20/2/2020 19:33

Flamengo é condenado judicialmente a repassar parte da venda de Lucas Paquetá; decisão cabe recurso

Flamengo é condenado judicialmente a repassar parte da venda de Lucas Paquetá; decisão cabe recurso

Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (19), o Flamengo foi condenado em primeira instância, a realizar um repasse de aproximadamente R$ 1,2 milhão à Federação das Associações de Atletas Profissionais (FAAP), como informado pelo jornal O Globo. A federação entrou com uma ação contra o clube na 47ª Vara Cível da Justiça do Rio para cobrar um valor de 0,8% da venda do meia Lucas Paquetá ao Milan. A transação ocorreu em 2018 por um valor equivalente a R$ 150 milhões.

LEIA TAMBÉM: Rodrigo Caio e Bruno Henrique não jogam a final da Taça Guanabara



A condenação, ainda passível de recurso, foi acatada pelo juiz Leonardo de Castro Gomes, que determinou que o contrato de transferência seja fornecido pelo Flamengo para o cálculo exato do valor de repasse. É necessário ainda, que a quantia seja convertida para a moeda nacional correspondente ao dia exato da transação, para que se aplique correção monetária e juros de 1% ao mês.

O Flamengo era detentor de 70% dos direitos de Paquetá, o que rendeu ao cofre rubro-negro, aproximadamente, R$ 105 milhões. O Rubro-Negro terminou de receber os pagamentos pelo meia em janeiro de 2020. Pelo clube italiano, Paquetá realizou 36 partidas e marcou um gol.


Flamengo, Paquetá, multa, contrato

28272 visitas - Fonte: torcidaflamengo.com.br



A LEI DO EX É A ÚNICA LEI QUE FUNCIONA NO BRASIL?







LEIA TAMBÉM: Vice-presidente geral do Flamengo diz que clube irá processar jornalista da ESPN

LEIA TAMBÉM: Veja os possíveis cenários para o calendário do futebol brasileiro por conta da pandemia de coronavírus


Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Isaac Araujo     

Hoje, devido a ótima situação financeira, é todo mundo querendo se dá bem em cima do Flamengo.

Lukas Nuness     

Isso é um absurdo, que lei é essa que obriga pagamento de porcentagem de venda pra sindicato, se vender meu carro vou ter que pagar pro sindicato dos metalúrgicos, isso é um absurdo, essas merdas de sindicato tem que ser proibida de existir, só servem pra arrancar dinheiro das pessoas, quero ver o sindicato ir lá no vasco e no cruzeiro ajudar os jogadores que estão à meses sem receber. Flamengo tem que cobrar da justiça que o sindicato apresente todos os repasses feitos pelos demais clubes em negociações de jogadores, ou a cobrança é seletiva. O Brasil é nojento com esse monte de sindicato parasita.

Daqui uns dias vão roubar as bilheterias do flamengo

Eu nunca ouviu falar FAAP criaram agora paga porra nenhuma Mengão não paga nada querem extorquir o clube vão aproveitar do caralho

Willian Cassiano     

Tão de sacanagem quere roubar o flamengo de toda forma

Não é só um cara de quatro dedo que é ladrão tão roubando do flamengo na cara dura.

Erivaldo Passos     

AAgora, sim, o Flamengo virou opção lara enriquecer todo tipo de instituições. O Fluminense foi condenado a pagar R$30 mil ppr chanar o Flamengo de times de assassino. Os gritos homófobicos renderam pena de R$50 mil ao Flamengo. Dois pesos e duas medidads, ou seja, o clube enriqueceu e agora serbe para enriquecer a instituições que nao adici am nada ao futebol. O pior é ver juizes que nao sabem, ou nao querem sentenciar a bandidos e criminosos, setenciando o Flamengo.

Edson Sewald     

Agora vem os aproveitadores requerendo uma beirada do dinheiro. Vão investir no que?

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Carioca

Segunda - 20:30 - Estádio João Francisco - Fox
Bangu
Flamengo

Último jogo - Carioca

Sábado - 18:00 - Maracanã
Flamengo
2 1
Portuguesa