9/2/2019 07:51

CT do Fla teve quase 30 autos de infração e edital de interdição, diz Prefeitura

Em comunicado oficial, Prefeitura do Rio afirma ainda que os centros de treinamento do Vasco e do Fluminense também não têm alvará

CT do Fla teve quase 30 autos de infração e edital de interdição, diz Prefeitura

Incêndio iniciou às 5h17, e as chamas só foram controladas por volta das 6h (Foto: Reprodução/TV Globo)
Alvo de um trágico incêndio na manhã desta sexta-feira, o CT Ninho do Urubu, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, chegou ter uma edital de interdição expedido pela Prefeitura, em outubro de 2017, após determinação da Secretaria de Fazenda. Além disso, o clube chegou a receber quase 30 autos de infração por falta de alvará de funcionamento. As informações iniciais são do G1.



De acordo com a Prefeitura do Rio, o Flamengo optou por reabrir o centro de treinamentos mesmo após ser sido lacrado, ainda na reta final de 2017. A administração do município diz ainda que o alvará de funcionamento não foi concedido uma vez que o certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros não foi apresentado pelo clube. O documento permitiria o uso do espaço.



No comunicado da Prefeitura, também é externado que o CT, cujo incêndio desta manhã culminou em dez vítimas fatais e três feridos, "não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada". No documento, a região estaria descrita como estacionamento.

Contudo, a atual licença é válida até o dia 8 de março, o que torna, levando em conta o que foi publicado pela Prefeitura, dúbia a nota divulgada.

O comunicado segue: "A Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades". Na nota, cabe destacar, é salientado que os Centros de Treinamento do Vasco (CT das Vargens ou CT do Almirante) e do Fluminense (CT Pedro Antônio) também não têm alvará.

CONFIRA O COMUNICADO NA ÍNTEGRA

I) CT Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu:

1) Na setor de edificações, na área de urbanismo, a atual licença do CT tem validade até 08/03/2019;

2) A área de alojamento atingida pelo incêndio não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada. Em nenhum pedido feito pelo Flamengo existe a presença de um alojamento na área em questão;

3) No projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento de veículos e não como um alojamento;

4) Não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios;

5) Na área de Alvará de Funcionamento, há registro de pedido em setembro de 2017. A consulta prévia foi deferida e foram solicitados os documentos necessários para a obtenção do alvará de licença para estabelecimento;

6) O certificado de aprovação do Corpo de Bombeiros não foi apresentado, portanto, o alvará não foi concedido;

7) Por estar em funcionamento sem o devido alvará foram lavrados quase 30 autos de infração;

8) Além disso, foi emitido edital de interdição em 20/10/17;

9) Diante de tudo acima listado, a Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades no caso do incêndio ocorrido hoje (08/02).

II)Centro de Treinamento do Vasco da Gama, conhecido como CT das Vargens:

10) Do ponto de vista da área de urbanismo, não existe registro de pedido de licenciamento para edificações. O que existe é um pedido de licenciamento de um loteamento, de 2014;

11) Do ponto de vista de alvará, não há registro de pedido de alvará para a unidade. Por conta disso, a Secretaria Municipal de Fazenda decidiu acionar as gerências responsáveis para realizar fiscalização e tomar as devidas providências legais.

III ) Centro de Treinamento do Fluminense, conhecido como CT Pedro Antônio:

12) Existe registro de licença de obras, com validade até 23/10/2019;

13) Do ponto de vista de alvará, não há registro de pedido de alvará para a unidade. Por conta disso, a Secretaria Municipal de Fazenda decidiu acionar as gerências responsáveis para realizar fiscalização e tomar as devidas providências legais.



AR-CONDICIONADO COMO PROVÁVEL CAUSA

Um curto-circuito no ar-condicionado pode ter sido um do motivos do incêndio no CT do Flamengo, em Vargem Grande. Isso é o que aponta peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, que também indicaram que as portas não estavam trancadas no alojamento, no momento do incêndio, e que as
fechaduras foram encontradas abertas, por volta das 5h.

Em tempo: o resultado oficial da perícia, que definirá as causas da tragédia, ainda não tem data para ser divulgada.

Incêndio deixa dez mortos no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo

CLIQUE AQUI

Flamengo, CT, Autos, Infração, Edital, Interdição, Mengão

1722 visitas - Fonte: LANCE!Net


Clique aqui para entrar no Grupo do WhatsApp do mengão e receber informações e notícias

VEJA Jornalista indica atacante da seleção colombiana ao Flamengo: "Vai fazer barulho"

E MAIS: Flamengo pode ter volta de Gabigol contra o Vasco; veja provável escalação

VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos do Flamengo da temporada


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão