20/5/2022 09:26

Reuniões e compromisso por verdade amenizam temperatura do atrito Diego Alves x Paulo Sousa no Flamengo

Reuniões e compromisso por verdade amenizam temperatura do atrito Diego Alves x Paulo Sousa no Flamengo

A temperatura foi amenizada no Ninho após uma exaustiva quinta-feira. Reuniões das 9h às 19h30 que tiveram Diego Alves e Paulo Sousa como protagonistas marcaram o dia do Flamengo. Longas conversas envolvendo outros personagens e temas importantes da vida rubro-negra, incluindo o presidente Rodolfo Landim, puderam colocar, mesmo que provisoriamente, panos quentes no atrito.



O motivo da trégua temporária? Foi definido que a coletiva de sábado, após Flamengo x Goiás, não terá Paulo Sousa como único entrevistado. O diretor executivo Bruno Spindel e o vice de futebol Marcos Braz também falarão. Todos confirmarão que Diego Alves nunca teve condição física para participar do jogo contra a Universidad Católica, na terça.


LEIA TAMBÉM: Cria da base: Rafael Santos retorna ao clube após passagem pelo futebol europeu


Isso agradou tanto a Diego Alves quanto a Paulo Sousa. Num primeiro momento, o goleiro exigia uma retratação pública anterior ao jogo com o Goiás, mas acabou satisfeito com a certeza de que a narrativa de que se colocou à disposição da comissão técnica será rechaçada.

Outro fato que endossa tal versão é que Diego segue em trabalhos com a fisioterapia e, portanto, está mais uma vez vetado para a partida contra o Goiás. Será o quarto jogo seguido sem o camisa 1 no banco.

O treinador, por sua vez, considerou as reuniões proveitosas e exaltou a liderança positiva de Diego Ribas, um dos mais falantes dentre as lideranças que Diego Alves recrutou para o encontro. Viu no camisa 10 um capitão preocupado em esquecer as diferenças e unir forças para vencer o Goiás.

O treinador português enxerga a coletiva de sábado como uma oportunidade de esclarecer palavras que, em sua visão, foram mal colocadas e interpretadas de maneira equivocada. Também por culpa dele próprio. Paulo tem a consciência de que não foi claro em seu discurso e não quer prejudicar sua relação com Bruno Spindel, a quem acabou expondo na terça-feira.

E não é só Paulo que está sob pressão. Braz e Spindel, que o contrataram no dia 25 de dezembro, em Fátima, são dois dos principais alvos de conselheiros e opositores de seus respectivos trabalhos. Com o trio unido para encarar os microfones, observa-se cenário de respaldo que não acontecera em duelos anteriores.


Landim no CT e cronologia das reuniões
Embora não tenha participado presencialmente das reuniões entre Paulo e Diego, o presidente Rodolfo Landim esteve a par dos processos. O dirigente foi ao Ninho do Urubu para resolver outras questões e sentou-se com Spindel e Paulo para conversa que durou mais de duas horas. Nesta reunião, porém, a conturbada relação entre goleiro e treinador não foi discutida.

A primeira reunião teve a participação de Bruno Spindel, Diego Alves, Paulo Sousa, o preparador de goleiros Paulo Grilo, o chefe do DM, Márcio Tannure, o chefe da fisioterapia, Márcio Puglia, e o preparador físico Lluis Sala. Na sequência, saíram Grilo, os Márcios e Sala. Entraram os gerentes Fabinho Soldado e Juan, além dos jogadores Diego Ribas, David Luiz, Rodrigo Caio e Éverton Ribeiro.

Em paralelo a isso, Rodolfo Landim discutia em outra sala estratégias para enfrentamento da crise. Depois de muitas reuniões, ficou definido que o clube se pronunciaria após o jogo contra o Goiás. Aí chegou-se ao denominador comum de que Paulo e Spindel darão ênfase na mensagem de que Diego Alves não se colocou à disposição para enfrentar a Católica.

Diego Alves até priorizava um posicionamento oficial antecipado, mas, mesmo sem ter a vontade inicial resolvida, ficou mais tranquilo a partir do momento em que lhe foi dada uma garantia de que será dito exatamente o que aconteceu após o jogo de sábado.



Com os ânimos mais serenos e uma expectativa de pelo menos 40 horas de tranquilidade antes de a bola rolar no Maracanã, sabe-se que a péssima relação entre Paulo Sousa e Diego Alves não mudará. Mas o bom senso e as muitas conversas de uma longa quinta-feira dão ao Flamengo esperança por uma sexta-feira em que a bola será o foco principal.

Afinal, vencer no Campeonato Brasileiro é obrigação para um dos mais caros elencos da competição e que atualmente ocupa a 16ª colocação, com apenas uma vitória em seis jogos. Só assim o Flamengo recomeçará o longo e árduo caminho em busca de dias e meses serenos.

Reuniões, compromisso, verdade, amenizam, temperatura, atrito, Diego Alves x Paulo Sousa

918 visitas - Fonte: globoesporte


VEJA TAMBÉM
- Representante de Alexis Sánchez abre o jogo sobre possível chegada ao Flamengo; confira
- Últimas notícias do Flamengo: 5 notícias do Rubro-Negro que bombaram hoje (03/07)
- Medalhão do Flamengo é oferecido a gigante europeu e pode deixar o clube

VEJA: Substituto de Filipe Luís? Lateral argentino fica livre no mercado e flamenguistas fazem campanha pela contratação

CONFIRA: Após saída, Andreas coloca "torcedor do Flamengo" em perfil no Instagram e posta vídeo chorando















Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!

Mais notícias do Flamengo

Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas

Comentários do Facebook -




Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias do Mengão

Próximo Jogo - Libertadores

Quarta - 21:30 - Maracanã - ESPN
Flamengo
Tolima

Último jogo - Brasileiro

Sábado - 19:00 - Vila Belmiro
Santos
1 2
Flamengo