12/9/2018 23:46

Corinthians segura 0 a 0 com o Flamengo e deixa decisão para SP

Corinthians segura 0 a 0 com o Flamengo e deixa decisão para SP

Foto: Flamengo

O Corinthians não teve uma atuação brilhante, mas mostrou dedicação e organização defensiva como há algum tempo não se via no clube. Diante de um Flamengo que sofreu para vencer as linhas de marcação alvinegras, o clube paulistano tentou no primeiro tempo, só se segurou no segundo e cravou um resultado de 0 a 0 na noite desta quarta-feira, no estádio do Maracanã, pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil.


Os dois times decidem a vaga na decisão do torneio nacional no próximo da 26, uma quarta-feira, na Arena Corinthians. Até, no entanto, disputam duas rodadas do Campeonato Brasileiro, esfriando um pouco o clima de decisão que tomou conta do embate nos últimos dias.

O próximo compromisso dos comandados de Jair Ventura será contra o Sport, às 19h (de Brasília) do domingo, em Itaquera, na tentativa de afastar a equipe da zona de rebaixamento do torneio. Barbieri e seus atletas, por outro lado, encaram o clássico contra o Vasco, no sábado, às 19h (de Brasília), na capital federal.

Flamengo fica com a bola, mas erra

O Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira com a clara proposta de barrar as investidas do habilidoso meio-campo adversário. Carente de alguns ajustes, a trinca de volantes Ralf, Gabriel e Douglas demorou a barrar as investidas, vendo Vitinho assustar em um chute da entrada da área. Clayson e Romero, voltando para formar uma linha de 5 à frente da defesa, ajudaram a deixar o time mais seguro.

Passado o susto inicial, o Timão começou a sair um pouco mais da sua defesa e quase abriu o placar em uma bobeada de Lucas Paquetá. Colocado em campo mediante grande esforço da diretoria flamenguista, que fretou um voo para trazê-lo dos Estados Unidos, onde defendeu a Seleção Brasileira na terça-feira, o meia recuou bola curta para Diego Alves, Clayson interceptou, invadiu a área e bateu forte, mandando na rede pelo lado de fora.

Pouco depois, Clayson deu belo drible em Éverton Ribeiro, tabelou com Jadson e serviu Douglas dentro da área. O volante chutou cruzado, mas mandou para fora. A resposta dos donos da casa não tardou. Após uma bola afastada parcialmente para a defesa, Cuellar jogou de novo para a área e Paquetá, com o pé direito, chutou cruzado, exigindo boa defesa de Cássio, espalmando para o lado.

Até o intervalo, o camisa 12 ainda teve outra ótima intervenção quando Vitinho cobrou escanteio pelo lado direito, Danilo Avelar desviou para trás e o goleiro conseguiu fazer boa defesa. O mesmo Vitinho tentou em bom lance pela esquerda, ganhando da marcação de Gabriel e cruzando rasteiro para o meio da área, mas Uribe, atrasado e atrapalhado por Henrique, não conseguiu concluir.

Corinthians não deixa passar nada

Os dois times voltaram para a etapa final com a mesma formação, aparentemente satisfeitos com o que foi apresentados nos 45 minutos iniciais. De novo na bola parada, principalmente escanteios, o Flamengo buscou testar a defesa corintiana pelo alto e, se não conseguiu uma finalização de perigo, ao menos ameaçou em jogadas que demoraram a ser afastadas pela retaguarda. Na melhor delas, Ralf, na linha da pequena área, evitou finalização de Réver.

Vitinho seguiu como a melhor opção dos donos da casa, sempre tentando a jogada individual, apesar da forte marcação. Em ouro lance do ponta esquerda, a bola foi rolada para Lucas Paquetá chutar forte da entrada da área, mas parar em defesa segura de Cássio. Foi o último lance do meio-campista da Seleção em campo, substituído, assim como o centroavante Uribe. Entraram Willian Arão e Henrique Dourado.

Os donos da casa viram Arão cair bem pelo lado direito e cruzar várias vezes, mas sempre parando na boa atuação de Henrique. Jair perdeu Fagner e Gabriel, visivelmente cansados, e mandou a campo Paulo Roberto e Araos na tentativa de dar mais gás ao time. A única alteração por opção foi a entrada de Mateus Vital na vaga de Clayson, que já não conseguia puxar os contragolpes corintianos.

