18/1/2022 08:31

Copinha: Questionado por falta de camisa 24, Flamengo cita Gabigol e ações

Copinha: Questionado por falta de camisa 24, Flamengo cita Gabigol e ações

Gabigol usou a camisa 24 na final da Taça Guanabara 2020 (Imagem: Marcelo Cortes / Flamengo)

Corre no Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) uma notícia de infração contra o Flamengo por não ter usado a camisa 24 na numeração dos jogadores inscritos na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Grupo Arco-Íris quer que o Flamengo seja responsabilizado por "ato discriminatório". O clube cumpriu o prazo estipulado pela procuradoria e enviou sua manifestação ao tribunal.



O Flamengo alega, de partida, que não descumpriu regulamento da Copinha. Diante disso, afirma que a demanda do Arco-Íris não é de competência da Justiça Desportiva e pede que o caso seja encerrado sem que haja julgamento.


LEIA TAMBÉM: Com contrato chegando ao fim, atleta do Real Madrid é oferecido ao Flamengo, diz portal


De qualquer forma, o Fla não para sua argumentação por aí. Na visão do clube, o grupo não tem o chamado "interesse de agir", que é o interesse da parte quando faz uma demanda judicial. Com essa premissa, se a decisão não vai afetar o autor da demanda, não há motivo para fazê-la.

O jurídico rubro-negro afirma que o Flamengo "é uma entidade comprometida com a causa da igualdade e repudia qualquer forma de intolerância".

O Fla lembrou que também não usou na Copinha o número 12 - "aposentado" em homenagem à torcida. O clube cita que tem promovido ações contra o preconceito, como o fato de Gabigol ter usado a camisa 24 na final da Taça Guanabara de 2020.

O rubro-negro ainda pontuou que a camisa 24 é usada normalmente na Libertadores e voltou a 2019 para citar que o número estava nas costas de Pablo Marí na campanha do título continental.

O clube ainda lembrou que lançou camisas em defesa à diversidade, que faz referência à causa LGBTQIA+, entre outras manifestações que envolveram o departamento de marketing e postagens nas redes sociais.

O procurador-geral do TJD-SP, Wilson Marquetti, já delegou um procurador para avaliar a alegação inicial do Grupo Arco-Íris e a fundamentação do Flamengo. Com a distribuição do caso no órgão, caberá a esse procurador avaliar se houve ou não infração disciplinar. Em caso positivo, o Fla será denunciado. Se ele entender que não, o assunto morre sem que haja julgamento.



O Flamengo até já foi eliminado da Copinha ao cair na terceira fase frente ao Oeste. A atuação do time foi prejudicada porque o técnico e parte do time que começou a competição foi redirecionada para os preparativos visando ao início do Carioca 2022.

Copinha, Questionado, camisa, Flamengo, Gabigol

2274 visitas - Fonte: Uol


VEJA TAMBÉM
- Garanta o seu ingresso para a última rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores
- Desejo antigo do Flamengo, Carlos Carvalhal não renova e fica livre no mercado
- Diego Alves avisa ao Flamengo que está pronto para voltar, mas é preterido; Hugo tenta se motivar

VEJA: Flamengo tem pior início de Brasileirão em oito temporadas e corre risco de entrar no Z4

CONFIRA: Na corda bamba? Flamengo não avalia demissão do técnico Paulo Sousa















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Cassiano willian     

Tão querendo arrumar argumento

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Terça - 21:30 - Maracanã - SBT
Flamengo
Univ. Católica

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 16:30 - Castelao
Ceará SC
2 2
Flamengo