3/10/2018 10:02

Time de Dorival em 2017 também teve seca de centroavantes, no Fla, jejum já dura 13 jogos

Ao assumir o comando técnico do Flamengo, Dorival Júnior se depara com um problema que já enfrentou na temporada passada pelo São Paulo: a escassez de gols dos centroavantes. Em 2017, o time paulista fez 36 nos 25 jogos da Série A sob a batuta do treinador. Só seis saíram dos pés dos homens de frente — Lucas Pratto, Gilberto e Brenner. Isso representa 16% das bolas na redes: um gol a cada seis.



No Flamengo herdado de Maurício Barbieri, a dificuldade é similar. São 38 gols nas 27 rodadas até aqui. Nove foram de centroavantes. Dois que estão na lista de marcadores já deixaram o clube: Felipe Vizeu (3) e Guerrero (1). Assim, os centroavantes atuais marcaram 13% dos gols.

O último “camisa 9” rubro-negro a fazer gol foi Henrique Dourado, em 12 de agosto, na magra vitória sobre o Cruzeiro, pelo Brasileiro. Desde então, foram 13 partidas e em nenhuma delas — seja com Uribe, Lincoln ou próprio Ceifador — o centroavante balançou as redes.

O único gol de Uribe pelo Flamengo foi contra o Sport, em 29 de julho. Já Lincoln, zerado no Brasileiro, marcou pela última vez no empate com o Grêmio pela Copa do Brasil, em 1º de agosto. A falta de gols coincide com o período de eliminações na própria Copa do Brasil e na Libertadores, além da queda na tabela do Brasileiro.

Dorival escalou Lincoln na estreia diante do Bahia. Não tinha como fugir disso, já que Uribe estava machucado e Dourado, suspenso. Nos dois treinos desta semana, o primeiro foi com Lincoln entre os titulares. Ontem, Dorival já começou com Uribe. O treinador tende a manter o 4-1-4-1 e trabalhou jogadas ofensivas.

Éverton Ribeiro: ‘Estamos com dificuldade’

Posse de bola não é o problema. A missão que se torna complicada para o Flamengo é balançar as redes. Para o meia Everton Ribeiro, essa é a prioridade para o começo de trabalho de Dorival.

— Precisamos fazer gol. Estamos com dificuldade, as equipes se fecham bem, e precisamos ter calma. Temos que sair na frente para o jogo ficar mais tranquilos — comentou o meia, que aposta na folga no calendário para o melhora nos fundamentos:

— Temos que aproveitar as semanas livres para aprimorar o nosso jogo, a criação das jogadas de gol. Temos 11 jogos para buscar a liderança.

Um dos principais jogadores do elenco atual do Flamengo, Everton Ribeiro revelou que, além da conversa do novo técnico com o grupo, os próprios jogadores debateram entre si como podem melhorar a fase do time.



— Comentamos que o que estamos fazendo não está sendo suficiente. Temos que ver o que cada um pode fazer de melhor e o coletivo vai vencer. Podemos apresentar um futebol melhor — disse.

O Fla volta a campo na sexta, contra o Corinthians.

570 visitas - Fonte: Extra.globo


VEJA: Flamengo e Corinthians fazem clássico da desigualdade dentro e fora do campo

CONFIRA: Flamengo terá volta de 2 jogadores ao time titular contra Corinthians


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Vamos Mengão! Vamos acreditar que vamos conseguir. Não se apaguem aos críticos. Torcedor torce, e não vai para o estadio vaiar.

Só falação na prática nada

Gasai yuno Gasai     

Vamo ver....

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Maracanã -
Flamengo
Junior Barranquilla

Último jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Neo Química Arena - SP
Corinthians
1 5
Flamengo