3/8/2020 17:51

"Se estou no Flamengo, sou capaz de vencer": Domènec Torrent afirma ter filosofia similar a Jorge Jesus

Se estou no Flamengo, sou capaz de vencer: Domènec Torrent afirma ter filosofia similar a Jorge Jesus

Novo treinador do Flamengo, Domènec Torrent, foi apresentado nesta segunda-feira, ao lado do presidente Rodolfo Landim e do vice de futebol Marcos Braz. O técnico se disse feliz de estar chegando ao clube carioca e afirmou que tem uma forma semelhante a do ex-treinador Jorge Jesus de enxergar o futebol.



"Todos sabem que tenho uma filosofia muito similar ao treinador que estava trabalhando. Gosto do jogo ofensivo, prefiro ganhar de 4 a 3 do que 1 a 0. É importante para o Flamengo ganhar, ganhar e ganhar, mas para mim também importante como ganhar, não só ganhar.

Na minha cabeça é importante para a torcida ser feliz. Um futebol ofensivo, bonito e ganhador. Essa é minha filosofia, por isso sou técnico. Muito ofensivo, ter a bola e ser protagonista. É o que tem que fazer quando se está num grande clube", afirmou.

"Todos sabem que tenho uma filosofia muito similar ao treinador que estava trabalhando. Gosto do jogo ofensivo, prefiro ganhar de 4 a 3 do que 1 a 0. É importante para o Flamengo ganhar, ganhar e ganhar, mas para mim também importante como ganhar, não só ganhar. Na minha cabeça é importante para a torcida ser feliz. Um futebol ofensivo, bonito e ganhador. Essa é minha filosofia, por isso sou técnico. Muito ofensivo, ter a bola e ser protagonista. É o que tem que fazer quando se está num grande clube", afirmou.

Auxiliar de Guardiola durante anos, Domènec Torrent não conquistou nenhum título desde que se tornou treinador. Apesar disso, ele afirmou que por conta da confiança que a diretoria do Flamengo mostrou ter nele é possível perceber que há a capacidade de construir uma passagem vitoriosa pelo Rubro-negro.
"Só é possível estar num grande clube como o Flamengo se você é capaz de vencer. É o principal. Já disse que é vencer, mas como vencer. Quero que o Flamengo tenha um estilo próprio. Gostaria de ficar por muitos anos aqui no Rio com o Flamengo, isso quer dizer que quero ganhar títulos para o clube, que os dirigentes estejam felizes, os torcedores muito contentes, e eu também. Não estou aqui para ficar um, dois anos com sucesso e sair. Hoje, quando estou feliz num lugar, quero ficar dois, três, quatro anos, que quer dizer que ganhamos".
Conhecido por trabalhos como assistente de Pep Guardiola, no Barcelona, no Bayern de Munique e no Manchester City, o espanhol disse estar ciente da pressão que enfrentará no novo emprego, caso o Fla não mantenha a rotina de conquistas.

"Normalmente em todos os países acontece o mesmo. Quando se ganha você tem o apoio da torcida, quando não, você tem o outro lado dos torcedores, dos jornalistas. Todos querem ganhar, todas as equipes que trabalhei antes teve pressão. Sabemos como funciona o futebol, não no Brasil, não no Flamengo, mas em toda parte do mundo. Quando ganha é bem visto, quando não ganha todos têm dúvidas. Isso é normal. Conhecemos o futebol, não tem problema."

Ele também minimizou a sequência de jogos que o Flamengo enfrentará com o início do Brasileirão e a retomada da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, nas próximas semanas. "Acho que somos 100% capazes de aguentar este ritmo. Nos outros times em que trabalhei, jogávamos três jogos a cada semana. Estou acostumado com isso. O mais importante são as primeiras semanas para a comissão técnica ver como estão os jogadores. Nos últimos dez anos de minha vida, minha rotina foi assim. Não vim aqui de férias."

Apesar da maratona, Torrent não indicou que precisará de mais jogadores no elenco. Mas garantiu que ficará alerta a novas oportunidades no mercado internacional. "Não é fácil aumentar a qualidade deste time. Mas sempre temos que estar abertos a novas contratações e atentos ao mercado do futebol no mundo."

Com contrato até dezembro de 2021, o espanhol disse que recebeu diversas ofertas de clubes do mundo nas últimas semanas, mas optou pelo Flamengo por conta da tradição do clube carioca. "Eu tinha várias ofertas na Europa e América. Mas pessoas de confiança na América do Sul me falaram do possível interesse do Flamengo. Eu disse: 'para tudo'. Quando Flamengo te chama, você não pode dizer não. Eu não sei se o Brasil sabe o respeito que o Flamengo tem fora da América. É muito respeitado na Europa. Quando se fala na Espanha de clubes brasileiros o primeiro que se tem à cabeça é o Flamengo."

Logo depois da apresentação oficial, Torrent vai ao campo do CT Ninho do Urubu para comandar o primeiro treinamento com o elenco Antes das atividades, no entanto, está previsto um rápido bate-papo entre o novo técnico e o plantel para que todos possam se conhecer e já se ambientar.



O Flamengo volta a campo em 9 de agosto, quando o time vai enfrentar o Atlético Mineiro, no Maracanã, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, torneio em que buscará defender o título conquistado em 2019.

Flamengo, Doménec

1605 visitas - Fonte: O dia


CONFIRA: Vice de Futebol do Flamengo, Marcos Braz testa positivo para Covid-19

VEJA: Jogadores do Palmeiras contestam Sindicato e defendem jogo domingo contra o Fla; veja a nota



Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.
Casa da apostas online Betway

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Brasileiro

Domingo - 16:00 - Allianz Parque - Globo,Premiere
Palmeiras
Flamengo

Último jogo - Libertadores

Terça - 19:00 - Estádio Municipal
Barcelona - EQU
1 2
Flamengo