Coube a Vital conseguir o único lance mais perigoso do alvinegro, dando pelo drible em Léo Duarte e servindo Romero. O paraguaio, porém, longe das suas noites iluminadas do último mês, cruzou mal para trás. Os minutos finais foram de pressão intensa, mas sem grandes finalizações dos donos da casa, vaiados pela sua torcida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 CORINTHIANS


Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de setembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Willian Arão), Diego e Vitinho (Lincoln); Uribe (Henrique Dourado)
Técnico: Maurício Barbieri

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Paulo Roberto), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Araos) e Douglas; Jadson, Romero e Clayson (Mateus Vital)
Técnico: Jair Ventura


O Corinthians não teve uma atuação brilhante, mas mostrou dedicação e organização defensiva como há algum tempo não se via no clube. Diante de um Flamengo que sofreu para vencer as linhas de marcação alvinegras, o clube paulistano tentou no primeiro tempo, só se segurou no segundo e cravou um resultado de 0 a 0 na noite desta quarta-feira, no estádio do Maracanã, pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil.

Os dois times decidem a vaga na decisão do torneio nacional no próximo da 26, uma quarta-feira, na Arena Corinthians. Até, no entanto, disputam duas rodadas do Campeonato Brasileiro, esfriando um pouco o clima de decisão que tomou conta do embate nos últimos dias.

O próximo compromisso dos comandados de Jair Ventura será contra o Sport, às 19h (de Brasília) do domingo, em Itaquera, na tentativa de afastar a equipe da zona de rebaixamento do torneio. Barbieri e seus atletas, por outro lado, encaram o clássico contra o Vasco, no sábado, às 19h (de Brasília), na capital federal.

Flamengo fica com a bola, mas erra

O Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira com a clara proposta de barrar as investidas do habilidoso meio-campo adversário. Carente de alguns ajustes, a trinca de volantes Ralf, Gabriel e Douglas demorou a barrar as investidas, vendo Vitinho assustar em um chute da entrada da área. Clayson e Romero, voltando para formar uma linha de 5 à frente da defesa, ajudaram a deixar o time mais seguro.

Passado o susto inicial, o Timão começou a sair um pouco mais da sua defesa e quase abriu o placar em uma bobeada de Lucas Paquetá. Colocado em campo mediante grande esforço da diretoria flamenguista, que fretou um voo para trazê-lo dos Estados Unidos, onde defendeu a Seleção Brasileira na terça-feira, o meia recuou bola curta para Diego Alves, Clayson interceptou, invadiu a área e bateu forte, mandando na rede pelo lado de fora.

Pouco depois, Clayson deu belo drible em Éverton Ribeiro, tabelou com Jadson e serviu Douglas dentro da área. O volante chutou cruzado, mas mandou para fora. A resposta dos donos da casa não tardou. Após uma bola afastada parcialmente para a defesa, Cuellar jogou de novo para a área e Paquetá, com o pé direito, chutou cruzado, exigindo boa defesa de Cássio, espalmando para o lado.

Até o intervalo, o camisa 12 ainda teve outra ótima intervenção quando Vitinho cobrou escanteio pelo lado direito, Danilo Avelar desviou para trás e o goleiro conseguiu fazer boa defesa. O mesmo Vitinho tentou em bom lance pela esquerda, ganhando da marcação de Gabriel e cruzando rasteiro para o meio da área, mas Uribe, atrasado e atrapalhado por Henrique, não conseguiu concluir.

Corinthians não deixa passar nada

Os dois times voltaram para a etapa final com a mesma formação, aparentemente satisfeitos com o que foi apresentados nos 45 minutos iniciais. De novo na bola parada, principalmente escanteios, o Flamengo buscou testar a defesa corintiana pelo alto e, se não conseguiu uma finalização de perigo, ao menos ameaçou em jogadas que demoraram a ser afastadas pela retaguarda. Na melhor delas, Ralf, na linha da pequena área, evitou finalização de Réver.

Vitinho seguiu como a melhor opção dos donos da casa, sempre tentando a jogada individual, apesar da forte marcação. Em ouro lance do ponta esquerda, a bola foi rolada para Lucas Paquetá chutar forte da entrada da área, mas parar em defesa segura de Cássio. Foi o último lance do meio-campista da Seleção em campo, substituído, assim como o centroavante Uribe. Entraram Willian Arão e Henrique Dourado.

