VAR ACERTOU? Ex-árbitros analisam polêmica de pênalti em vitória do Flamengo

15/4/2024 04:39

VAR ACERTOU? Ex-árbitros analisam polêmica de pênalti em vitória do Flamengo

Reclamação de Jair Ventura no jogo entre Atlético-GO e Flamengo pelo Brasileirão

VAR ACERTOU? Ex-árbitros analisam polêmica de pênalti em vitória do Flamengo

O árbitro Jair Ventura, do Atlético-GO, reclamando com a equipe de arbitragem durante o jogo contra o Flamengo, pelo Brasileirão

O árbitro Jair Ventura, do Atlético-GO, reclamando com a equipe de arbitragem durante o jogo contra o Flamengo, pelo Brasileirão
Imagem: Heber Gomes/Agif

A vitória do Flamengo sobre o Atlético-GO ficou marcada por polêmicas de arbitragem. O UOL pediu para quatro ex-árbitros comentarem algumas das decisões de André Luiz Skettino que foram motivo de reclamação durante e depois da partida. Expulsão de Jair Ventura O técnico do Atlético-GO levou cartão vermelho direto com 14 minutos de jogo . Após um lance entre Luiz Fernando e Pulgar, Jair Ventura reclamou de forma enérgica primeiro a André Luiz Skettino e depois com um dos bandeirinhas. A expulsão surpreendeu e foi questionada até por Tite, treinador adversário . O comandante do Fla, no entanto, fez um mea culpa na entrevista após a partida : "Eu falei que o árbitro tinha que ter mais sensibilidade para administrar algumas situações, porém, tenho que falar a verdade e dizer que ele foi ofendido. Se fosse só por um momento de reclamação, eu teria externado e pedido um pouco mais de calma para conduzir, mas aí teve um outro incidente". O árbitro Andre Luiz Skettino

Skettino relatou na súmula que Jair Ventura disse: "Dá cartão, seu filho da p***" . O árbitro também escreveu no documento que o treinador mandou o árbitro assistente Felipe Alan "tomar no c*". Classificação e jogos Brasileirão É complicado, mas eu acho que faltou pulso para ele para dominar a situação durante o jogo. Não diria que a expulsão foi injusta, mas ela foi mal colocada, mal dada, por falta de capacidade do árbitro. A reclamação do Jair foi uma reclamação acintosa, sem dúvida nenhuma, mas o árbitro não deveria deixar chegar a esse nível, né? Porque é um árbitro fraco João Paulo Araújo

Decisão correta se houve ofensa. O curioso foi a postura de Tite, supostamente reclamando da decisão, mas que passou em branco: injustificável! Manoel Serapião

Jair reclamou do árbitro, não se sabe o que o mesmo falou, portanto fica difícil opinar. Se todo árbitro expulsar todos os técnicos que reclamam da arbitragem, não ficaria nenhum dirigindo suas equipes. Todos reclamam e não são punidos pela arbitragem, o que é muito ruim. O treinador deveria respeitar sempre as decisões dos árbitros Ulisses Tavares

Expulsão do treinador não tenho como opinar, já que não sabemos o que ele disse ao árbitro. Emidio Marques Relacionadas Atlético-GO x Fla: Súmula cita xingamentos de mascote, jogador e técnico \'Não sou mentiroso\', diz Tite sobre disputar todos os títulos no Flamengo Atacante do Atlético-GO detona árbitro de jogo contra o Fla: \'Só fez merda\' Pênalti de Léo Pereira para o Atlético-GO O árbitro assinalou pênalti para o Dragão após Léo Pereira dar um empurrão por trás em Luiz Felipe em lance fora da disputa por bola , já que o goleiro tinha a bola e foi atrapalhado pelo adversário de fazer a reposição. O time visitante havia acabado de empatar a partida e teve, aos 22 minutos do segundo tempo, a chance da virada. O zagueiro flamenguista foi advertido com o cartão amarelo . Shaylon foi para a cobrança, mas acertou a trave e desperdiçou. Sim, pênalti, ele não podia fazer aquilo, jamais. Tinha que marcar o pênalti, sim, mas não expulsar porque ele apenas deu um empurrão. O jogador caiu para valorizar, não foi uma jogada violenta e a bola não estava em uma situação clara de gol. Então, não é jogada para cartão vermelho, e sim para cartão amarelo. E o pênalti muito bem marcado, nessa ele acertou João Paulo Araújo

