29/5/2020 11:44

Presidente do Fla usa necropolítica e demonstra outra vez despreocupação à vida, diz jornalista

Presidente do Fla usa necropolítica e demonstra outra vez despreocupação à vida, diz jornalista

Presidente da República, Jair Bolsonaro, e Landim (respectivamente, ao centro) em encontro, no DF (Foto: Arquivo Pessoal)

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, possui uma gestão adepta à "necropolítica", segundo o jornalista Juca Kfouri. O mandatário rubro-negro segue buscando caminho, junto ao Vasco e outros clubes no estado do Rio de Janeiro, para retornar com o futebol mesmo com números que superam 24 mil mortes por conta da COVID-19. Para Juca, esta não é a primeira vez que Landim mostra que não está preocupado com outras vidas.



- Ele assume o Flamengo, acontece o episódio do Ninho do Urubu, ele tem as atitudes que teve em função do episódio e agora demonstra outra vez que ele está rigorosamente despreocupado com a vida dos outros? Quer dizer, que ele é um adepto da necropolítica - disse ele ao podcast "Posse de Bola", do "UOL", na última segunda feira.



LEIA TAMBÉM: Flamengo e Globo avançam em conversa por direito de transmissão do Carioca, e clube aceita receber cota proporcional


Juca também criticou as recentes manifestações do presidente, assim como de Alexandre Campello, representante do Vasco, que buscaram retomar o encontro entre futebol e atletas nas últimas semanas. Para o jornalista, embora as decisões dos políticos sejam de suas gestões, não das instituições, ele teme que os clubes sofram por isso.

- Eu realmente temo que isso respingue no Flamengo. Por que? Porque já há uma oposição natural dos não rubro-negros, o que é típico, o clube de maior torcida, o clube mais poderoso, o clube que está ganhando mais desperta mais inveja e, portanto, mais crítica e mais ódio. E ele está dando motivo para isso - avisou Juca.



Desde o meio de maio, o Flamengo segue se planejando para voltar ao futebol e tem colocado em campo seus atletas - o clube chegou a ser multado após não liberar agentes fiscais que deveriam verificar se os atletas não estão em campos no CT. A ideia é que o futebol carioca retorne em junho.

Flamengo, Presidente, Despreocupação, Vida, Mengão

735 visitas - Fonte: LANCE!Net


A FLAMENGO ESTEVE ATRÁS DO CAVANI? GLOBO NÃO PAGA ESTADUAIS E BRASILEIRO, VEJA SITUAÇÃO FINANCEIRA DO FLAMENGO! MARACANÃ VAI VIRAR HOSPITAL?




CONFIRA: Como foi a audiência de FluTV e FlaTV minuto a minuto durante final da Taça Rio

VEJA: Irreconhecível, Flamengo joga em marcha lenta e castigo deixa lições para final do Carioca

<


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Esse jornalista nao merece nenhuma resposta ou mesmo comentário. Simplesmente ele é um merda!!

Geraldo Lima     

Interessante, esse tal Juca Kfoda- se gosta de criticar os times do RJ, o Grêmio e Inter também estão querendo o retorno do futebol, em Porto Alegre, mas o " comentarista" nao fala porra nenhuma.Juca Kfoda-se Foke you!

O problema é a falta de bom censo de alguns clubes invejosos que não batalham para melhorar a instituição, ia fica cultivando inja e odio do Flamengo que esta em outro nivel e lutou pra isso. Ou então estes timinho que aproveitar o momento pra aparacer ja que não aparece de outra forma.

Zu Veras     

ESSES jornalistas vivem de notícias perversas.Parecem q divulgar a notícia boa não tem repercussão.O Flamengo está morando hospital no NINHO pra atender os clubes menos favorecidos.Acho isso uma pervesidade e falta de assunto.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Campeonato Carioca

Domingo - 16:00 - Maracanã - FlaTV
Flamengo
Fluminense

Último jogo - Campeonato Carioca

Quarta - 16:00 - Maracanã
Fluminense
1 1
Flamengo