Os donos da casa viram Arão cair bem pelo lado direito e cruzar várias vezes, mas sempre parando na boa atuação de Henrique. Jair perdeu Fagner e Gabriel, visivelmente cansados, e mandou a campo Paulo Roberto e Araos na tentativa de dar mais gás ao time. A única alteração por opção foi a entrada de Mateus Vital na vaga de Clayson, que já não conseguia puxar os contragolpes corintianos.

Coube a Vital conseguir o único lance mais perigoso do alvinegro, dando pelo drible em Léo Duarte e servindo Romero. O paraguaio, porém, longe das suas noites iluminadas do último mês, cruzou mal para trás. Os minutos finais foram de pressão intensa, mas sem grandes finalizações dos donos da casa, vaiados pela sua torcida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 12 de setembro de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)
Cartões amarelos: Douglas (Corinthians)

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Willian Arão), Diego e Vitinho (Lincoln); Uribe (Henrique Dourado)
Técnico: Maurício Barbieri

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Paulo Roberto), Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Gabriel (Araos) e Douglas; Jadson, Romero e Clayson (Mateus Vital)
Técnico: Jair Ventura

2640 visitas - Fonte: -


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Eu faço das tuas palavras as minhas. Eu penso a mesma coisa dessa diretoria no que diz respeito ao futebol. Nas finanças estão de parabens, mais no futebol é vexame atras de vexame. Perdemos para nos mesmo ano passado a copa do brasil, a sulamerica e tambem jogamos fora o campeonato brasileiro que estava facil. Este ano ja vimos a libertadores ir embora, o brasileiro esta cada vez mais distante e a copa do Brasil começa a escorregar por entre os dedos. Com estes laterais ai, com estes centro avantes ai, e com outros bostas que tem no elenco , eu não acredito mais em conquistas este ano, so no milagre, e milagre nao anda junto com futebol nao, futebol é talento, coisa rara nesse elenco de sem gana, sem raça.

Uma diretoria omissa e sem atitude nenhuma, com um tecnico inutil que coloca um atacante inutil , com um meio campo inoperante e uma zaga que nao passa confianca nem pra propria mae! Gastaram mihoes na porra desse time que nao arma nada e nao consegue fazer um gol nesse time horrivel do corinthias.PORRA!!! Vai ganhar de quem caralho.so pode dar a bunda pra esse uribe? O jogador ridiculo!!! Fretaram um aviao pra trazer o paqueta para ele jogar isso ai ??? Olha a atuacao do cuejjar pra dele? O dede arrebentou contra o palmeiras , tanto que ganharam o jogo , isto e a diferanca pra merda desse time que e horrivel . Paqueta e o vitinho dois mascarados do caralho e o diego enchendo linginca no meio campo.nao da vai se fuder esse timeco.so livro a cara do everton, do cuejjar e do arao.o resto que va tudo embora no fim do ano! Eu particulamente, nao aguento mais essas pragas com a camisa do flamengo.Eu tenho que parabenizar essa diretoria fdp que montou esse time de merda que nao sabe fazer gol.PARABENS SEUS FDP DO CARALHO.POR ESTA BOSTA QUE SO ENVERGONHA A TORCIDA. E a ultima desses otarios: dizem que vao ganhar la!!! Nao ganharam aqui , vao ganhar la, so se for rola no rabo deles.ainda mais se o atacante for a praga do uribe.resumindo tudo: so sinto vergonha desse time ridiculo e me pergunto se esse tecnico treina esse time ou fica dando a bunda pros jogadores , so pode!!! E PRA QUE DAR MAIS TRES ANOS PRA ESSA DIRETORIA ??? PRA QUE ??? PRA CONTINUAREM FAZENDO BOSTA ??? DO TIPO MONTAR UM TIME RIDICULO DESSE SEM ALMA E SEM GARRA OU VIBRACAO......EU ESTOU CHEIO DESSA BOSTA.CANSEI DE ACREDITAR NESSE TIME RIDICULO!!!! E MELHOR ESPERAR O ANO QUE VEM.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Copa do Brasil

Quarta - 21:45 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Flamengo

Último jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Maracanã
Flamengo
2 1
Atlético-MG