Flamengo investe em talentos colombianos: uma estratégia de sucesso no futebol brasileiro

1/4/2024 16:35

Flamengo investe em talentos colombianos: uma estratégia de sucesso no futebol brasileiro

Investimentos internacionais impulsionam contratações de colombianos no Flamengo nos últimos anos.

Flamengo investe em talentos colombianos: uma estratégia de sucesso no futebol brasileiro

O Flamengo estreia na Libertadores nesta terça-feira na Colômbia contra o Millonarios. Há alguns anos, o clube começou a olhar para fora do Brasil e fazer alguns investimentos em jogadores sul-americanos. Foi assim que o futebol colombiano chamou a atenção e colocou o país entre aqueles que o Rubro-Negro mais contratou estrangeiros em sua história. A Colômbia (7) e o Uruguai (11) andam próximos como os países que o Fla mais contratou, ficando atrás somente de Paraguai (13) e Argentina (40). Foi em 2010 que os colombianos começaram a ganhar espaço no Rubro-Negro - antes, o único tinha sido o atacante Santiago Tréllez, que não chegou a atuar no profissional e frequentou rapidamente a base antes de se transferir para o São Paulo. O Flamengo contratou sete colombianos nos últimos 14 anos.

A lista começou quando Zico, então diretor de futebol, apostou no atacante Cristian Borja. O jogador fez apenas sete jogos, não marcou nenhum gol, ficou encostado, atuou pelo sub-23 pouco antes de rescindir o contrato com o Rubro-Negro. O segundo foi o lateral Pablo Armero, contratado no início de 2015 e mais um a deixar o clube antes do contrato terminar. O colombiano fez apenas cinco jogos, deu duas assistências, mas não conseguiu se firmar no clube e retornou à Udinese, da Itália, que detinha os direitos econômicos.

Gustavo Cuellar Flamengo  — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Gustavo Cuellar - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Os colombianos que marcaram o imaginário dos rubro-negros começaram a aparecer a partir de 2016. O volante Gustavo Cuéllar fez história e ficou no clube por quatro temporadas. Participando inclusive da Geração 2019, a segunda mais vitoriosa da história do Flamengo. Apesar de algumas polêmicas antes de se transferir para os mundo árabe, o colombiano foi bicampeão carioca (2017 e 2019) e conquistou a Libertadores e o Brasileirão, ambos em 2019. Com status de titular e o bom desempenho no Flamengo, Cuéllar acumulou convocações para sua seleção no período.

Cristian Borja, Flamengo — Foto: Divulgação / Flamengo
Cristian Borja - Foto: Divulgação / Flamengo

A aposta do Flamengo em 2017 foi o atacante Orlando Berrío, que era destaque do Atlético Nacional. A passagem durou até 2020 e, assim como o compatriota Cuéllar, acumulou títulos no clube, mesmo tendo feito apenas 81 jogos e dividindo opiniões. No mesmo ano, o Rubro-Negro contratou Reinaldo Rueda como novo técnico. O colombiano foi campeão da Libertadores em 2016 com o Atlético Nacional. No Flamengo, ficou poucos meses no cargo e foi o treinador a ser vice-campeão da Sul-Americana e da Copa do Brasil. Rueda deixou o clube em uma saída polêmica para assumir a seleção do Chile.

O quinto jogador colombiano a atuar no Flamengo foi mais um atacante. Marlos Moreno foi um dos reforços de 2018. O jogador chegou por empréstimo do Manchester City e foi no Rubro-Negro, no Maracanã, que encerrou um jejum de dois anos sem fazer gol. No fim da temporada, o atacante se despediu e foi para o Santos Laguna, do México. Outro colombiano que tem um espaço na galeria do Flamengo é Fernando Uribe, o atacante contratado para substituir Paolo Guerrero. Mas, com poucos jogos e sem vingar no clube, a lembrança que Uribe deixou é indireta para os rubro-negros. Foram apenas 37 jogos antes dos cariocas negociarem o jogador com o Santos. Foi a mesma transação que levou Bruno Henrique para o Rio.

berrio São Paulo x Flamengo — Foto: Marcos Ribolli
berrio São Paulo x Flamengo - Foto: Marcos Ribolli

Flamengo e Santos chegaram a um acordo de R$ 6 milhões pelo colombiano. O valor foi descontado do montante que o Rubro-Negro iria pagar para ter Bruno Henrique no elenco. Posteriormente, o jogador que assumiu a camisa 27 se tornou um dos ídolos do clube e está no elenco até os dias de hoje. Uribe teve uma passagem rápida por São Paulo até retornar para Colômbia, onde encerrou a carreira no fim do ano passado. O último clube do atacante foi justamente o Millonarios, que será o primeiro adversário do Flamengo nesta temporada de Libertadores. O último colombiano a atuar profissionalmente pelo Flamengo foi Richard Ríos, que hoje é destaque no Palmeiras.

Fernando Uribe Flamengo — Foto: Marcelo Baltar
Fernando Uribe - Foto: Marcelo Baltar

A história do jovem é curiosa: o volante chamou atenção jogando futsal e chegou no Ninho do Urubu para ser lapido para atuar no campo. Richard foi ganhando destaque na base e fez a estreia no profissional por conta do surto de Covid, que fez o Flamengo enfrentar o Palmeiras com um time de meninos em 2020. Depois, não teve muitas chances, já que João Gomes e Hugo Moura, outros dois pratas da casa da posição, estavam à frente, segundo avaliação da diretoria.

Richard Rios Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Richard Rios - Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

210 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- Dorival altera agenda para assistir Palmeiras x Flamengo no estádio.
- Retomada defensiva: estratégias de Tite para consolidar o Flamengo.
- VAI COMEÇAR! ESCALADO! Mengão escalado para enfrentar o Palmeiras em clássico interestadual




Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

Libertadores

Qua - 21:30 - -
X
Flamengo
Palestino

Carioca

Dom - 17:00 -
1 X 0
Flamengo
Nova Iguaçu