Justiça nega pedido de indenização de quase R$ 1 milhão de Ederson ao Flamengo.

23/2/2024 10:26

Justiça nega pedido de indenização de quase R$ 1 milhão de Ederson ao Flamengo.

decisão do TRT da 1ª Região sobre processo movido por ex-jogador contra o Flamengo em 2020.

Justiça nega pedido de indenização de quase R$ 1 milhão de Ederson ao Flamengo.

Na última quarta-feira, o Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região julgou improcedente o processo movido pelo ex-jogador Ederson contra o Flamengo em 2020, com uma cobrança de R$ 937.500,00 por dano moral por aposentadoria precoce e diferença salarial. O meia defendeu o clube entre 2015 e 2018, com 39 jogos e quatro gols marcados com a camisa rubro-negra. Pedida de Ederson: R$ 425 mil de diferença salarial entre 2016 e 2017 R$ 412,5 mil de redução salarial entre janeiro e julho de 2018 R$ 100 mil de danos morais aposentadoria precoce A informação foi divulgada primeiro pelo jornal "O Globo" e confirmada pelo ge , que teve acesso à ação. Ederson alegou que seu primeiro contrato com o clube, válido entre julho de 2015 e dezembro de 2017, previa um reajuste de salarial de R$ 25 mil se ele atuasse em 65% das partidas oficiais do time, meta que foi batida em julho de 2016. Com isso, cobrou R$ 425 mil equivalente a 17 meses. Porém, a Justiça alegou que o tempo de dois anos prescreveu, pois ele só moveu a ação em 2020.

Outra pedida do ex-meia foi de R$ 412,5 mil referentes à redução de R$ 75 mil em seu salário entre janeiro e julho de 2018. Mas o Flamengo comprovou que houve a assinatura de um segundo contrato para esse período, após o fim do primeiro, celebrado pelas duas partes aceitando o valor. Por fim, Ederson pedia R$ 100 mil de danos morais sob a alegação que o Flamengo "o forçou a treinar e retornar a jogar quando lesionado, a conviver com a dor, e se aposentar prematuramente". Em julho de 2016, o meia sofreu uma entrada dura de Fagner, do Corinthians, e ficou parado nove meses. Em julho de 2017, foi diagnosticado com um tumor no testículo e precisou passar por nova cirurgia. A liberação para voltar a jogar ocorreu só em fevereiro de 2018, mas ele não atuou mais até o fim de contrato. Por conta de dores no joelho, decidiu se aposentar.

Ederson em ação pelo Flamengo em 2015 — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Ederson em ação pelo Flamengo em 2015 — Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Na decisão, a juíza Elisabeth Manhães Nascimento Borges, da 37ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, cita a obrigação dos clube de contratar seguro de vida e de acidentes pessoais para seus atletas e que Ederson "não esteve em gozo de auxílio-doença acidentário". ??? Leia mais notícias do Flamengo Assista: tudo sobre o Flamengo no ge, na Globo e no sportv

448 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- GERSON OU DE LA CRUZ? Tite fala sobre a briga pela titularidade no meio de campo do Mengão
- Eugênio Leal critica Palmeiras e Flamengo por postura
- Palmeiras e Flamengo não correspondem às expectativas no confronto, avalia Mauro Cezar.




Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

Libertadores

Qua - 21:30 - -
X
Flamengo
Palestino

Carioca

Dom - 17:00 -
1 X 0
Flamengo
Nova Iguaçu