Decisão correta. Léo Pereira não praticou conduta violeta, pois não golpeou o adversário, apenas o empurrou. Logo, nao devia ser expulso Manoel Serapião

Pênalti e expulsão só do atleta do Flamengo Ulisses Tavares

Pênalti marcado erradamente e expulsão não executada corretamente, já que o fato gerador de tudo isto foi a imprudência do jogador do Atlético-GO tentando impedir o goleiro, que tinha a posse da bola, de colocá-la em jogo. Tudo que aconteceu depois ficou prejudicado. Emidio Marques

Gol anulado do Atlético-GO Gabriel Baralhas balançou a rede na reta final pegando a sobra após cobrança de falta, mas o gol foi anulado por impedimento no início da jogada . O bandeirinha assinalou posição irregular de um jogador do Atlético, que foi confirmada por revisão do VAR. Não dá para a gente ver direito, mas me parece que na linha do VAR realmente tem dois ou três jogadores do Atlético-GO em posição de impedimento. Também fiquei na dúvida. Eu não marcaria, mas fiquei indeciso João Paulo Araújo

Decisão correta. Só se pode discordar se houver prova de que houve erro nas linhas. A CBF foge da ética ao não traçar as linhas ao vivo Manoel Serapião

Gol anulado do Atlético de forma correta. Emidio Marques

Pênalti em Bruno Henrique para o Flamengo O Flamengo teve um pênalti marcado nos acréscimos em cima de Bruno Henrique . O atacante subiu para disputar a bola com Maguinho e foi ao chão acusando ter sido atingido no rosto. O árbitro inicialmente mandou seguir, mas foi orientado pelo VAR para rever a jogada e entendeu que foi uma cotovelada . Além de marcar a penalidade, ele aplicou cartão vermelho para o jogador do Dragão. Não é pênalti. Não foi pênalti nem aqui nem na China, o jogador do Atlético-GO subiu e cabeceou a bola, o árbitro ou o VAR interpretou que ele deu uma cotovelada no Bruno Henrique, mas eu não vi isso, não. Então, o árbitro e o VAR erraram feio nesse lance, sem dúvida nenhuma João Paulo Araújo

Pênalti para o Flamengo e expulsão do defensor: decisões corretas. O defensor, embora tenha feito inicialmente o movimento que seria natural para jogar a bola, se prevaleceu desse contexto e impulsionou seu braço contra o rosto do adversário. A regra não exige gatilho com o cotovelo e nem muita força. Assim, o defensor assumiu o risco de lesionar o adversário. Portanto, cartão vermelho Manoel Serapião

Pênalti bem marcado. Ulisses Tavares

Forte reclamação de jogador Depois da partida, Luiz Fernando detonou a atuação da arbitragem e fez duras críticas . O atacante do Atlético disse que o árbitro estragou o jogo, "só fez merda" e cobrou que Léo Pereira tivesse sido expulso por agressão, assim como Maguinho. Fizemos um grande espetáculo, quem estragou foi o árbitro. Só fez merda, cagou o jogo todo, para mim já veio mal intencionado. Impedimento que teve ninguém sabe, deu pênalti também que não existe. Se expulsou o Maguinho, por que não expulsou o Léo Pereira? Foi agressão do mesmo jeito. Bota o cara para vir aqui e rouba a gente dentro da nossa cara, isso não pode. CBF tem que tomar alguma atitude Luiz Fernando, ao Premiere Na súmula, Skettino disse que sentiu sua honra ofendida . Ele escreveu que tomou conhecimento das declarações "insultosas e ofensivas" do atleta na entrevista após o jogo e também relatou outros xingamentos do preparador de goleiros e do mascote do Atlético-GO.

O árbitro Andre Luiz Skettino
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

2979 visitas - Fonte: -


VEJA TAMBÉM
- REFORÇO IMPORTANTE! Flamengo contará com reforço em próximo jogo da Copa do Brasil
- ABORRECIDO! Gabigol demonstra chateação após punições no Flamengo
- CRÍTICAS À GABIGOL! Torcedores do Flamengo protestam em partida da NBB



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

publicidade

Brasileiro

Sb - 21:00 - -
X
Vasco Da Gama
Flamengo

Libertadores

Qua - 21:30 -
4 X 0
Flamengo
Bolívar