bahia e Sport após deixar o Flamengo . Teve rápida passagem pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita, em negociação polêmica, e defendeu também Grêmio, Confiança-SE, Lemense-SP e atualmente, com 37 anos, faz seus gols pelo Brasiliense.

Hernane comemora gol pelo Brasiliense — Foto: Reprodução

Hernane comemora gol pelo Brasiliense — Foto: Reprodução

Entraram na final:

João Paulo

O lateral-esquerdo participou bastante da campanha e entrou nos minutos finais após a expulsão de André Santos. Depois do Flamengo , defendeu Palmeiras, Bahia, Figueirense e ficou no América-MG entre 2019 e 2022. Aos 36 anos, está sem clube.

João Paulo em ação pelo América-MG — Foto: Francisco Cedrim/AGIF

João Paulo em ação pelo América-MG — Foto: Francisco Cedrim/AGIF

Diego Silva

Contratado como aposta juntamente com Paulinho, vindo do XV de Piracicaba, o atacante não fez o mesmo sucesso naquela temporada. Ao término do empréstimo, passou por Portuguesa, Guarani, América-RN, Cabofriense-RJ, Sampaio Corrêa, Atlético-GO, Linense-SP, Treze-PB e Marcílio Dias, que foi seu último clube entre 2020 e 2021.

Diego Silva em sua chegada ao Marcílio Dias — Foto: Bruno Golembiewski/CNMD

Diego Silva em sua chegada ao Marcílio Dias — Foto: Bruno Golembiewski/CNMD

Marcos González

O ex-zagueiro da seleção chilena entrou já nos acréscimos para segurar um esboço de pressão do Athletico-PR após o 1 a 0 e participou da festa. Deixou o Flamengo em 2014 e jogou ainda por Unión Española, do Chile, Necaxa, do México, e Palestino, do Chile, antes de se aposentar em 2018.

Marcos González em sua chegada ao Palestino em 2017 — Foto: Divulgação

Marcos González em sua chegada ao Palestino em 2017 — Foto: Divulgação

Outros destaques:

Chicão

Titular daquele time, o zagueiro ficou fora da final por sofrer uma lesão muscular no jogo de ida e deu lugar a Samir. Deixou o Flamengo em 2015 para rápida passagem pelo Bahia e pelo Delhi Dynamos, da Índia, antes de se aposentar no mesmo ano. Atualmente, trabalha como coordenador de futebol do Corinthians .

Chicão se aposentou e virou dirigente — Foto: Danilo Sardinha

Chicão se aposentou e virou dirigente — Foto: Danilo Sardinha

Marcelo Moreno

O atacante perdeu espaço com o crescimento de Hernane e teve sua passagem pelo Flamengo abreviada. Maior goleador da história da seleção da Bolívia, foi campeão brasileiro pelo Cruzeiro em 2014 e teve longa passagem pelo futebol chinês. Aos 36 anos, está no Independiente del Valle, do Equador, e antes passou pelo Cerro Porteño, do Paraguai.

Marcelo Moreno atuando pelo Independiente del Valle — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Marcelo Moreno atuando pelo Independiente del Valle — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Adryan

Uma das grandes promessas do Flamengo no início da década passada, não cumpriu a expectativa, mas deixou o clube como campeão da Copa do Brasil. Já em 2014, iniciou trajetória na Europa, onde passou por Cagliari (Itália), Leeds (Inglaterra), Nantes (França), Sion (Suíça) e Kayserispor (Turquia). Voltou ao Brasil para curta passagem pelo Avaí em 2020 e no primeiro semestre de 2023 atuou pelo Brescia, da Itália.

Adryan atuando pelo Brescia, da Itália, no primeiro semestre de 2023 — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Adryan atuando pelo Brescia, da Itália, no primeiro semestre de 2023 — Foto: Reprodução / Arquivo pessoal

Gabriel

O meia-atacante baiano defendeu o clube por mais de 200 jogos e permaneceu até 2018, quando foi emprestado ao Sport. Passou ainda pelo Kashiwa Reysol, do Japão, Coritiba e CSA. Atualmente, o jogador está no Mirassol-SP, por onde disputou a Série B.

Gabriel comemoração Mirassol contra Atlético-GO — Foto: Isabela Azine/AGIF

Gabriel comemoração Mirassol contra Atlético-GO — Foto: Isabela Azine/AGIF

Jayme de Almeida

Após ganhar a Copa do Brasil, ainda foi campeão carioca em 2014, mas não suportou a pressão pelo início ruim de Brasileirão e a eliminação na Libetadores e acabou demitido. Em 2015, voltou ao clube como auxiliar técnico, função que exerceu até 2018. Não comandou nenhuma outra equipe.

Jayme de Almeida atualmente está longe do futebol — Foto: Fábio Cardoso

Jayme de Almeida atualmente está longe do futebol — Foto: Fábio Cardoso

+ Leia mais notícias do Flamengo

?? Ouça o podcast ge Flamengo ??

Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

50 vídeos

492 visitas - Fonte: ge


VEJA TAMBÉM
- Pedro e Gabigol comandam ataque do Flamengo em 2022, rivalidade fica nas arquibancadas
- Pedro e Gabigol: a Dupla Letal do Flamengo na Temporada de 2024
- ATENÇÃO! Gerson está fora do jogo contra o Fluminense




Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

Carioca

Dom - 16:00 - -
X
Flamengo
Fluminense

Carioca

Ter - 21:30 -
4 X 0
Flamengo
Boavista SC